Um guia para cultivar canábis no exterior em 2021.


Há muitos benefícios em cultivar canábis no exterior. Além de ser uma experiência extremamente agradável, também permite que os cultivadores cultivem plantas maiores com melhores rendimentos. Continue a ler para aprender a cultivar canábis no exterior.

Cultivar canábis no interior vs no exterior: diferenças

Cultivar no exterior significa habitualmente mais espaço para poder trabalhar, imenso sol, a água fresca da chuva, melhor ventilação, e a alegria de cultivar em função dos elementos.

No entanto, cultivar no exterior também apresenta um conjunto de desafios. As plantas são mais vulneráveis às pragas, aos predadores maiores, às vagas de calor e às ondas de frio.

Cultivar no interior oferece um melhor abrigo às plantas, e os cultivadores estão em total controlo do ambiente de cultivo. Eles têm a liberdade de mudar as configurações da temperatura e da humidade, e as suas plantas estão mais escondidas.

Dito isto, os cultivadores de interior têm habitualmente menos espaço à sua disposição, menos potencial para grandes rendimentos, e têm de gastar imenso dinheiro em contas de eletricidade para gerirem o seu cultivo.

Cultivar canábis no exterior

Sol. Ar fresco. Solo. Cultivar canábis no exterior oferece uma enormidade de benefícios quer para os cultivadores como para as plantas de canábis. Tudo, desde os recursos gratuitos até mais tempo passado lá fora, faz com que seja um empreendimento que valha bem todo o tempo investido.

Benefícios de cultivar no exterior

  • Plantas maiores
  • Mais espaço
  • Água da chuva gratuita
  • Luz solar (mais barata do que a iluminação artificial)
  • Não precisa de alterar o ciclo de iluminação
  • A ventilação ajuda a manter o bolor ao largo
  • Plantas de companhia
  • Insetos benéficos
  • Solo rico em micróbio nativos
  • Oportunidade de praticar métodos regenerativos

Escolher o local

Após tomar a decisão de cultivar no exterior, terá de decidir onde irá posicionar as suas plantas. Encontre uma área que forneça uma temperatura estável, exposição solar adequada, e abrigo das condições climatéricas adversas.

Certifique-se de que a área do seu jardim/posição dos seus recipientes de plantas cumpre as seguintes exigências quando cultiva na Europa em 2021:

  • As temperaturas nunca descem abaixo dos 12 °C
  • As temperaturas nunca excedem os 30 °C
  • 6–8 horas de exposição solar direta todos os dias (uma localização orientada para sul seria ideal)
  • Abrigo das chuvas torrenciais e das vagas de calor (ex. lona temporária, estufa)

Cultivar canábis no exterior

Locais de Cultivo

Sendo uma erva robusta, a canábis crescerá alegremente numa variedade de locais. Alguns cultivadores têm um jardim espaçoso à sua disposição, enquanto outros estão limitados a espaços mais pequenos.

  • Varanda

A acessibilidade das varandas faz com que estas sejam um ótimo local para cultivar erva. No entanto, algumas variedades apresentam contratempos que alterarão significativamente o tamanho da sua colheita.

Prós Contras
Ar fresco e luz natural As varandas voltadas a norte não recebem praticamente nenhuma exposição solar
As varandas voltadas para sul receberão exposição solar durante todo o dia Os edifícios de elevada estatura expõem as plantas aos ventos fortes
Contas de água e de eletricidade reduzidas -
  • Telhado / Terraço

Cultivar erva num telhado ou terraço fornece vantagens que as varandas não têm. No entanto, estes apresentam os seus respetivos riscos.

Prós Contras
Os telhados estão expostos ao sol durante todo o dia, desde que não estejam bloqueados por estruturas mais altas Mais expostos aos olhares vindos do céu
Boa exposição à água da chuva As plantas estão mais suscetíveis aos efeitos das tempestades e calor intenso
Mais escondidos dos vizinhos e do público do que as varandas -
  • Jardim Privado

Os jardins privados são um dos locais mais agradáveis para cultivar canábis. Os cultivadores perdem-se frequentemente na tranquilidade proporcionada por estarem a cuidar a sua cultura nos meses de verão.

