A fase de floração

A fase de floração

PARTE 1 / INTRODUÇÃO

Flowering time from a marijuana plant
O fim está próximo. Em mais algumas semanas estaremos prontos para colher. Para obter o máximo de cada planta, precisamos harmonizar os variados fatores.

Afinal de contas, mesmo pequenos ajustes podem levar a grandes mudanças. Nessa edição, falarei sobre cada um dos fatores de floração, bem como ensinarei como remediar uma deficiência de nutrientes rapidamente.

A floração está à todo vapor, e após algumas semanas, pequenos cabelos brancos começaram a brotar em vários lugares da planta. A formação dos buds está lentamente acontecendo. Como mencionado, não se esqueça de separar os machos das fêmeas. As plantas macho logo começarão a espalhar pólen, fertilizando as fêmeas. As primeiras três semanas de floração são na verdade um período de crescimento.

Após colocar suas plantas para florir, ao selecionar um horário de 12 horas de luz e 12 de escuridão, suas plantas começarão a crescer rapidamente. Elas podem dobrar ou até mesmo triplicar de tamanho. Para um iniciante, é maravilhoso ver aquele pequeno arbusto se transformar numa árvore recheada de buds cristalizados e cheirosos. O cheiro característico da cannabis começa a se desenvolver, e você já mal pode esperar para experimentar o resultado.

PARTE 2 / NUTRIÇÃO NA VEGA E NA FLORA

Best cannabis plant
Durante o florescimento começaremos a usar fertilizantes especiais para floração. Se você utiliza solo rico em nutrientes, pode passar algumas semanas sem usar fertilizantes líquidos.

Naturalmente, seu período de vegetação não deve se alongar muito, caso contrário você terá que utilizar nutrientes suplementares. Para nosso esquema, utilizamos da marca Plagron. Algumas marcas fazem nutrientes que podem ser utilizados em ambas nas fases, enquanto outras fazem nutrientes específicos para cada fase da planta.

Muitos growers continuam a fornecer nutrientes de crescimento nas primeiras semanas de florescimento, pois se trata de um período de transição, e as plantas ainda requerem nitrogênio para se construir. Ao fazer isso, as plantas ficarão ainda maiores, pois os nutrientes específicos para floração estimulam a planta a mudar seu foco, de crescimento para florescimento. Se suas plantas já são grandes e você não deseja que elas cresçam mais, pode usar apenas nutrientes para florescimento. Se elas ainda estão pequenas, você pode aumentar seu tamanho fornecendo nutrição de crescimento por algumas semanas.

Claro que a diferença não será muito grande, mas alguns centímetros aqui e ali importam muito no final. Após as três primeiras semanas, você perceberá que a planta atingiu seu crescimento máximo. Elas agora pararam de crescer em altura, e começarão a aumentar seus buds. Nesse momento é importante fornecer alimentação para a flora, pois as plantas precisam muito de fósforo e cálcio. Eles são os principais ingredientes de construção dos buds. Isso significa que é uma boa ideia usar nutrientes em proporção de PK 13-14 (Eu usei Plagron's PK Plus), que é um fertilizante com fósforo e cálcio extra, que suas plantas realmente precisam.

Há duas formas de administrar o PK 13-14. Você pode começar com pequenas doses na primeira semana e gradualmente aumentar a dose a cada semana. Então comece com 0,25 ml por litro na primeira semana, e na terceira semana esteja fornecendo 0,57 ml por litro. A quantidade necessária está escrita na embalagem, geralmente. A segunda maneira é aguardar quatro semanas, pois é nesse momento que o crescimento dos buds começa, e já iniciar fornecendo 1,5 ml por litro imediatamente e continuar com essa dose até o fim da floração. Resumindo, fertilizantes PK 13-14 contribuem com a qualidade do bud, ao fornecer os ingredientes para a sua construção.

Não se esqueça de adaptar a quantidade de nutrientes às necessidades da planta. Ela agora precisa de diferentes nutrientes do que quando estava apenas crescendo no período vegetativo. Se você continuar dando os mesmos fertilizantes que costuma dar, corre o risco de um overfert. Se você estava fornecendo nutrientes todos os dias, talvez agora seja melhor fornecer a cada dois dias. É algo para se prestar atenção.

Cada planta floresce de um jeito. Portanto, algumas strains vão ter um rápido aumento no tamanho do bud durante a terceira e quinta semana de flora, enquanto outras vão aumentar mesmo nas semanas finais. Isso significa que você terá que olhar cuidadosamente as suas plantas, e escutá-las, para saber quais suas necessidades nutricionais. Falo isso porque muitos growers iniciantes começam bem, e por isso pensam que tudo está bem.

Após algumas semanas, as necessidades da planta mudam, e o grower continua dando os mesmos nutrientes. Isso pode resultar em uma colheita fraca.

PARTE 3 / ALIMENTANDO AS FOLHAS

Foliar fertilizer for cannabis plants
As plantas florescem entusiasticamente e são alimentadas com Algal Bloom. Todas as semanas eu uso spray de Phytamin Leaf Feed, e como estimulante de florescimento, uso Plagron's Repro Forte, que serve para garantir que mais açúcares sejam transportados das folhas aos buds. A cada duas semanas também são fornecidas enzimas.

Essas enzimas limpam seu solo, removendo raízes mortas e reduzindo o acúmulo de sais, proveniente da aplicação de nutrientes. Plantas de semente têm a tendência de crescer em altura mais cedo do que clones.

