A Linha Do Tempo Do Cultivo De Canábis

Uma visão geral das 5 etapas do cultivo de canábis.

Conteúdo:

O cultivo de canábis traz muitas incertezas. Dito isto, o cultivo de canábis em si pode ser dividido em cinco etapas distintas, independentemente das sementes que escolheu.

O INÍCIO

Antes de começar a lançar sementes para a terra, pondere que tipo de cultivador quer ser. Vai fazer um cultivo no interior ou ao ar livre? Tem os equipamentos necessários para o seu ambiente de cultivo? Tem a certeza que escolheu sementes que vão vingar no ambiente de cultivo, no interior ou exterior? Falando em sementes, qualquer aspirante a cultivador deve saber as diferenças entre plantas de canábis fotoperíodo e automáticas. Há algumas diferenças a ter em consideração.

PLANTAS FOTOPERÍODO

A principal característica da planta fotoperíodo é o potencial para vegetar por tempo indefinido - desde que mantenha as plantas num ciclo de 18/6 - 24/0 horas de luz/escuro. Falaremos mais sobre o assunto mais tarde, mas isto significa que as plantas podem suportar mais erros durante o processo de cultivo. Isto também significa que pode assegurar que a sua planta floresça da melhor forma possível. Tudo o que precisa de fazer é ajustar o ciclo de luz para 12/12. Isto torna-se ainda mais útil quando pode fazer vários clones da sua planta otimizada. O principal ponto negativo é que demorará cerca de quatro meses a obter uma produção substancial. Porém, terá uma planta maior e geralmente mais potente quando lá chegar.

PLANTAS AUTOFLORESCENTES

A principal diferença destas plantas para as fotoperíodo está explícita no próprio nome. Quer ache que a planta está pronta ou não, ela começará a florescer num certo momento, dependendo da programação genética da estirpe. Por um lado, estas plantas são mais fáceis para cultivadores novatos pois há menos com que se preocupar em relação ao ajuste do ciclo e cobertura de luz. Por outro lado, devido ao período limitado de vegetação, tem menos oportunidades para errar. Isto não é o ideal para iniciantes, mas o facto de ela levar apenas dois meses da germinação até à colheita é definitivamente atrativo. As automáticas tendem a produzir um pouco menos que as fotoperíodo, mas os avanços modernos estão a corrigir essa diferença.

5 ETAPAS DO CULTIVO DE CANÁBIS

Agora que está familiarizado com as diferenças entre estirpes fotoperíodo e autoflorescentes, podemos começar a analisar cada etapa envolvida no seu cultivo.

ETAPA 1: GERMINAÇÃO 1 1-7 DIAS

ETAPA 1: GERMINAÇÃO 1 1-7 DIAS

Mesmo enquanto a sua planta for uma mera semente, o trabalho que colocar nela irá ditar o seu sucesso ou fracasso. A germinação é a fase em que a primeira raiz sai da casca da semente, o que leva entre 1-7 dias. O método do guardanapo de papel é um clássico, mas pode trazer a desvantagem de ficar com pequenas fibras de papel nas suas raízes recém-nascidas. Pode certamente plantar a semente diretamente no solo, mas precisa de garantir que a temperatura e humidade são adequadas.

Se quer manter todas as suas sementes seguras e limpas, recomendamos o Kit de iniciação da Royal Queen Seeds. Com ele, pode apreciar uma germinação limpa e sem incómodos. Assim que atingirem 2-3 cm de altura, pode removê-las do kit e colocá-las no vaso desejado para o cultivo.

ETAPA 2: PLÃNTULAS - 2 SEMANAS

ETAPA 2: PLÃNTULAS - 2 SEMANAS

Após a etapa de germinação, as plantas entram na fase de plântula. Nesta fase, precisarão de cerca de 18 horas ou mais de luz diária. Após uma ou duas semanas de cuidado adequado, estarão prontas para um crescimento vigoroso.