Prós Contras
Imenso espaço Probabilidade da ocorrência de pragas
Oportunidade de cultivarem plantas de companhia numa policultura Risco de exposição ao bolor do solo, tal como o Fusarium
Escondido dos olhares indesejáveis -
  • Cultivo Guerrilha

O cultivo guerrilha permite que os cultivadores cultivem plantas fora da sua propriedade. Ao selecionarem um local isolado no campo, os amantes da erva conseguem encher os seus jarros de erva com um risco mínimo durante o processo.

Prós Contras
Discreto As plantas ficam expostas ao clima adverso e às inundações
Baixo risco Maior risco de ocorrerem infestações de pragas e doenças
Barato, sem praticamente nenhuma sobrecarga As pessoas que gostam de caminhar pela natureza podem deparar-se com a sua cultura
  • Estufa

As estufas oferecem um manancial de benefícios. Estas utilizam a luz solar natural enquanto oferecem o calor e o abrigo de um ambiente de interior.

Prós Contras
Oportunidade de estender a temporada de cultivo no exterior As plantas podem ficar stressadas durante as vagas de calor
Proteção contra algumas espécies de pragas O ar viciado e a humidade pode acumular-se caso tenha instalado um sistema de ventilação inadequado

Fatores a Considerar Quando Escolhe um Local de Cultivo

Cada local de cultivo tem as suas respetivas vantagens e desvantagens. Enquanto alguns cultivadores estão limitados a um único local, outros podem escolher entre várias opções.

  • Rega

A rega pode tornar-se uma tarefa hercúlea. As plantas de exterior serão regadas pela água da chuva, mas também enfrentam a possibilidade concreta das secas. Embora regar todo um jardim ou estufa de canábis todos os dias pode revelar ser um verdadeiro desafio, montar um sistema de irrigação torna-o muito menos penoso.

As plantas em locais de cultivo guerrilha enfrentam maior negligência do que aquelas cultivadas mais perto de casa. Tente escolher um local perto de um ribeiro, de forma que não tenha de transportar bidões de água pesados até ao seu local secreto.

  • Canteiros ou Vasos?

Os vasos permitem que os cultivadores coloquem facilmente as suas plantas em segurança quando as condições ficam demasiado adversas. Os vasos inteligentes e vasos arejados também ajudam a minimizar as infeções fúngicas e mantém os sistemas de raízes arejados.

Por outro lado, os canteiros permitem que os cultivadores cultivem múltiplas espécies de companhia no mesmo bloco de sol. Isto não só enriquece a biodiversidade do solo, como também cria um escudo de plantas protetoras que afastam as pragas enquanto atraem os insetos benéficos.

  • Poluição Luminosa Sobre a Canábis

A poluição luminosa excessiva dos candeeiros de rua pode fazer com que a canábis permaneça num (ou reverta para um) estado vegetativo. Os cultivadores que enfrentam estas condições devem considerar as estirpes autoflorescentes. Estas variedades crescem rapidamente e não requerem um ciclo de luz específico para iniciarem e sustentarem a floração.

  • Danos Provocados pelo Vento

Aqueles que optam por cultivar em varandas, telhas e em jardins devem erigir barreiras e vedações caso vivam em áreas com ventos fortes. Caso planeie optar por uma cobertura morta, opte por substratos mais pesados presos com pedras, deixando de lado a palha e serradura.

  • Horas de Luz

Tente cultivar as plantas no local mais solarengo que consiga aceder. A canábis requer um mínimo de seis horas de luz solar diária ininterrupta para ter um bom desempenho.

  • Segurança

Caso esteja a cultivar num jardim aberto, ou na sua varanda se encontre no primeiro ou segundo andar, as suas plantas estarão expostas a outros amantes de erva. Certifique-se de que protege as suas plantas dos ladrões e animais famintos.

Fatores a Considerar Quando Escolhe um Local de Cultivo

Genética

Após selecionar um local, terá de escolher a estirpe que irá cultivar. Aqui, terá de considerar o seu ambiente de cultivo, e que tipo de efeito espera obter da sua canábis.

Caso viva mais para o norte da Europa e tenha uma temporada de cultivo mais curta, a genética resistente e de floração rápida, tal como as autoflorescentes, é uma boa escolha. Para os que vivem mais para o sul, as imponentes sativas que demoram mais tempo a florescer são uma opção a considerar, além disso as híbridas também irão prosperar nestas condições.

