Cultivar Canábis: Compreender o Básico

Cultivar Canábis: Compreender o Básico

Se cultivar os seus respetivos brotos de canábis é algo pelo qual nutre interesse, leia este artigo informativo para ter uma ideia por onde começar. Enumerámos os tópicos mais importantes numa informação fácil de apreender, para que não se sinta desmotivado e sobrecarregado.


Contudo, sejamos claros logo à partida: isto não é um guia de cultivador. Ao invés, é mais um resumo dos fundamentos e deve abordar quaisquer dúvidas que possa ter sobre cultivar o seu produto doméstico.

No final deste artigo, deve ter conhecimento suficiente para dar à sua esposa uma palestra sobre os aspetos básicos do cultivo de canábis. Acima de tudo, irá ajudá-lo na sua respetiva aventura de cultivo.

Porque é que as pessoas cultivam canábis?

Algumas pessoas cultivam a sua própria erva para descomprimirem após um longo dia. Outras querem apenas poupar dinheiro e desejam ter fácil acesso à erva.

Independentemente do motivo, o cultivo de canábis pode ser um empreendimento interessante e excitante porque não precisa de muito para dar início à sua aventura. Precisará, contudo, de educar-se com pedaços de informação vitais, como as estirpes e os métodos de cultivo, sobre os quais partilharemos mais informação nas secções que se seguem.

Acima de tudo, deve tratá-la como qualquer outra planta. Isto significa dar-lhe a quantidade correta de atenção e muito amor e carinho.

As plantas de canábis são todas iguais?

Tal como qualquer outro ser vivo nesta Terra verde, nem todas as estirpes de canábis são iguais. Cada uma delas varia na velocidade de crescimento, aroma, rendimento, tamanho, resiliência e conteúdo de canabinoides/terpenos.

Além disso, uma das principais diferenças reside no género das plantas de canábis. Para facilitarmos este aspeto, iremos simplificar e partir diretamente para o facto de que muito provavelmente será melhor, para si, cultivar plantas fêmea, dado que são estas que produzem os brotos resinosos. E, para assegurar que obtém os resultados pretendidos, vai querer optar por sementes feminizadas — isto é, sementes que foram manipuladas para se desenvolverem em plantas exclusivamente fêmeas. As sementes normais, por outro lado, têm uma probabilidade de 50% de se tornarem macho ou fêmea.

Outro factor que quererá considerar é a diferença entre as estirpes autoflorescentes e fotoperiódicas. "Autoflorescente" significa as plantas que começarão a florescer por si só decorridas duas a quatro semanas após a germinação.

As variedades fotoperiódicas, por outro lado, precisam de 12 horas de escuridão por dia para induzir e sustentar a floração em ambientes internos. De modo geral, estas também demoram mais tempo a crescer, dado que não há um período vegetativo definido.

As plantas de canábis são todas iguais?

De que precisam as plantas de canábis para crescerem?

Cultivar canábis é essencialmente cultivar uma vida. Precisa de dar-lhes toda a sua atenção e não poupar em fornecer-lhes a atenção e nutrientes de que precisam, para florescerem numa planta saudável e próspera.

Tal como qualquer outra planta, aqui tem os quatro elementos essenciais que são necessários para cultivar canábis de qualidade:

Ar puro

Sejamos, ainda que momentaneamente, um pouco científicos. As plantas precisam quer de oxigénio como de dióxido de carbono para respirarem e para produzirem alimento e açúcares, respetivamente.

Caso opte por cultivar no exterior, não tem muito com que se preocupar, dado que o ar puro é abundante. Mas, se estiver a cultivar a sua erva no interior, terá de garantir que existe uma circulação de ar adequada para permitir que as plantas respirem naturalmente.

Contudo, isto não é nada que um sistema de ventilação adequado não consiga resolver. Caso disponha de um orçamento limitado, pode ainda assim resolver o problema com ventoinhas estrategicamente colocadas. Caso disponha dos recursos financeiros, será melhor investir num sistema de ventilação mais elaborado.

Luz

As plantas dependem da luz para desenvolverem um crescimento saudável durante o processo da fotossíntese. No caso das plantas de canábis, quanto mais exposição à luz estas tiverem, mais brotos irão desenvolver.