É neste momento que elas começam a parecer-se mais com uma planta de canábis. Haverá apenas uma ponta serrilhada por folha, mas elas atingirão o seu conjunto típico de 5-7 pontas no final deste período. Até que atinjam 5-7 pontas completas por folha, porém, as plantas são consideradas plântulas. Para além do aumento do número de pontas por folhas, uma cor verde vibrante é outro sinal de que tem uma planta saudável. Para manter as suas plantas saudáveis os dois principais factores a ter em conta são a água e limpeza. As plântulas são ainda muito frágeis pelo que devem ser apenas levemente regadas. A limpeza é igualmente vital devido à sua vulnerabilidade a doenças e mofo. O lar perfeito para as plantas de canábis jovens é um propagador, idealmente com uma humidade relativa de 70% e temperaturas de 20-25°C, sob lâmpadas de CFL ou LED.

ETAPA 3: FASE VEGETATIVA - 2-8+ SEMANAS

ETAPA 3: FASE VEGETATIVA - 2-8+ SEMANAS

O crescimento vegetativo é geralmente associado com um transplante em algum momento do cultivo, à medida que a planta fica maior que o seu substrato, seja um bloco de lã-de-rocha ou um substratos como solo ou côco. Continuar o desenvolvimento da área das raízes e ramificações robustas são uma das prioridades do grower. RH alto de 50% é ideal e temperaturas mais baixa de 20-24°C pode promover mais fêmeas se estiver crescendo sementes normais.

Cultivadores de automáticas tem ainda menos tempo para brincar do que cultivadores de fotoperíodos, já que a maioria das automáticas começariam a florescer depois de apenas 2-3 semanas de crescimento vegetativo. É por essa razão que muitos cultivadores de automáticas plantarão a suas sementes auto florescentes diretamente no recipiente final. O tempo está passando com as automáticas desde o momento de germinação.

Variedades de fotoperíodo podem ser mantidas em crescimento vegetativo indefinidamente enquanto houver 18+ horas de luz e as condições prevalecerem. É isso que permite cultivadores indoor manterem a mesma planta mãe por anos e é por isso que os cultivadores outdoor plantam na primavera. 18 horas ou mais de luz, tanto indoor como outdoor facilita o corte também.

Essa é a fase de colocar suas plantas de fotoperíodo nos recipientes finais, pelo menos algumas semanas antes de começarem a florescer, ou antes do verão para as outdoors.

Enquanto as variedades de fotoperíodo podem ser mantidas vegetando por semanas ou até meses para permitir todos os tipos de podas e treinamentos para aumentar o rendimento como cobertura, FIM, LST e até ScrOG o cultivador de automáticas é limitado pelo tempo.

ETAPA 4: FLORAÇÃO - 6-12 SEMANAS

ETAPA 4: FLORAÇÃO - 6-12 SEMANAS

Nesse estágio, o foco do cultivador e as plantas muda para a produção de buds e o cultivador já está sonhando com uma colheita de maconha bem cristalizada num futuro próximo. RH precisa ser reduzido para 40-50% e as temperaturas mantidas entre 20-28°C.

As plantas de cannabis lhe darão uma indicação do seu sexo cedo nos estágios de floração. Tipicamente dentro das primeiras semanas de floração, as fêmeas desenvolverão pistilos ou “pelos” para confirmar sua feminilidade.

Se você ver “bananas”, ou algo que pareça com um cacho de uvas salientando das flores ou de qualquer lugar do galho, você tem uma planta de cannabis macho. Caso você veja ambos cabelos e bananas, você tem uma planta hermafrodita. Remova imediatamente.

Variedades de fotoperíodo são induzidas a florescer através das horas de luz que recebem; cultivadores indoor devem mudar para um ciclo de 12-12 luz-escuridão para artificialmente promover o crescimento da flor.

A Mãe Natureza é quem dita a agenda do cultivador outdoor, e a floração começará no verão/outono já que as horas de sol diminuem naturalmente, fazendo um período mais longo e gradual de floração. Os cultivadores do hemisfério norte não se referem a outubro como “Croptober” por nada.

É claro que as variedades Autoflowering não seguem as regras por causa de sua genética Ruderalis, que fazem a planta começar a florir mais o menos um mês depois da germinação. As Automáticas preferem ficar 18+ horas sob luz para florir, e serão mais produtivas num ciclo de luz-escuridão que restringiriam variedades de fotoperíodo de florescerem de qualquer modo.