Procura um paladar em particular? Avalie bem os perfis terpenos das estirpes que está a considerar. Isto dar-lhe-á uma janela para uma experiência sensitiva. Prefere frutada ou terrosa? Cítrica ou doce?

Também pode utilizar os dados do bancos de sementes para prever o tamanho, tempo de floração e rendimento duma estirpe em particular. Caso possa cultivar livremente, considere uma estirpe alta e altamente produtiva. Caso precise ser mais discreto, opte por uma variedade mais pequena e mais discreta.

Germination

The first phase in your cannabis plant’s life is germination. During this process, your seed will form its first taproot and emerge into a seedling. Germination requires three specific factors: darkness, humidity, and moisture. Together, these elements will activate your seed. It just so happens that soil provides the perfect venue!

Growers in warm climates can start their plants directly in pots or garden beds outdoors. However, plants require high humidity during the seedling stage. Consider starting outdoor plants in a greenhouse or polytunnel.

Those in colder climates can get a head start by raising their seedlings indoors during the chilly spring. Transplant them directly into the soil or into larger outdoor containers when the weather warms up.

Before germinating your seeds, secure some high-quality soil. Organic soil provides everything your plants need to thrive: nutrients, beneficial bacteria, and synergistic fungi.

To germinate your seeds, poke a hole into the topsoil in a garden bed or pot. Place the seed in the hole and gently cover with soil. Add a little water. You’ll see the first shoot emerge within 2–7 days.

The seedling stage will last around two weeks. Provide consistent lighting, humidity levels of around 70%, and water sparingly.

Germinating

Cuidar da planta

A fase vegetativa começa assim que a fase plântula termina. Ao longo desta fase, as suas plantas focar-se-ão no processo de fotossíntese e na criação de energia para alimentarem o seu desenvolvimento. Conte ver um manancial de folhas lança a prosperar durante esta fase. Para cuidar das suas plantas, terá de considerar o seguinte:

Regue apenas após ter 3-5 cm da parte superior do solo secos. Caso não espere o tempo suficiente, a sua planta pode tornar-se vulnerável e a raiz pode apodrecer, entre outros resultados nefastos.

Teste o seu solo ocasionalmente e certifique-se de que este permanece sempre dentro de um intervalo de pH de 6,0–7,0 — o intervalo ideal para a absorção de nutrientes.

Uma Palavra sobre a Rega

Aponte para regar as suas plantas sempre que sensivelmente 2 a 3 cm do topo do solo fiquem totalmente secos; mais do que isso, arrisca encorajar o apodrecimento da raiz. Caso esteja a planear ir de férias durante a temporada de cultivo, monte um sistema automatizado para assegurar-se de que as suas plantas mantêm-se hidratadas.

Prevenir as pragas

Sendo um dos principais desafios dos cultivadores de exterior, as pragas podem ser geridas e prevenidas utilizando as seguintes dicas:

  • Insetos predatórios: introduza insetos predatórios tais como joaninhas e vespas parasitas para proteger as suas plantas contra as pragas.
  • Plantas de companhia: plante manjericão, erva-cidreira ou aneto para repelir as pragas.
  • Fungos benéficos: o solo que contém fungos micorrízicos pode ajudar a captura e a matar os nematódeos — microorganismos que habitam o solo e atacam as raízes da canábis.
  • Barreiras físicas: erga vedações e outras barreiras para impedir que animais de maiores dimensões, tais como veados e pássaros, se alimentem da sua cultura.

Proteja Contra a Polinização

Terá de defender as suas plantas contra a polinização para produzir os melhores brotos possíveis. As flores polinizadas são mais pequenas, estão carregadas de sementes e são menos potentes. Embora outras espécies polinizadoras possam beneficiar imenso o seu jardim, os cultivadores devem prevenir ativamente o surgimento de plantas macho no espaço de cultivo.

Caso esteja a cultivar sementes de canábis normais, terá de ser proativo quanto ao sexo das suas plantas à medida que estas amadurecem para impedir a fertilização.

