O Guia de Cultivo da Canábis pela Royal Queen Seeds

By Steven Voser

Descubra quanto sol a sua planta de canábis precisa, e de como tirar melhor partido deste.

Quanto mais luz do sol, melhor. Essa é a regra dourada para cultivar erva no exterior. Infelizmente, nem todos temos acesso a um terraço, varanda, pátio ou jardim que esteja devidamente exposto ao sol durante o dia. Neste artigo, analisaremos mais atentamente a relação apaixonada da erva com o sol, e mostramos-lhe quanta luz solar as suas plantas de exterior precisam para produzirem uma colheita ótima.


Porque precisa a canábis de luz solar?

Através do poder da fotossíntese, as plantas de canábis transformam a energia da luz do sol em energia química para alimentar o seu crescimento. As suas plantas de erva utilizam a energia que absorvem do sol para converterem a água, o dióxido de carbono e os minerais que obtêm do seu ambiente em oxigénio e em açúcares ricos em energia para desenvolverem raízes, ramos e folhagem saudáveis.

Qual é a diferença entre a luz do sol e a luz artificial das lâmpadas de cultivo?

O debate sobre se a luz do sol "bate" as luzes de cultivo artificiais é algo que percorre há muito a comunidade de canábis, com legiões orgulhosas e fiéis de ambos os lados. Na RQS, somos crentes firmes de que não há nenhum substituto para a Mãe Natureza, mas compreendemos que o cultivo interior sob luzes artificiais também tem imensos benefícios.

Step 1

Pessoalmente, adoramos cultivar sob o sol porque é grátis e, por mais que percorramos, não há nenhuma lâmpada industrial capaz de replicar o poder do sol. Contudo, fornecer 10 a 12 horas de luz solar sem obstruções às plantas de canábis pode ser algo desafiante para o cultivador doméstico comum, particularmente quando está a tentar manter as suas plantas afastadas dos olhares predadores.

É aqui que o cultivo de interior brilha realmente, não só porque permite que mantenha os cultivos privados, mas também porque cultivar sob luzes tem o benefício adicional de proporcionar-lhe muito mais controlo sobre o ambiente e o ciclo de luz da sua planta.

Step 1

De quanta luz solar é que as plantas de canábis de exterior precisam?

As plantas de canábis são mais felizes quando obtêm entre 10 e 12 horas de luz solar direta por dia. Tal como já deve ter testemunhado com os seus próprios olhos, as plantas de erva crescem de uma forma realmente vigorosa e, por conseguinte, precisam de imensa energia solar para alimentarem o seu crescimento.

No entanto, é possível cultivar plantas de canábis saudáveis no exterior com um mínimo de 6 horas de luz solar ininterrupta. Considere apenas que estas plantas crescerão mais lentamente e, por conseguinte, podem produzir rendimentos mais leves e de menor qualidade do que as plantas que obtêm quantidades ideais de sol.

Pode cultivar canábis sob luz solar indireta no exterior?

Caso percorra alguns fóruns de cultivo encontrará imensos cultivadores que juram terem alcançado uma colheita com apenas 1 ou 2 horas de luz solar direta por dia. Afinal de contas, a canábis é uma planta resistente que consegue suportar condições bastante difíceis quando cultivada na natureza.

No entanto, quando cultiva erva em casa, quererá fornecer condições ideais para maximizar o tamanho e a qualidade dos seus rendimentos.

Se estiver a cultivar à sombra, as suas plantas procurarão alcançar o sol e desenvolverão ramos compridos e esgalgados, poucos locais de brotos e brotos leves e pouco densos com menos resina.

Quando é que as plantas de canábis florescem no exterior?

No exterior, as plantas de canábis fotoperiódicas florescerão após o solstício de verão, quando os dias ficam mais curtos e as noites mais longas. No hemisfério norte, isto acontece gradualmente após o solstício de junho, que ocorre, habitualmente, a 20 ou a 21 de junho, consoante o ano. No hemisfério sul, as plantas de canábis começarão a florescer gradualmente após o solstício de dezembro, que ocorre a 20 ou a 21 de dezembro.

Tenha em consideração que as plantas de exterior começarão a florescer gradualmente, dado que as horas do horário diurno diminuirão muito mais gradualmente do que no interior, onde pode mudar as suas plantas da vegetação para a floração com o premir de um interruptor.

