Porquê Cultivar Sementes Normais de Canábis?

As sementes normais de canábis

Descubra o mundo das sementes normais de canábis.

As sementes normais de canábis operam exatamente conforme a natureza pretende. Estas têm uma probabilidade de 50% de emergir como macho ou fêmea. Assim sendo, permitem que os cultivadores criem novos cultivares e produzam clones de melhor qualidade.

Utilize este guia para aprender tudo o que precisa de saber sobre as sementes normais de canábis.

O QUE É A CANÁBIS NORMAL?

As sementes normais de canábis não são manipuladas pelo ser humano. De cada vez que as germina, está a fazer uma aposta. Há uma probabilidade igual de crescerem para florescerem como fêmeas ou machos que produzem pólen.

Se produzirem menos flores ricas em THC, que sentido faz cultivar sementes normais? Bem, os machos são extremamente valiosos quando se trata de procriar. Além disso, as estirpes normais fornecem clones superiores.

A canábis é uma espécie dioica, o que significa que produz plantas macho e fêmea separadas. Como as plantas fêmea de canábis produzem os melhores brotos, isto levou à criação e à popularização de sementes feminizadas — estirpes trabalhadas para produzirem fêmeas 99,9% das vezes.

BENEFÍCIOS DAS SEMENTES NORMAIS DE CANÁBIS

As sementes feminizadas são ideais para cultivadores que procuram exclusivamente brotos, mas as sementes normais têm o seu respetivo rol de benefícios. Acima de tudo, são primordiais na criação de novas estirpes. As sementes normais também tendem a produzir plantas mais vigorosas. Estes espécimes são mais resistentes, conseguem tolerar bem o stress e produzem plantas que exibem um crescimento explosivo e rendimentos fantásticos.

Descubra mais sobre os benefícios das sementes normais abaixo.

PROCRIAÇÃO

Sem as sementes normais de canábis, não há procriação! É tão simples quanto isso. Escolha os seus espécimes macho e fêmea e cruze-os para criar uma prole que exibe as melhores características de cada uma.

Quer esteja à procura de potência extrema, de um determinado perfil de paladar, ou de cores específicas, precisa de sementes normais para tornar a sua visão realidade.

PLANTAS MÃE E CLONES

As plantas de canábis normal fornecem clones fortes e saudáveis capazes de se enraizar bem e de crescer rapidamente.

A clonagem permite que os produtores criem a cópia genética exata de uma planta em específico. Se gosta da morfologia ou da cor de um determinado espécime, pode duplicá-lo através da clonagem.

As estaquias enraizadas também permitirão que produza mais plantas num período de tempo mais curto. Saltará da fase de germinação e terá uma bandeja de plantas vegetativas jovens, prontas a produzir.

As plantas de canábis normal são mais adequadas para a clonagem do que as suas homólogas feminizadas. Estes clones serão muito mais adequados, possuem uma genética mais forte e são menos prováveis de tornarem-se hermafroditas.

As sementes feminizadas só são adequadas para uma única colheita, e a sua genética tem a tendência de se tornar instável quando clonada.

Regular cannabis plants provide strong and healthy clones

COMO CULTIVAR SEMENTES NORMAIS DE CANÁBIS

O processo de cultivo de sementes normais é praticamente idêntico ao cultivo das feminizadas. Há apenas algumas precauções a ter em consideração.

  • Germinação

Há várias formas de germinar as suas sementes. Pode plantá-las diretamente no solo, ou envolvê-las num pano de cozinha húmido durante um par de dias. Alternativamente, utilize o Kit Início Fácil para reforçar os períodos de germinação. O kit contém uma bandeja com compartimentos individuais para cada semente e bactérias benéficas para encorajar a germinação.

Todo o processo de germinação demora entre 1–4 dias. Durante estes dias, as sementes requerem um nível de humidade relativa de cerca de 80%. O Kit Início Fácil ou um pano húmido alcançarão facilmente isto.

As suas sementes também precisam de ser mantidas quentes. Aponte para uma temperatura ambiente de aproximadamente 26 °C.

  • No interior ou no exterior?

Também terá de decidir se quer cultivar as suas plantas no interior ou no exterior. Há prós e contras em ambos os ambientes.

Ao cultivar dentro de portas, os cultivadores têm muito mais controlo sobre o espaço de cultivo. Poderá controlar os horários de iluminação com o clique de um botão e monitorizar a rega até à última gota. A temperatura e humidade podem ser modificadas utilizando ventoinhas, aquecedores e humidificadores.