A floração dura geralmente 7-10 semanas para variedades de fotoperíodo Indica e híbridas, enquanto para as mais dominantemente Sativa pode levar 10-14 semanas para amadurecer completamente seus buds de alta qualidade.

As automáticas somente florescem por 30-45 dias com uma transição muito mais repentina. Escolher automáticas femininas é uma escolha muito sábia para os iniciantes que não querem ter um colheita com sementes.

É sempre bom avaliar se um planta de maconha está pronta para ser colhida olhando de perto as buds que pingam resina. Usando um microscópio não muito caro para examinar de perto nas buds com resinas, certifique-se de que elas estão esbranquiçadas e âmbar. Assim você não precisa adivinhar.

Assim que você confirmar que a sua plantação de maconha está madura, é hora de pegar a tesoura de aparar e começar a colher. Depois de duas semanas secando vagarosamente em sacolas de papel ou penduradas, em temperatura ambiente e aproximadamente 50% RH, você tem um stash.

Trimming

ETAPA 5: COLHEITA E CURA - 1-2 MESES

A COLHEITA

A colheita é a parte mais recompensadora do processo de cultivo para muitos cultivadores. É incrível assistir ao crescimento das suas plantas durante vários meses, mas colher os frutos do seu trabalho é realmente o ápice da experiência. A fase de florescimento do ciclo de cultivo dura tipicamente entre 7-11 semanas, após o qual chegou a hora de tirar os brotos das plantas. Porém, não deve fazê-lo demasiado cedo, pois impedirá que as suas flores amadureçam completamente. Da mesma forma, não vai querer esperar demasiado tempo. O tempo certo de colheita é um passo crucial e há muitos sinais aos quais deve estar atento para saber a hora certa.

Uma das melhores formas de saber se as suas flores estão prontas para colheita é ver de perto com um dispositivo de ampliação. Esta vantagem visual permitirá que detete pequenas mudanças que não seriam percetíveis a olho nu. Alguns cultivadores preferem usar uma lente de joalheiro, que é essencialmente uma lupa de bolso encapsulada num pedaço de metal. Outros preferem usar equipamentos como o microscópio digital, que oferece maior detalhe.

A função mais importante da sua lente de aumento é detetar o progresso dos seus tricomas, e portanto, a hora certa para colher as suas flores. Os tricomas são glândulas no formato de cogumelos que produzem resina, que contém a maior parte dos canabinoides e terpenos.

A forma mais exata de determinar o estado de maturidade da sua planta é procurar mudanças na aparência dos tricomas. Os tricomas são difíceis de passar despercebidos e aparecem como uma substância branca que cobre as flores e as "folhas de açucar". Ao ver estas estruturas ampliadas, poderá saber em que altura a sua planta está e se estão prontas para colheita.

No início da fase de florescimento, os tricomas aparecerão translúcidos, o que significa que eles ainda estão em desenvolvimento e devem ainda amadurecer mais. Quando aproximadamente 60% dos tricomas desenvolvem uma aparência leitosa, eles estão prontos para a colheita. É nesse momento que eles produzirão o efeito mais significativo. Alguns cultivadores, porém, esperam até que 90% dos tricomas se tornem âmbar, pois isso fará com que os brotos possuam um efeito mais forte e sedativo.

Outro sinal de que os seus brotos estão próximos do amadurecimento é quando os pistilos mudam de cor. Os pistilos são pequenas estruturas parecidas com cabelos, que crescem a partir dos cálices e são os órgãos reprodutivos da planta fêmea de canábis. São o local onde ocorre a polinização - se o pólen macho puder pousar ali. Os pistilos estarão brancos no início do ciclo e eventualmente tornar-se-ão castanho-alaranjados.

À parte dos brotos em si, outra forma de descobrir se a sua planta está próxima da colheita é examinando a cor das folhas. Tendo em conta que não exagerou nos fertilizantes durante o estágio final de florescimento, um amarelecimento das folhas sinalizará que a sua planta está a atingir o pico de maturidade, e que os seus nutrientes estão a ser utilizados completamente pelos brotos. Ao limpar o acumulado de sais de fertilizantes com água com pH adequado durante algumas semanas antes de colher, obterá um fumo mais suave e agradável de cada planta.