Tal como quando se trata de usufruir do ar puro, as plantas de canábis cultivadas no exterior podem desfrutar de toda a luz que precisam. No entanto, para o cultivo de interior, quererá cobrir 400–600 watts (ou mais) por metro quadrado.

Outro fator ao qual deve estar atento quando cultiva no interior são as temperaturas altas. Alguns tipos de lâmpadas, particularmente as HIDs, tendem a ficar bastante quentes e podem comprometer a integridade dos seus brotos caso sejam colocadas demasiado perto da cobertura ou, de modo geral, caso sejam demasiado fortes.

Água

A água é a força vital de todos os organismos vivos na Terra. As plantas de canábis são uma exceção bastante rara porque conseguem sobreviver caso poupe no seu abastecimento de água. No entanto, há uma probabilidade considerável de que esta morra caso a regue em demasia.

A melhor forma de certificar-se de que está a dar a quantidade correta de água às suas plantas é aguardar até que o substrato seque. Se levante os vasos das suas plantas e se aperceba que estão comparativamente leves, provavelmente é chegada a altura de uma boa rega. De qualquer das formas, não regue novamente até que sensivelmente 2 cm do topo do solo estejam totalmente secos.

Quanto ao método de rega de eleição, a rega na parte inferior do vaso (da terra) é indiscutivelmente a melhor forma de regar as plantas de canábis. Isto envolve colocar os vasos em bandejas de água para permitir que as raízes absorvam a quantidade indicada de água/solução de nutrientes no solo.

Este processo também permite que as raízes cresçam mais para baixo, o que irá beneficiar as plantas a longo prazo. Com ar puro e luz solar em quantidades suficientes, as suas plantas podem realizar a fotossíntese para acelerar o seu crescimento.

Nutrientes

Fornecer nutrientes às suas plantas de canábis é, essencialmente, alimentá-las. Estes nutrientes base são habitualmente incorporados no solo logo à partida, ou são misturados numa solução e administrados dessa forma.

Há muita ciência envolvida no processo da administração de nutrientes, mas iremos guardá-la para outra altura. Uma ótima opção é utilizar soluções de alimentação completas como o Easy Boost da Royal Queen Seeds. Só precisará de uma única dose para abastecer a sua planta com alimentos que duram até 12 semanas. É a solução mais simples e direta. Quem não quer tirar partido dessa opção?

Quanto tempo demora a cultivar a canábis?

Abordámos, de modo superficial, a velocidade de crescimento das estirpes autoflorescentes, mas no que diz respeito ao tempo necessário para proceder com a colheita, a maioria das estirpes precisa de pelo menos três meses.

Porém, se quiser saber quanto tempo demorará até que os seus brotos fiquem totalmente fumáveis, basta acrescentar mais três semanas para cobrir a secagem (uma semana) e a cura (pelo menos duas semanas).

Para dar-lhe uma ideia mais concreta do processo de cultivo, terá de compreender as duas principais fases do ciclo de vida da planta de canábis: a vegetação e a floração. Aqui tem uma explicação em poucas palavras:

  • Fase vegetativa: o período em que as folhas e caules da planta começam a revelar-se. Termina quando vê a planta a desenvolver quer características de macho ou de fêmea, levando-nos para a próxima fase.
Fase vegetativa
  • Fase de floração: esta fase inicia-se assim que as plantas fêmea começam a desenvolver pelos brancos, também conhecidos como pistilos; e quando as plantas macho começam a desenvolver sacos de pólen.
Fase de floração

Qual é o equipamento necessário para cultivar canábis?

Quando planeia cultivar canábis, são-lhe fornecidas habitualmente duas escolhas: cultivo interior ou exterior.

Já abordámos numa secção supra algumas das diferenças entre estas duas formas de cultivo, mas aqui tem mais detalhes do equipamento necessário, de forma resumida: iluminação artificial, uma tenda de cultivo, solo, nutrientes, utensílios de jardinagem e — potencialmente — equipamento hidropónico, sendo que o cultivo interior sai-lhe habitualmente mais caro.

Ainda assim, analisemos mais aprofundadamente qual o equipamento que precisa para cada um dos respetivos ambientes.