A principal limitação de cultivar no interior é o espaço. Pode conseguir cultivar estirpes indica de tamanho médio, mas sativas imponentes serão um problema para a maioria das pessoas.

Ao cultivar ao ar livre, as suas plantas estão expostas aos elementos. Estas têm a possibilidade de absorver o sol, mas não consegue controlar as vagas de calor, tempestades, inundações e secas.

As plantas de exterior também são mais suscetíveis a pragas e doenças fúngicas.

No entanto, o espaço não é habitualmente um problema no exterior. Os cultivadores podem cultivar plantas altas e produtivas que fornecem rendimentos maiores.

  • Transplantação

Após as suas plântulas adquirirem algum tamanho, terá de transplantá-las para um vaso maior. É importante dar-lhes espaço suficiente para expandirem as suas raízes, mas colocá-las diretamente num vaso maior pode ser prejudicial. É melhor aumentar lentamente o tamanho do vaso à medida que as suas plantas crescem para evitar condições como o apodrecimento da raiz.

Os Vasos de Tecido RQS são ideais para todo o ciclo de cultivo. Estes vasos amigos do ambiente retêm a humidade enquanto permitem que as raízes respirem adequadamente. Os vasos estão disponíveis em tamanhos de 11, 15, 19 e 25 l. Vá aumentando o tamanho do vaso à medida que as suas plantas crescem. Os Vasos de Tecido RQS são adequados tanto para uso interior como exterior.

Na RQS, recomendamos o cultivo orgânico. Os estudos confirmaram os efeitos prejudiciais dos pesticidas e herbicidas, e os métodos holísticos produzem nutrientes sintéticos desnecessários.

  • Nutrientes

Não está apenas a alimentar as suas plantas quando adiciona alimento ao solo, está a alimentar os organismos vitais que compõem a rede alimentar do solo. Estas criaturas formam relacionamentos mutuamente benéficos com as plantas de canábis.

Pode reforçar o número destes microorganismos úteis criando o seu próprio chá composto. Este líquido denso em nutrientes encoraja o crescimento de fungos e bactéricas benéficas enquanto ajuda a deter os patógenos.

O chá composto não é a única fórmula que pode fazer em casa para nutrir as plantas. Tente criar o seu próprio super solo que proporciona tudo o que as suas plantas necessitam, consoante precisarem.

  • Rega

Também é crítico aprender como regar adequadamente a sua planta. Demasiada água pode provocar o apodrecimento da raiz, e muito pouca pode resultar em problemas na absorção de nutrientes.

Muitos cultivadores iniciantes tendem a regar em demasia as suas plantas por ser preocuparem um pouco demais! Comece com pouca e aumente gradualmente a quantidade de água que dá à medida que as suas plantas crescem.

A quantidade de água que deve dar também dependerá do tamanho do seu recipiente. Utilize estes dados para administrar a quantidade correta de água para o tamanho do seu vaso:

  • Vaso de 1 l = 0,25 l de água
  • Vaso de 4 l = 1 l de água
  • Vaso de 12 l = 3 l de água
  • Vaso de 30 l = 7,5 l de água

É uma boa ideia pesar os seus vasos antes de regá-los. Se possível, coloque-os numa balança. De cada vez que os regar, o solo reterá a água e cada vaso tornar-se-á significativamente mais pesado.

Saberá que está novamente na altura de regar quando os vasos estiverem mais perto do seu peso original.

Também pode ver que está na altura de regar novamente apalpando a terra. A regra geral é esperar que o primeiro centímetro do topo do solo seque antes de regar novamente as suas plantas.

As plantas ao ar livre são mais suscetíveis de serem regadas em demasia durante o clima mais chuvoso. Coloque-as dentro de uma estufa ou sob um abrigo temporário para impedir que a raiz apodreça.

  • Fluxo de ar

A ventilação é um fator importante tanto para as plantas de interior como de exterior. O ar estagnado pode promover o crescimento de bolor, o que pode arruinar o seu trabalho árduo. Instale ventoinhas se estiver a cultivar dentro de portas e coloque as plantas no exterior numa área arejada do seu jardim.

