O que São as Sementes de Canábis Autoflorescentes?

O que São as Sementes de Canábis Autoflorescentes?

As sementes de canábis autoflorescentes produzem plantas que florescem por si só decorridas 2–4 semanas de cultivo. Os cultivadores não precisam de se preocupar em trocar os horários de iluminação para iniciarem e manterem a fase de floração, tal como fariam se estivessem a cultivar canábis fotoperiódica feminizada.

As autoflorescentes também precisam de muito menos tempo para crescer. Algumas variedades estão prontas para colher numas curtas 8 semanas após brotarem. Além disso, as autoflorescentes são compactas, tornando-as ótimas para cultivar no interior. Devido ao facto de serem tão convenientes, as autoflorescentes são ideais para os iniciantes no cultivo de canábis e não só. Os cultivadores mais experientes também podem tirar partido das características únicas de desenvolvimento da canábis autoflorescente.

Estirpes Não-Fotoperiódicas: O que São?

As plantas de canábis feminizadas (fotoperiódicas) florescem consoante as horas de luz que recebem. Na natureza, estas começam por florescer quando os dias ficam mais curtos, no final do verão. No interior, os cultivadores iniciam a floração ajustando as suas luzes de cultivo para 12 horas de luz e 12 horas de escuridão.

As estirpes autoflorescentes, pelo contrário, florescem consoante a idade, independentemente das horas de luz, o que significa que são estirpes não-fotoperiódicas. As autoflorescentes têm várias características notáveis:

  • As plantas florescem automaticamente após 2–4 semanas.
  • O período médio entre o cultivo e a colheita é de 10 semanas.
  • As sementes autoflorescentes também são feminizadas. Não precisa de se preocupar com as plantas macho.
  • As plantas permanecem pequenas (30–100 cm).
  • Não atraem demasiada atenção. Ideais para cultivadores discretos.
  • Pode colher várias culturas por estação.

Particularidades das Autoflorescentes

As autoflorescentes que apareceram pela primeira vez no mercado, no início dos anos 2000, não eram nada de impressionante. Não eram muito potentes, o seu aroma era "rarefeito" e os seus rendimentos também não eram nada de especial.

Mas as autoflorescentes percorreram um longo caminho desde então. As autoflorescentes modernas rivalizam com as estirpes fotoperiódicas feminizadas (e algumas chegam inclusive a superá-las) em termos de potência, rendimento e aroma. Além disso, ainda fornecem os mesmos excelentes benefícios supracitados, além de terem uma reputação de serem particularmente estáveis e tenazes.

Hoje em dia, as autoflorescentes podem satisfazer inclusive os utilizadores mais exigentes: os utilizadores recreativos não terão quaisquer dificuldades em encontrar variedades automáticas ricas em THC, e os utilizadores holísticos conseguem arranjar autoflorescentes com baixo teor de THC mas ricas em CBD, para beneficiarem do canabinoide não-psicoativo.

Como são criadas as plantas autoflorescentes?

As estirpes autoflorescentes são criadas cruzando as plantas indica ou sativa com a ruderalis. A ruderalis é um subtipo selvagem de canábis que cresce em regiões onde o verão é muito curto, mas apresenta muitas horas de luz durante o dia (ex. norte da Europa ou Sibéria). Estas plantas evoluíram de forma a não dependerem das horas de luz durante o dia para florescerem, florescendo ao invés consoante a idade.

A ruderalis por si só não é muito útil: os seus brotos não produzirão uma moca e as plantas são pequenas, com fracos rendimentos. No entanto, os procriadores descobriram que podem cruzar estirpes indica e sativa de alta qualidade com ruderalis para as tornarem autoflorescentes. Isto revolucionou o cultivo de canábis, fundindo as melhores características de todas as subespécies de canábis.

Quem utiliza as estirpes de canábis automática, e porquê?

  • Cultivadores: os cultivadores gostam das autoflorescentes porque estas são convenientes e fáceis, produzindo uma colheita rápida com rendimentos decentes. Com o seu tamanho compacto, estas estão entre as melhores plantas para cultivar em espaços pequenos — ótimas para micro-culturas ou para colocar uma ou duas plantas na varanda. Também são boas estirpes para cultivar no exterior, dado que são resilientes e robustas. Além disso, o seu tamanho pequeno faz com que sejam uma boa escolha para culturas de "guerrilha", discretas.
  • Fumadores: os utilizadores recreativos podem desfrutar das automáticas tal como da canábis fotoperiódica feminizada. Se estiver a fumar para tirar partido da moca, a qual pode ser variada, desde relaxante até revitalizante, divertida e risonha, pode encontrar a autoflorescente indicada para se adequar ao seu gosto! Algumas autoflorescentes têm um teor ligeiramente mais baixo de THC do que as estirpes médias, tornando-as ideais para as pessoas que querem um efeito mais suave e mais equilibrado quando fumam canábis.
Quem utiliza as estirpes de canábis automática, e porquê?

