Cannabis Grow guide by Royal Queen Seeds

By Luke Sumpter


Parece que as suas plantas de canábis já deveriam ter florescido? Não se preocupe, há vários motivos para as suas plantas estarem a demorar o seu tempo — a maioria deles são inofensivos! Pode ser simplesmente uma questão de manipular a humidade, certificando-se de que a sua tenda de cultivo está suficientemente escura, ou de que está a ser um pouco mais paciente. Dito isto, há outros motivos mais obscuros para a sua planta não estar a florescer. Caso as suas plantas estejam a passar por um florescer tardio, continue a ler para ficar a saber o que deve fazer quanto a isso.

Quando se inicia a fase de floração fotoperiódica?

A fase de floração começa em diferentes alturas consoante o tipo de planta que estiver a cultivar. As variedades fotoperiódicas, as quais compõem a maioria das estirpes cultivadas nos dias de hoje, dependem da troca de estações (e das horas de luz solar, por sua vez) para saber quando é a altura de iniciar a fase de floração. Por este motivo, alterar simplesmente o ciclo de iluminação para 12 horas ligado e 12 horas desligado levá-las-á a florescer.

No entanto, como é a resposta interna quando as plantas de canábis passam por um padrão de iluminação específico? Bem, durante a fase vegetativa, elas sabem que devem utilizar a energia da luz do sol para se concentrarem em desenvolverem talos vigorosos, folhas largas, ramos robustos e caules fortes. Quando a luz muda, contudo, elas compreendem que está na altura de gastar essa mesma energia no desenvolvimento de brotos que cobrirão os ditos ramos e caules.

Os cultivadores de interior têm praticamente controlo total do ciclo de luz. Ao invés de terem de conformar-se às horas do sol, eles podem escolher estender a fase vegetativa conforme desejarem. Alguns cultivadores gostam de prolongar a fase vegetativa por meses — resultando em plantas grandes e maduras quando corretamente realizado. Outros preferem arrancar com o processo de floração prematuramente, permitindo colheitas mais pequenas, mas mais frequentes.

Como forçar uma planta fotoperiódica a florescer?

Se estiver a cultivar plantas fotoperiódicas, tem a capacidade de as forçar para a fase de floração sempre que considerar adequado. Antes de iniciar a fase de floração, certifique-se de que as suas plantas vegetativas cresceram o suficiente para fornecerem uma boa colheita. As coberturas maiores fornecem mais locais de brotos e, por conseguinte, oferecem melhores rendimentos.

Quando estiver pronto, só precisa de fazer uma coisa: alterar o período de iluminação. Defina o seu temporizador para funcionar num ciclo de iluminação 12/12 que imite o final do verão e o início do outono. Esta alteração ambiental enganará a sua planta e forçá-la-á para o modo reprodutor.

  • Nenhuma exposição a luz solar extra ou fugas de luz

Embora isto funcione na maioria das vezes, alguns cultivadores deparam-se com alguns problemas. Acima de tudo, precisa de confirmar que as suas plantas não estão a receber qualquer luz em excesso. Certifique-se de que as luzes exteriores da sua tenda de cultivo, ou divisão de cultivo, não estão em contacto com o ambiente. Qualquer coisa, desde luzes de rua até luzes noturnas podem espoletar as suas plantas e fazê-las crer que ainda têm tempo para vegetar.

  • Imite o seu habitat natural

Caso as suas plantas ainda estejam a recusar florescer, pode levar as coisas um passo mais além para imitar as características do outono. Reduza ligeiramente a temperatura da sua tenda de cultivo e melhore a ventilação para diminuir os níveis de humidade. Por sua vez, deve alterar as horas de luz para imitar a mudança das estações, dando-lhes inclusive um pouco menos de luz (cerca de 11 ou 10 horas apenas) caso não estejam a reagir suficientemente rápido. Esta alteração ambiental também assinalará à sua cultura que esta precisa de florescer em breve.