Cultivo interior

  • Tenda de cultivo: esta é um espaço pequeno e fechado que abrigará todas as suas plantas. Desde que possa albergar todas as outras ferramentas e fornecer luz suficiente, então terá tudo o que precisa.
  • Luzes: as luzes HID proporcionam maiores rendimentos, mas podem atingir temperaturas demasiado elevadas e danificar as suas plantas. Os LEDs atingem temperaturas mais baixas, mas habitualmente os rendimentos não são tão consideráveis. Dependerá inteiramente de si decidir qual o caminho que pretende seguir.
  • Solo e vasos: estes atuarão como um lar e sistema de apoio para as suas plantas. É muito provável que tente optar por solos pré-fertilizados que já contenham nutrientes e, quanto aos recipientes, tanto pode optar por vasos de tecido como pelos vasos de plástico normais.
  • Equipamento hidropónico: caso queira cultivar sem recorrer ao solo, terá certamente de adquirir algum equipamento hidropónico. Resumidamente, este método envolve a utilização de soluções concentradas de fertilizantes minerais que serão absorvidos pelas raízes.
  • Abastecimento de água: a água doméstica das torneiras contém habitualmente altos níveis de cloro, por conseguinte, será uma boa ideia utilizar água filtrada para regar as suas preciosas plantas de canábis.
  • Ventoinhas de exaustão: as plantas precisam de um abastecimento adequado de dióxido de carbono para prosperarem. Para alcançá-lo, precisará de uma fonte estável e constante de ar de uma ventoinha de exaustão que ajudará com a circulação do ar.
  • Controlos e monitores climatéricos: estes controlos ajudam a moderar as luzes, CO₂, humidade e temperatura e devem operar a uma taxa constante para otimizar o crescimento das suas plantas.
Cultivo interior

Cultivo exterior

  • Equipamento resistente às intempéries: a natureza pode ser um pouco intolerante em determinadas ocasiões, portanto, será uma boa ideia acrescentar aquela proteção complementar para as suas plantas. Coberturas de proteção, sob a forma de pequenas estufas, devem ser o suficiente.
  • Sistema de drenagem: certamente que não quererá que as raízes da sua planta sejam inundadas com água em excesso. A construção de um sistema de drenagem simples, feito de cascalho, será uma ótima ajuda.
  • Solo: quer esteja a plantar diretamente no solo ou a utilizar um vaso, terá de dar preferência a um solo que é rico em nutrientes.
  • Nutrientes: tal como os humanos, as plantas também precisam das suas respetivas vitaminas. Os nutrientes base serão mais do que suficientes para fornecer essa nutrição necessária.
  • Kit de testagem do solo: para uma leitura precisa da qualidade do solo no qual se encontram as suas plantas, um controlador do solo será uma ferramenta indispensável. Este também irá notificá-lo caso precise de um pouco de rega extra.
  • Vasos: frequentemente, os vasos térmicos são a melhor escolha para o cultivo de canábis no exterior. Estes permitem a poda natural das raízes, culminando num melhor crescimento das suas plantas.
Cultivo exterior

Que parte da planta canábis é que deve fumar?

Isto pode parecer óbvio para alguns, mas ainda assim não deixa de ser uma dúvida perfeitamente válida.

Eis a resposta simplificada: os brotos são a única parte fumável da planta de canábis. No entanto, estes brotos têm de passar pelos processos de secagem e cura antes de usufruir realmente da moca que estes lhe podem proporcionar.

Além disso, conforme mencionámos numa secção anterior deste artigo, apenas as plantas fêmea desenvolvem brotos fumáveis, portanto, é realmente essencial encontrar sementes feminizadas, caso este seja o seu objetivo.

Perguntas e Respostas: Cultivar Canábis

🚰 Com que frequência devo regar as plantas de canábis?
Habitualmente, uma vez dia sim, dia não, é mais do que suficiente para a maioria das plantas de canábis. Dê-lhes algum tempo para secarem ligeiramente, mas não chegue ao ponto de deixá-las murchar, como é óbvio.