Então nesse momento elas estarão muito grandes, e por essa razão eu recomendo que, se possui espaço limitado, faça um "topping" ou dobre suas plantas. Você dobra uma planta trazendo seu ramo principal para baixo, usando uma corda ou arame, sob pequena tensão. Isso causa os mesmos efeitos de "topping", mas você mantém seu bud principal. Os caules mais baixos se desenvolverão melhor e a planta terá mais buds. Grow rooms mais baixos que 1,5 metro de altura precisam que o topping ou a dobra seja feita mais cedo, ou seja dado menor tempo de vegetação às plantas.

É melhor pouca comida do que muita, mas se você tiver uma deficiência severa de nutrientes que não se resolve com nutrientes de floração, a maneira mais rápida é aplicando comida nas folhas. Você faz o mix de nutrientes como normalmente faz, e usa spray nas folhas com a solução. As plantas também absorvem nutrientes através das folhas, e a vantagem é que nesse método você não altera o pH de seu solo. Borrifar suas plantas é melhor logo antes de apagar as luzes ou logo antes de acendê-las. O problema com uma grande deficiência de nutrientes é que quando você alimenta as plantas via solo, precisa aguardá-las ficarem com sede de novo.

YNão adianta fornecer nutrientes todos os dias se ela não consegue absorver. Você é forçado a aguardar, mais do que gostaria, antes de fornecer novamente nutrientes à planta. Ao combinar a rega de nutrientes com o uso de spray nas folhas, a planta recebe imediatamente o que precisa. Geralmente você percebe a mudança no dia seguinte.

Você perceberá que os pontos amarelos nas folhas ganharam um pouco de cor. Ao receber continuamente novos nutrientes, a planta gradualmente retorna à coloração verde vibrante. Outra vantagem de borrifar nutrientes nas folhas é que, ao fazer isso, fica mais fácil descobrir qual deficiência você possui. Ao borrifar a planta com certo nutriente você pode observar rapidamente se o efeito é positivo e negativo, e tirar suas conclusões. É importante ter em mão garrafas de nutrientes individuais, como nitrogênio, fósforo e cálcio. Dessa forma será mais fácil testar o seu problema.

Suponha que você possui uma deficiência de nitrogênio. Ao fornecer uma solução geral de nutrientes, você também está dando elementos que sua planta não precisa. Crie o simples hábito de manter garrafas separadas com nitrogênio dentro. Ao fazer isso, você aumenta os níveis de nitrogênio sem aumentar outros elementos.

Esse sistema é especialmente útil para growers de outdoors, que cultivam grandes plantas em vasos, e precisam aplicar grandes volumes de nitrogênio. Particularmente durante ondas de calor é importante borrifar suas plantas com uma solução de nitrogênio, ou aumentar a quantidade de nitrogênio na sua solução líquida. Obviamente, o mesmo processo pode ser usado para deficiências de fósforo e cálcio.

PARTE 4 / VENTILAÇÃO

Ventilation marijuana plants
Para obtermos uma boa floração, é necessário que as plantas tenham dióxido de carbono suficiente. Elas precisam de CO2 para um crescimento vigoroso durante as horas de luz.

Quanto mais CO2 no ar, mais rápido suas plantas crescerão, e melhor será sua tolerância a altas temperaturas. A maneira que você monta seu Grow é importantíssima.

Um espaço adequado possui um buraco na PARTE inferior, para entrada de ar, enquanto na PARTE de cima possui um extrator de ar. Esse esquema fornece uma boa circulação de ar. O ar fresco e rico em CO2 entra por baixo e sai por cima depletado e quente. Se cultiva em espaço grande e utiliza um ventilador, pode colocá-lo na PARTE de cima. Uma Air-Sock é uma meia longa, com 3 a 5 metros de comprimento. Se você apenas usa um ventilador, você está bombeando ar frio para dentro de seu espaço, o que significa que o clima não está perfeito.

Nem mesmo o CO2 está sendo espalhado uniformemente. Com a meia, você a coloca no topo de seu ventilador e amarra no teto. Assim que o ventilador for ligado, a meia se enche de ar, que ocupa os 3-5 metros de espaço nela. Após isso o CO2 é uniformemente espalhado pelo espaço, e como resultado todas as suas plantas podem aproveitar o ar fresco, além do clima ameno.

É simples mas efetivo. Pouca ventilação produz plantas fracas, podendo ocorrer o amarelamento das folhas. Um ventilador rodando é outro equipamento muito importante. Ele não apenas garante circulação de ar no espaço, misturando o ar quente e frio, como as plantas também adorar um bom vento. Graças a ele, suas plantas desenvolverão caules grossos, resultando em buds pesados. Como você já sabe, um caule grosso vai determinar a qualidade de seu bud em muitos aspectos.

PARTE 5 / FORMAÇÃO DOS BUDS

Best marijuana buds in the world
As semanas mais importantes no período de flora são entre a terceira e a quinta, para a maioria das plantas. Nesse momento a maioria das plantas estará desviando energia para desenvolver seus buds.

Nessas semanas eles crescerão rapidamente. Agora é a hora de garantir que tudo corra suavemente.

O começo da terceira semana também é o último momento para borrifar suas plantas com pesticida orgânico. Os buds ainda não estão compactos. Pode ser boa ideia borrifar preventivamente, ao invés de esperar a quinta semana e descobrir que seus buds estão cheios de insetos. Nesse momento não há muita coisa a se fazer, a não ser fornecer os nutrientes e apreciar a vista de seus buds coloridos, lentamente se formando.

Mais e mais cabelos brancos estão sendo produzidos e lentamente alguns buds se juntam, criando um bud enorme.

Carrinho

Incluindo BRINDES

Sem produtos

Envio € 0.00
Total € 0.00

Confirmar

Categorias