Agora que sabe quando começar a colher os seus brotos, é hora de aprender como colhê-los.

ETAPA 5: COLHEITA E CURA - 1-2 MESES

APARA HÚMIDA

Pode aparar as suas plantas de duas formas: húmida ou seca. Ambas possuem as suas vantagens próprias e cada cultivador terá a sua preferência. A apara húmida refere-se às "folhas de açúcar" que cercam os brotos imediatamente após a colheita, enquanto a planta ainda retém bastante água e parece "húmida". Este método é o mais comum, e talvez o mais fácil, pois não requer uma sala grande para secar as plantas antes. Porém, a apara húmida pode tornar-se bem "gosmenta". A resina das flores cobrirá as suas mãos e tesouras, mas há um lado bom. Ao retirar a resina das suas tesouras de vez em quando, rapidamente terá uma provisão de "haxixe de tesoura", que lhe permitirá desfrutar de uma amostra da sua colheita.

APARA SECA

A apara seca ocorre após o seu stock estar seco, e restar pouco conteúdo de água nos brotos e folhas. A apara de brotos secos é definitivamente mais fácil de fazer com as tesouras pois não ficarão inundadas de resina. Porém, é mais difícil obter uma apara exata, ficando o seu produto final visualmente menos bonito. Além disso, a apara seca requer um pouco mais de espaço. Os cultivadores geralmente penduram galhos inteiros de brotos numa linha dentro de salas com temperatura controlada para secarem ao ar até que estejam suficientemente secas.

CURAR OS SEUS BROTOS

Agora que a colheita e a apara estão completas, é hora de curar as suas flores. A cura é um processo essencial que remove o resto de água dos brotos, minimizando a hipótese de ficarem com mofo e aumentando bastante o prazo de validade do produto. A cura também melhora o sabor e qualidade do fumo, oferecendo uma experiência mais potente e suave.

Se optou por usar o método de apara seca, então as suas flores estarão prontas para cura rapidamente. Se você escolher a apara húmida, as suas flores precisarão de ser adequadamente secas antes de serem curadas.

  • Para fazê-lo, espalhe-as num papelão, num jornal ou estendal. Qualquer que seja a sua escolha, garanta que estejam espalhados por uma superfície ampla e expostas ao ar fresco. Procure uma temperatura ambiente de 21°C e uma humidade relativa de 50% para garantir um processo de secagem gentil e mais longo para manter o máximo de sabor.
  • Podemos agora prosseguir para a cura. Para isso, precisará de um recipiente de vidro hermeticamente fechado para minimizar as chances de mofo. Encha 2/3 de cada recipiente, deixando espaço para o ar. Esse é o ambiente perfeito para que os açúcares e a clorofila sejam decompostos, um processo crucial para obter um fumo mais suave.
  • Nas duas primeiras semanas de cura, abra cada recipiente uma ou duas vezes por dia e remova cada broto, verificando se tem sinais de mofo. Se detetar algo, remova a flor do recipiente e coloque na bandeja. Abrir os recipientes regularmente também substituirá o ar dentro do frasco, mantendo-o fresco.
  • Após algumas semanas, não será tão necessário verificar os seus brotos; quanto mais secos, menor a chance de ganhar mofo. Neste ponto, apenas precisará de verificar duas vezes por semana para expor os seus brotos ao ar fresco. Após algumas semanas, os brotos estarão curados; porém, alguns cultivadores escolhem prosseguir por mais algumas semanas para desenvolver um sabor de alta qualidade. Pode testar os seus brotos à medida que as semanas passam para ver qual o ponto da sua preferência.

Para mais informações sobre a secagem e cura da sua erva, veja os nossos blogues Principais Dicas Para Secar E Curar Com Sucesso Os Seus Brotos Frescos De Canábis e Como Curar Os Seus Brotos De Canábis.

Royal Queen Seeds Genetics

A Royal Queen Seeds produz algumas das melhores sementes de cannabis da europa, garantindo ao grower doméstico acesso às melhores strains do mercado.

Buy at RQS

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.