  • Temperatura e humidade

A temperatura e humidade são variáveis importantes para prevenir o bolor e otimizar o rendimento. Estes fatores podem ser controlados dentro de portas utilizando humidificadores, desumidificadores, aquecedores e ar condicionado.

  • Sexo

Os primeiros sinais de flores ou sacos de pólen emergem nos nós — os pontos nos quais os ramos encontram o caule principal. As flores fêmea emergirão como brotos minúsculos com pequenos pelos brancos, enquanto os sacos de pólen são casulos redondos e sem pelo.

É possível distingui-los antes das plantas amadurecerem o suficiente para se reproduzirem. As plantas começarão a revelar o seu sexo no término da fase vegetativa.

É importante identificar machos e fêmeas o mais rapidamente possível. Ao fazê-lo permitir-lhe-á separá-las muito antes do ar ficar repleto de pólen.

Dedique uma divisão separada ou tenda de cultivo às plantas macho. Assim que amadurecerem, pode recolher o seu pólen para futuros projetos de procriação.
Alternativamente, pode colocá-los numa tenda de procriação dedicada com uma fêmea que produz sementes naturalmente.

PROCRIAÇÃO: CRIE AS SUAS PRÓPRIAS ESTIRPES

Ao cultivar sementes normais de canábis, é possível criar as suas próprias estirpes em casa. Pode cruzar duas estirpes para combinar as suas melhores características numa única planta. Por exemplo, tente procriar um macho normal com uma fêmea autoflorescente para criar uma estirpe que floresce muito mais rápido.

Talvez haja alturas em que acha que é difícil escolher entre estirpes indica e sativa? Tente procriar uma estirpe de predominância indica com uma variedade de predominância sativa para criar um cultivar perfeitamente equilibrado.

Também pode brincar com os perfis de terpeno. Algumas estirpes são excecionalmente frutadas, enquanto outras são mais terrosas. Porque não misturar perfis de terpenos opostos para ver qual seria o resultado?

Do mesmo modo, cruze um macho normal com uma estirpe rica em THC ou CBD para reforçar os níveis de canabinoide.

Assim que tiver cultivado os machos e fêmeas que quiser cultivar, está na altura de cruzá-los. Utilize estes passos simples para o fazer.

PASSO 1: ESCOLHA UM MACHO E RECOLHA O PÓLEN

Em primeiro lugar, tem de escolher um espécime macho de qualidade superior. Selecione um macho que exiba as características que quer passar para a descendência.

Se quer uma planta alta, escolha o macho mais alto que tem à sua disposição. Talvez queira uma geração de machos produtivos? Se assim for, escolha a planta com o maior número de sacos de pólen.

Entre no espaço de crescimento do macho com um saco de plástico e coloque o saco sobre um ramo que contenha sacos de pólen maduros. Agite a sua planta para libertar o pólen para o saco.

PASSO 2: FERTILIZE AS SUAS FÊMEAS

Se possível, mude de roupa antes de entrar no espaço de crescimento da fêmea. Qualquer pólen que persista poderá fertilizar acidentalmente as plantas de forma indiscriminada.

Selecione as fêmeas que quer fertilizar. Retire o pólen com a extremidade de um pincel e pincele gentilmente as flores que quer fertilizar.

Fertilize as flores em um ou dois ramos em cada planta. Marque estes ramos e deixe as outras flores se desenvolverem num broto fumável.

PASSO 3: PULVERIZE AS SUAS PLANTAS

Deixe o pólen fazer a sua magia durante três horas. As flores fertilizadas iniciarão agora o processo de formação das sementes. Pulverize gentilmente os brotos fertilizados com água para remover o pólen em excesso.

PASSO 4: COLHA AS SUAS SEMENTES

As flores fertilizadas produzirão sementes passado 2 a 6 semanas. Quando amadurecerem, seque as suas flores e guarde-as durante um mês. Após este período, as suas sementes estarão prontas para a germinação. Dê aso às experiências! Cultive a sua estirpe, dê umas passas e familiarize-se com ela.

Repita o processo novamente com os seus espécimes favoritos e brinque com as características desejadas. Já não está limitado às estirpes que encontra nos arquivos dos bancos de sementes.

Pode criar literalmente a estirpe dos seus sonhos com alguma experimentação. Encontre espécimes que produzam os seus terpenos favoritos, uma moca que adora e flores que considera lindas.

Com cada geração subsequente, estará um passo mais perto de criar a sua própria obra-prima!

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.