A Influência dos Terpenos nas Estirpes Autoflorescentes

Os terpenos são os compostos aromáticos na canábis. Cada estirpe tem um perfil de terpenos diferente, conferindo-lhe os seus aromas e paladares distintos. Assim, se estiver a fumar os seus brotos autoflorescentes e sentir um aroma cítrico, florido, frutado, azedo ou inclusive notas de combustível, isto deve-se ao perfil de terpenos distinto da sua estirpe. Também se sugere que os terpenos fazem mais do que oferecer paladares e aromas apelativos; estes podem influenciar inclusive o efeito que uma estirpe tem.

Estirpes de Canábis Autoflorescentes Populares

Aqui tem algumas das variedades autoflorescentes mais populares tendo como base as famílias de estirpes de canábis mais conhecidas.

  • Lowryder (Quick One, Diesel, Solomatic CBD)

A Lowryder foi a primeira de todas as autoflorescentes "comerciais", lançada no início dos anos 2000. As derivadas desta genética lendária são a Quick OneDiesel AutomaticSolomatic CBD da Royal Queen Seeds — a última das quais foi elaborada a pensar nos utilizadores holísticos, dado que contém 21% de CBD e menos de 1% de THC.

  • Kush (Bubble Kush Auto, Royal Kush Auto)

A "mãe de todas as indicas”, a Kush também está bem representada nas autoflorescentes que pode adquirir na Royal Queen Seeds. Dê uma vista de olhos às frutadas Bubble Kush Auto ou Royal Kush Auto, ambas variantes autoflorescentes de estirpes clássicas.

  • Haze (Amnesia Haze Auto, Royal Haze Auto, Royal Jack Auto)

A famosa família de estirpes Haze fornece uma excitação cerebral que a torna ideal para fumar durante o dia. A RQS tem variantes autoflorescentes das Hazes clássicas, incluindo a Amnesia Haze e uma Jack Herer autoflorescente designada por Royal Jack Auto. A Royal Haze Auto é um cruzamento entre a Amnesia Haze, Skunk e ruderalis.

  • Afghan (AK Auto, NL Auto, Critical Auto)

Apreciada no Médio Oriente há séculos, a Afghan é outra variedade de canábis clássica, adorada tanto por fumadores como por cultivadores. Desfrute dos efeitos relaxantes e das notas a especiarias das AK AutoNorthern Lights Auto ou Critical Auto da RQS, juntamente com os seus ótimos rendimentos.

  • Cookies (Gorilla Auto, Cookies Auto)

Da costa oeste dos EUA surge a imensamente popular família de estirpes Cookies — famosa não só pelos seus paladares doces de sobremesa, mas também pelo seu efeito revitalizante e social. Algumas das melhores autoflorescentes com genética Cookies são a Gorilla Auto (baseada na ultrapotente Gorilla Glue) e a Cookies Auto da Royal Queen Seeds.

  • Blueberry (Haze Berry Auto, Bluematic)

A família de canábis "Blue" é reconhecida pelas suas notas de bagas doces. Originária da costa oeste dos EUA, a Blueberry foi infundida em duas ofertas populares da RQS: a Haze Berry Auto, que combina a Haze Berry e a Blueberry Auto, e a Bluematic, que é uma variante automática da Blueberry original.

  • Purple (Purple Queen Auto, Purplematic)

Feita a partir de variedades Kush afegãs e paquistanesas selecionadas, a família de canábis Purple apresenta plantas com uma aparência maravilhosa. A Purple Queen Auto é uma variante automática da Purple Queen e a Purplematic CBD tem 17% de CBD e apenas quantidades residuais de THC, para usufruir de uma moca limpa e translúcida.

  • Banana (Fat Banana Auto)

O que é que obtém quando adiciona a genética Cookies a uma das Kushes mais frutadas, a Fat Banana? É exatamente isso, obtém uma delícia de canábis incrivelmente frutada. Com 22% de THC, esta também é notavelmente potente, fornecendo um efeito dois em um para os aficionados da canábis.

  • Gelato (Green Gelato Auto)

Os amantes da espetacular erva californiana não dirão não à Green Gelato Auto da RQS. Esta menina foi elaborada combinando a Green Gelato com uma autoflorescente Girl Scout Cookies. O resultado: um aroma incrível e uma potência alucinante (24% de THC).

  • Skunk (Royal Dwarf, Sweet Skunk Automatic)

Nenhuma lista de boa canábis estaria completa sem a lendária família Skunk. A Royal Dwarf mistura ruderalis com Skunk, enquanto a Sweet Skunk Automatic acrescenta a magia autoflorescente à Early Skunk e Critical. Uma verdadeira abundância de paladares amargos e de especiarias!