  • Choque as suas plantas com escuridão

Caso isso não funcione, pode ser altura de tomar algumas medidas mais intensas. Em particular, pode ter de manter as suas plantas na escuridão entre 24 a 48 horas seguidas. Isto pode parecer que seria prejudicial para as suas plantas, mas esse período de tempo não é, felizmente, suficientemente longo para prejudicar o crescimento. Deve ser o suficiente, contudo, para convencer as suas plantas de que está na altura de iniciar a fase de floração.

  • Não interrompa as suas plantas no escuro

Enquanto mantém tudo isto em mente, também deve lembrar-se de que não deve cuidar das suas plantas, ou inclusive de lhes dar uma vista olhos, enquanto estão no escuro. Elas estão a realizar imenso trabalho interno durante esses períodos, utilizando toda a energia que elas passaram o dia a amealhar passivamente, por conseguinte, qualquer manipulação que realize nestas poderá levar a alguns problemas significativos. Caso haja algo que realmente tem de ajustar nestas, aguarde até as ter novamente à luz.

Porque é que algumas plantas demoram mais tempo do que outras?

Quando se trata de estirpes fotoperiódicas, os cultivadores de interior têm praticamente controlo total quando as suas plantas entram na fase de floração. Ao trocar simplesmente o ciclo de iluminação para 12 horas ligado e 12 horas desligado, os cultivadores podem iniciar a floração assim que lhes apetecer.

A maioria dos cultivadores optam por esperar até que as suas plantas vegetativas atinjam um tamanho respeitável, e isto varia de estirpe para estirpe. Algumas plantas — principalmente as intencionalmente cruzadas para serem céleres — amadurecem rapidamente. Outras demoram mais tempo a atingir uma boa altura, particularmente os espécimes sativa grandes. Caso queira aguardar que estas plantas grandes amadureçam na fase vegetativa, inevitavelmente esperará mais pelas flores.

As indicas, contudo, tem sido encontradas pela primeira vez nas montanhas Hindu Kush, estão geneticamente programadas para iniciarem a floração mais rapidamente, dado que esta características permite-lhes reproduzirem-se antes de condições severas as levarem a murchar.

Como saber o tamanho das suas plantas

O tamanho da planta depende de dois fatores principais: tamanho do recipiente e genética. Algumas estirpes são geneticamente mais pequenas, ideais para cultivo discreto, e permanecerão pequenas independentemente do seu ambiente.

Outras plantas crescerão além dos 300 cm quando cultivadas diretamente no solo ou em grandes recipientes. No entanto, os cultivadores também podem domar estas plantas utilizando técnicas de treino e mantendo-as em vasos mais pequenos.

Para obter uma estimativa aproximada do tamanho de uma estirpe específica, consulte o perfil do cultivar fornecido pelo banco de sementes onde a está a comprar.

Quanto tempo é necessário até que os brotos apareçam?

Antes de preocupar-se com o facto de as suas plantas não estarem a florescer, primeiro precisa de dar-lhes o tempo necessário para realizarem a transição. Após trocar o ciclo de iluminação na sua divisão de cultivo, terá de aguardar paciente durante as próximas 2 a 3 semanas para que as suas plantas demonstrem sinais visíveis de floração.

O que acontece na primeira semana de floração e como é que os brotos se formam

Mantenha-se atento aos nós — a interseção entre o caule principal e os ramos — para observar o progresso a desenrolar-se. Nas fases iniciais, reparará em pequenos pelos brancos a saírem dessas áreas. Pouco depois, estas pequeníssimas estruturas começarão a desdobrar-se em brotos roliços e resinosos.

Também reparará numa mudança na taxa de crescimento após iniciar a floração. Antes de produzir quaisquer brotos, as plantas de canábis esticam-se para a luz e ganham um tamanho impressionante. Em particular, as sativas podem, potencialmente, duplicar o seu tamanho durante este período. As indicas também crescem significativamente, mas não assim tanto. Em termos gerais, contudo, caso repare que as suas plantas estão a crescer conforme descrito, saberá que está no caminho certo.