Eis uma boa forma de descobrir se a sua planta está com sede: enterre um dedo no solo até ao ponto em que o seu primeiro nó do dedo se encontra coberto. Isto dar-lhe-á sensivelmente 5 cm de profundidade. O solo seco significa que precisa de regar, enquanto o solo húmido significa que pode deixar a rega para outro dia.
🤫 Quão discreto é o cultivo de canábis no que diz respeito à luz e odor?
Tudo isto depende do método de cultivo que decide realizar. É definitivamente muito mais fácil passar incógnito caso plante as suas plantas no interior. Se estiver a cultivar numa tenda de cultivo, mantenha simplesmente as portas fechadas e coloque um filtro de carbono para reduzir o cheiro. Caso seja uma divisão extra da sua casa, como uma cave, não será muito difícil esconder as suas culturas.

Haverá alguma poluição sonora/luminosa e odorífera, mas isso faz parte do processo. Só terá de arranjar uma forma de a disfarçar.

Por falar em disfarçar, precisará de recorrer a esta opção principalmente no cultivo exterior. O aroma da canábis pode atrair suspeitas dos vizinhos, portanto, seria aconselhável colocá-las ao lado de plantas de companhia, como a menta, para dissimular o aroma característico da canábis.
🤹 Sem ter muita experiência, o quão fácil é incorporar o cultivo de canábis numa rotina diária?
Caso decida dedicar-se ao cultivo de canábis, terá de despender tempo, esforço e compromisso. Parte destas resume-se meramente a adaptar-se à tarefa em mãos. Isso inclui verificar as suas plantas regularmente, alimentá-las com os nutrientes adequados e colhê-las quando chegada a altura.

Pode optar por diferentes rotinas, dependendo da sua disponibilidade, mas alguns aspetos do processo de cultivo podem ser simplificados se seguir as indicações recomendadas. A rega, por exemplo, é melhor ser realizada pela manhã. Por conseguinte, se tornar este processo numa parte integrante da sua rotina matinal, tê-la-á perfeitamente incorporada na sua rotina diária num instante.
🌡️ Temos de manter as plantas de canábis a uma temperatura constante?
As plantas de canábis conseguem lidar com pequenas flutuações em termos de temperatura. Mas a fim de obter melhores resultados, a consistência é fundamental.

Caso esteja a cultivar no exterior, as temperaturas durante o dia podem ser muito mais imprevisíveis devido ao calor e humidade, por conseguinte, terá de manter-se devidamente atento. As temperaturas à noite tendem a ser mais frescas e mais previsíveis, portanto, não deve ter muitos problemas.

O cultivo interior pode ser muito mais fácil porque tem a ajuda dos controlos e moduladores de temperatura que lhe dão a consistência que procura.
🌚 Porque é que tem de ficar escuro para a canábis crescer devidamente?
Além da fotossíntese, que requer luz, as plantas de canábis também precisam de passar pelo processo de respiração.

Durante este período, estas recriam os compostos previamente decompostos utilizando o carbono que armazenaram enquanto decorria a fotossíntese. Elas irão metabolizar a energia que criaram antes de começarem a produzi-la novamente no dia seguinte.

A respiração decorre principalmente sem a presença de qualquer luz, quer seja no interior de uma divisão de cultivo sem luz ou no exterior, durante a noite.
💰 Quais são os encargos iniciais para dar início ao cultivo de canábis?
Estabelecemos que o cultivo interior será mais caro do que cultivar no exterior. Mas se quiser dispor de alguns números, provavelmente estamos a falar de 150 a 250€ (sensivelmente 180 a 300$ para os nossos amigos americanos que nos estão a ler).

Além disso, com a legalização a tornar-se uma realidade em muitas partes do mundo, pode encontrar muitas destas ferramentas online. Não tem de ir muito além da Amazon, que lhe fornecerá inúmeras opções válidas.

Quanto às sementes, vendedores especializados, como a Royal Queen Seeds, fornecerão uma lista de opções de alta qualidade para se deliciar com a oferta. Temos todas as suas necessidades cobertas.

Primeiros passos no cultivo de canábis — Concluindo

Esperamos que este artigo lhe tenha fornecido informação suficiente sobre o básico do cultivo de canábis. Caso isto seja algo que se vê a fazer no futuro próximo, pode utilizar este artigo como uma lista de verificação para tudo o que precisa recordar-se.

Porém, caso esteja pronto para começar e avançar para os próximos passos, pode ficar à tranquilo e fazê-lo!

Desejamos-lhe uma aventura de cultivo produtiva pela frente!

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Categorias

Royal Queen Seeds Reviews with ekomi.co.uk