Sunlight hours

Há uma diferença entre a luz do sol no equador em relação aos hemisférios?

Sim, há uma diferença muito grande entre a luz solar nos hemisférios e a do equador (ou das zonas intertropicais entre os Trópicos de Cancer e de Capricórnio).

Considerando a órbita da Terra, os seus polos inclinam-se para o sol durante diferentes alturas do ano. No hemisfério norte, esta está mais próxima do sol no solstício de junho, enquanto no hemisfério sul está mais próxima do sol durante o solstício de dezembro. Quanto mais perto o polo estiver do sol, mais luz solar direta recebe, e mais longos são os dias no hemisfério correspondente.

O equador, contudo, permanece continuamente à mesma distância do sol. Por conseguinte, recebe uma exposição solar constante de 12 horas durante todo o ano.

Quando cultivar e colher canábis nos hemisférios norte e sul

Os cultivadores de exterior no hemisfério norte germinarão tipicamente as suas sementes entre a primeira e o início do verão, consoante a sua localização. Ao longo da Península Ibérica, por exemplo, os cultivadores podem começar no início de março e conseguir alcançar duas culturas integrais de autos em agosto. Mais para norte, contudo, os cultivadores começarão um pouco mais tarde para evitarem enfrentar as geadas, a chuva, o granizo ou outras condições desfavoráveis.

Os cultivadores no hemisfério sul, por outro lado, podem arrancar com os seus cultivos no início de setembro e, tipicamente, colherão entre março ou maio, embora algumas sativas possam estar prontas no início de junho (consoante a genética e o clima local).

Quando cultiva no exterior, é importante saber com que genética está a trabalhar e como estas responderão a serem plantadas durante diferentes alturas da estação. Caso esteja a cultivar sativas grandes, por exemplo, pode querer iniciar o seu cultivo um pouco mais tarde para evitar que as plantas fiquem demasiado grandes. Por outro lado, se estiver a trabalhar com autos rápidas, experimente colocar as suas sementes no solo o mais cedo possível para sacar duas colheitas numa estação de cultivo.

Celandar

Como cultivar erva no exterior ao longo do equador e nos trópicos

Conforme mencionámos acima, as áreas ao longo do equador recebem uma luz solar estável de 12 horas durante o ano. Caso seja suficientemente sortudo de viver numa área que se situa no equador, talvez consiga cultivar canábis no exterior durante todo o ano (caso o clima o permita, como é óbvio). Nestas áreas, as estirpes fotoperiódicas podem comportar-se de modo semelhante às autoflorescentes, florescendo automaticamente assim que atingirem a maturidade.

Os trópicos de Capricórnio e de Cancer, por outro lado, recebem até 10,5 e 13,5 horas de luz solar por dia após os solstícios de verão e de inverno (respetivamente). Nestas áreas, também pode conseguir cultivar canábis durante todo o ano, consoante o clima, e pode descobrir que as suas estirpes fotoperiódicas florescerem consoante a idade ao invés de uma alteração no ciclo de luz.

Compreender as estirpes de canábis trópicas

Embora a canábis possa ter as suas raízes na Ásia, a planta conseguiu espalhar-se e adaptar-se (graças à ajuda dos humanos) para praticamente todos os cantos do globo.

As variedades que se adaptaram ao clima única e ao ciclo de luz dos trópicos e do equador germinam tipicamente muito mais cedo do que aquelas que se adaptaram a crescer mais a norte ou mais a sul.

Estas também podem permanecer na fase vegetativa muito mais tempo e, inclusive, continuar a desenvolver folhagem enquanto florescem, levando-as a produzirem brotos alongados e menos densos.

Lembre-se apenas que, embora as estirpes fotoperiódicas equatoriais se possam comportar de modo semelhante às autoflorescentes, elas não são autos verdadeiras. As estirpes autoflorescentes contêm genes específicos da canábis ruderalis que as leva a florescer consoante as mudanças hormonais espoletadas pela idade. As estirpes equatoriais fotoperiódicas não têm este gene e, por conseguinte, a sua floração ainda pode ser espoletada pela mudança no ciclo de luz (por mais mínimos que possam ser ao longo do equador ou nos trópicos).

Tem 18 anos ou mais?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Localizador de Guias de Cultivo

eKomi silver seal
4.7 de 5
com base em 37804 avaliações