Calendário dos cultivadores de exterior para 2021

Este calendário é elaborado tendo com base o clima médio na Europa. Caso viva num local com um clima mais extremo (ou no outro hemisfério), vale sempre a pena avaliar as condições de cultivo que se aplicam a si.

Além disso, as diferentes estirpes também terão um desenvolvimento muito mais rápido, ou mais lento, entre si. Tenha sempre em consideração as características individuais do cultivar que escolher.

Também irá reparar que o nosso calendário tem em consideração a altura do ano e a posição da lua e do sol. Muitos jardineiros trabalham em torno do ciclo da lua devido à forma como o corpo celeste influencia os movimentos da humidade, seiva e energias subtis.

  • Germinação no interior

Comece por germinar as suas sementes no interior por volta de 9 de março caso viva num clima mais frio. Esta data enquadra-se pouco antes da lua cheia e encoraja a formação de brotos maiores e mais aromáticos.

O equinócio da primavera decorre a 20 de março. Durante este período, o sol cruza o equador celestial, marcando o primeiro dia da primavera. Os dias mais compridos e a maior exposição solar significam que a temporada de crescimento começou! A semente demorará entre 2–7 dias para concluir a germinação e entrar na fase de plântula.

Calendário dos cultivadores de exterior para 2021

  • Fase de plântula / cultivar no interior

A fase de plântula dura sensivelmente duas semanas antes de se iniciar a fase vegetativa. Continue a cultivar as plantas no interior nas regiões mais frias até meados de abril, para atender às exigências de temperatura e luz.

  • Semear e passar para o exterior

Caso viva num local com um clima mais quente, agora é a altura de germinar as sementes diretamente no exterior. Também poderá passar as plantas de interior para o exterior e transplantá-las para o solo ou para recipientes maiores.

Se optar por orientar o seu cultivo em função do ciclo lunar, aponte para transplantar enquanto a lua minguante entra na sua fase crescente.

Após a transplantação, as plantas estabelecer-se-ão no solo, continuarão a vegetar e adquirirão uma massa considerável. A mudança para o verão fará com que elas recebam imensa luz. Estas continuarão a alongar-se para os céus à medida que o polo norte atinge a sua inclinação máxima para o sol.

  • Cobertura e treinamento

Assim que as plantas se tiverem ambientado, os cultivadores têm a opção de podar o topo e treiná-las. Ao fazê-lo irão aumentar os seus rendimentos, abrirão as suas coberturas e torná-las-ão mais fáceis de domar.

Medidas como o treino de baixo stresse podem ser efetuadas ao longo de junho e julho, até ao início de agosto. Posteriormente, as plantas começarão a aproximar-se da fase de floração, e qualquer treino adicional não será benéfico.

Aponte podar o topo e treinar as suas plantas quando a lua estiver na sua fase crescente, idealmente numa constelação de água.

  • Discernir os sexos

Antes de aparecerem as flores, as suas plantas entrarão na fase pré-floração. Utilize este período para discernir o sexo das suas plantas e assegurar que quaisquer machos indesejáveis não acabam por fertilizar as suas meninas. As pré-flores começam as surgir nos nós — nos pontos em que cada ramo encontra o caule principal.

As pré-flores fêmeas apresenta um broto pequeno e um pelo saliente, ou pistilo. Em contraste, as pré-flores macho apresentam um bulbo sem pelo. Remova quaisquer machos que detete caso não pretenda criar sementes.

  • Poda

As suas plantas entraram na fase de floração. À medida que o equinócio de outono se aproxima, os dias começam a ficar mais curtos e as plantas sabem que é chegada a altura de florescer. Organize-as bem organizadas e certifique-se de que cada local com brotos recebe a devida exposição solar.

Pode a sua cultura entre meados de julho e o final de agosto, para prepará-la para a colheita. Retire as folhas lança em excesso durante a fase descendente da lua na fase minguante.

  • Colheita

Talvez a altura mais excitante de todo o cultivo ocorra entre meados de setembro e meados de novembro. Está na altura de colher os frutos do seu trabalho árduo sob a forma de preciosas flores. O tempo começa a ficar mais frio, os dias mais curtos e o solstício de inverno aproxima-se.

Colha os seus brotos pela manhã durante a fase minguante da lua.

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.