  • Cheese (Royal Cheese Auto, Blue Cheese Auto, Fast Eddy)

Para todos os fãs da famosa Cheese do Reino Unido, a Royal Queen Seeds também tem algo para vós: a Royal Cheese Auto tem um paladar a especiarias e fornece uma pedra profunda. A Fast Eddy Automatic CBD também é feita com esta lendária genética do Reino Unido: com baixo teor de THC (9%) e rica em CBD, esta fornece uma moca translúcida e descontraída.

COMO CULTIVAR SEMENTES AUTOFLORESCENTES

  • Utilize solo leve e bem drenado

Para as autoflorescentes, quererá solo que é ainda mais leve do que o utilizado para cultivar as plantas de canábis fotoperiódicas feminizadas. Se necessário, aperfeiçoe o seu solo com perlita para aumentar o arejamento e a drenagem.

  • Interior vs exterior

Interior: não precisa de trocar as suas luzes para um horário florescente como com a canábis fotoperiódica. Pode manter as suas autoflorescentes num ciclo de luz de 18/6 (18 horas de luz, 6 horas de escuridão) ou 24/0 desde a semente até à colheita.

Exterior: não está tão dependente do normal decorrer das estações como com as plantas fotoperiódicas. Pode plantar as suas automáticas a qualquer altura do ano, desde que não haja qualquer geada. Colha 8–10 semanas após plantá-las. Caso plante as suas autoflorescentes espaçadas por várias semanas, pode alcançar várias colheitas por ano! As autoflorescentes são discretas e compactas. Isto torna-as perfeitas para operações de exterior discretas.

  • De quanto tempo precisa para cultivar as autoflorescentes?

Depende da estirpe. Mas, geralmente, as autoflorescentes estarão prontas muito mais rapidamente do que a canábis fotoperiódica feminizada. O ciclo de vida médio das autoflorescentes é de sensivelmente 10 semanas, com algumas estirpes a ficarem prontas decorridas apenas 8 semanas após a germinação.

  • Pode cultivar canábis fotoperiódica feminizada e autoflorescente no mesmo espaço de cultivo?

Pode, mas não é aconselhável. Um dos problemas pode ser a diferença de tamanho entre os dois tipos. O outro é que terá de trocar as suas luzes para 12/12 para as suas plantas fotoperiódicas florescerem, o que significa que as suas automáticas terão menos do que as 18 ou 20 horas de luz recomendada, e os seus rendimentos serão mais pequenos devido a isso.

  • Temperatura e humidade ideal para cultivar autoflorescentes

Mantenha a temperatura do seu espaço de cultivo nuns moderados 21 ºC (temperatura ambiente) para um crescimento saudável. As temperaturas mais frias ou o calor excessivo podem levar a problemas de crescimento. Para melhores resultados, cultive num ambiente onde pode manter total controlo. Utilize aquecimento e/ou arrefecimento se necessário.

A humidade ideal para as suas autoflorescentes depende da idade das suas plantas. Nas primeiras semanas, estas preferem um ambiente mais húmido. Reduza a sua humidade relativa para 40–50% quando as suas plantas começarem a florescer para reduzir o risco de formação de bolor.

COMO CULTIVAR SEMENTES AUTOFLORESCENTES

  • Que tipos de nutrientes precisam as autoflorescentes?

Geralmente, as autoflorescentes são mais pequenas do que a canábis fotoperiódica feminizada. As plantas mais pequenas requerem menos nutrientes do que as plantas grandes.

Se estiver a utilizar nutrientes de canábis comerciais, administre apenas ½ ou ¼ da dose recomendada às suas autoflorescentes. Quando utiliza misturas comerciais de terra preparada para plantas que são pré-fertilizadas, provavelmente não precisará de alimentar até que as suas autoflorescentes comecem a florir, sensivelmente na terceira ou quarta semana.

  • De que tipo de água precisam as autoflorescentes?

Sendo as autoflorescentes mais pequenas e com um sistema de raízes também mais pequeno, estas beberão menos do que as grandes plantas fotoperiódicas feminizadas. Não regue em demasia e deixe a terra secar entre regas.

Quando cultiva no solo, o nível de pH ideal para a sua água/solução de nutrientes é de 6–7. Pode ajustar a sua água para o nível de pH correto utilizando produtos naturais com mais ou menos pH.

  • É necessário treinar as plantas com a canábis autoflorescente?

As técnicas de treino das plantas tais como podar a cobertura, FIM, super poda e desfoliação não são recomendadas nas autoflorescentes. Qualquer treino que envolva danificar as suas plantas abrandará temporariamente, ou deterá, o seu crescimento e requer tempo para recuperá-la — tempo que as autoflorescentes não têm (considerando o seu ciclo de vida limitado). Acabaria por diminuir imensamente os seus rendimentos.

Por outro lado, pode recorrer a treinos de planta mais gentis tais como LST (treino de baixo stresse), onde dobra os caules e os ramos para criar uma cobertura uniforme e otimizar a exposição à luz. Ignore as partes que envolvem qualquer tipo de corte.




TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.