Cultivar plantas no equador

O cultivo de plantas no interior remove a maioria das variáveis que a natureza coloca diante dos cultivadores de exterior. Embora estejam livres das flutuações na luz, da chuva e das condições atmosféricas adversas, os cultivadores de interior ainda estão sujeitos a fatores climatéricos, tais como a temperatura e a humidade. Os cultivadores de canábis que vivem em regiões equatoriais são particularmente afetados pelos níveis elevados de humidade, que podem tornar-se bastante problemáticos quando cultiva erva — particularmente durante a fase de floração em que os brotos compactos podem tornar-se num viveiro para patógenos que adoram a humidade.

As plantas de canábis que tenham evoluído perto do equador também podem apresentar características que significam que podem demorar mais tempo a florescer. As espécies sativa que se especializaram nestas regiões podem demorar mais tempo a perceber que os dias estão a tornar-se mais curtos.

O ciclo de luz permanece a cerca de 12/12 no equador, com uma variação sazonal muito pequena. Caso as suas sativas desta região estejam a passar por dificuldades em avançar para a fase de floração, seja extremamente estrito com a exposição à luz no interior. Limite quaisquer e todas as fugas, não perturbe as suas plantas durante o seu tempo de escuridão e reduza a quantidade de luz para 10 horas ligadas e 14 horas desligadas para forçar realmente o início da floração.

Porque motivo é que as suas plantas de canábis não estão a florescer: são machos?

Não se preocupe. Não é o primeiro a cometer este erro caso sejam. As plantas macho não produzem flores. Ao invés, elas formas sacos de pólen em forma de bola nos nós. Caso detete um macho no seu espaço de cultivo, remova-o assim que possível para evitar a fertilização das suas outras plantas.

Quando é que as autoflorescentes começam a florescer?

Em contraste com as estirpes fotoperiódicas, as plantas autoflorescentes florescem tendo como base um relógio interno. Elas evoluíram em latitudes mais a norte, com estações de cultivo mais curtas. Os seus antepassados não podiam dar-se ao luxo de aguardar e de depender de pistas externas para sobreviverem. Comparativamente, as autos possuem ciclos de vida mais curtos e, tipicamente, iniciam a floração decorridas cinco semanas de crescimento.

Como forçar as autoflorescentes a florescerem

As plantas autoflorescentes iniciam o período de floração sozinhas na grande maioria das vezes. Cerca de cinco semanas após a germinação, a sua genética impulsiona-as para a fase de floração sob a premissa de que estão a lidar com uma estação curta e arriscada.

Muitas cultivadores valorizam imenso esta adaptação única. Proporciona tempos de cultivo muito mais curtos e colheitas rápidas, que beneficiam tanto os cultivadores discretos quanto os comerciais.

No entanto, em raras ocasiões, este mecanismo interno falha. Alguma malformação genética leva a que as estirpes autoflorescentes permaneçam na fase vegetativa. Embora isto possa causar preocupações no cultivador, levando-o a perder um pouco de tempo, ainda pode salvar estas plantas.

Em primeiro lugar, deve aguardar um pouco mais. Frequentemente, estas plantas só precisam de um pouco mais de tempo para perceberem que está na altura de iniciarem o processo de transição. Caso as suas plantas ainda não estejam a demonstrar qualquer sinal de floração após umas três semanas adicionais, terá de tomar outras medidas. A redução do ciclo de luz para 12/12 fornece habitualmente o estímulo suficiente para forçar estes espécimes teimosos a entrarem na fase de floração.

Como é que sei quando é que a minha autoflorescente começa a produzir brotos?

Uma vez mais, se quiser saber precisamente quando é que as suas autoflorescentes iniciarão a produção de brotos, tem de se manter atento aos nós. Assim que constatar pequenos pistilos a surgirem nestes locais, assuma isto como um sinal de que as suas flores ricas em canabinoides estão a caminho.

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Localizador de Guias de Cultivo

eKomi silver seal
4.7 de 5
com base em 36328 avaliações