By Luke Sumpter

Relatório de Cultivo da Sherbet Queen Automatic

Sherbet Queen Auto

A Sherbet Queen Automatic captou-lhe a atenção? Compreendo perfeitamente porquê! Mal acabei de ler as suas excelentes avaliações sobre esta estirpe, tinha simplesmente de experimentá-la. Caso esteja à procura de alguma inspiração, consulte o meu relatório de cultivo para ficar a saber como cultivei uma planta saudável e assegurei um rendimento recompensador de brotos potentes e saborosos.


Relatório de Cultivo da Sherbet Queen Automatic: Lista de Equipamento

• Recipiente: Secret Jardin DS120W 120 × 60 × 178
• Iluminação: 2x MIGRO 200+
• Ventilação: Blauberg Turbo - E 100
• Filtro: Filtro Prima Klima PK 100/125
• Ventoinha: Ventoinha Oscilante Koala
• Humidificador: Beurer LB 45
• Solo: Biobizz Light Mix
• Vaso: Vaso de Tecido de 11 l
• Semente: Royal Queen Seeds
• Nutrição: RQS Organic Nutrition e BioBizz

Relatório de Cultivo da Sherbet Queen Automatic: Fase Plântula (Semana 1)

Week 1

Para arrancar com as coisas, preparei um meio de cultivo de alta qualidade, estruturei as minhas lâmpadas e germinei a minha semente Sherbet Queen Automatic.

• Meio de cultivo: decidi preparar a minha respetiva mistura para vasos utilizando a Biobizz Light Mix como uma base, antes de misturar os nutrientes adicionais e microorganismos benéficos. Coloquei 5 l de Biobizz Light Mix no meu vaso de tecido de 11 l, seguido por 50 g de RQS Easy Boost Organic Nutrition, 10 g de Rizobactérias RQS e 5 g de Mistura Micorriza RQS. De seguida, misturei-os todos minuciosamente. Finalmente, acrescentei mais 5 l de Biobizz Light Mix no vaso e misturei-o no meio de cultivo. Reguei o vaso até todo o meio de cultivo ficar saturado.

• Germinação: fiz um orifício de 1 cm no centro da superfície do meio de cultivo e inseri a minha semente. Cobri-a ligeiramente com solo e pulverizei a área.

• Iluminação: pendurei as minhas duas lâmpadas Migro 200+ a partir do topo da caixa de cultivo utilizando a correia de catraca fornecida. Posicionei-as ambas 30 cm horizontalmente da linha intermédia para assegurar uma dispersão uniforme da luz e 35 cm na vertical a partir do aro do meu vaso. Deixei as luzes a funcionar durante 24 horas por dia assim que os rebentos emergiram do solo.

• Ambiente: medi uma temperatura média de 25 ºC e uma humidade relativa de 60% durante a primeira semana.

• Estado da planta: a minha plântula cumpria com todos os requisitos no final da primeira semana. Esta tinha um aspeto forte e resistente, sem quaisquer sinais de alongamento ou de doença.

Relatório de Cultivo da Sherbet Queen Automatic: Fase Vegetativa (Semana 2–4)

O início da fase vegetativa surgiu rapidamente! Descubra o que fiz durante esta fase para manter a minha planta saudável e facilitar o crescimento célere.

Semana 2

Week 2

A minha planta aumentou de altura durante a primeira semana da fase vegetativa. As folhas verde-escuras e túrgidas indicaram que tinha fornecido tudo o que a minha planta precisava para prosperar.

• Iluminação: mantive ambas as lâmpadas a funcionar durante 24 horas por dia e reposicionei-as para ficarem a 35 cm da ponta da minha planta.

• Nutrientes: no dia um da semana, ajustei 1 l de água para um pH de 6,0 e hidratei a minha planta. Mantive a alimentação ligeira, dado que a minha planta teve acesso aos nutrientes acrescentados ao meio de cultivo. Acrescentei simplesmente 4 ml de ácido húmico líquido e de alga marinha a 1 l de água com pH ajustado, tendo-o administrado no dia 5.

• Ambiente: registei uma temperatura média de 25 ºC e uma humidade relativa de 50%.

• Estado da planta: no final da primeira semana de vegetação, a minha planta tinha um ótimo aspeto. Esta apresentava uma altura de 15 cm e tinha vários novos conjuntos de folhas verdadeiras. Um caule principal resistente e pecíolos espessos assinalavam sinais de boa saúde.

Semana 3

Week 3

As coisas continuaram a funcionar agradavelmente durante a segunda semana de vegetação. Mantive as minhas luzes constantemente ligadas e alimentei a minha planta com nutrientes vegetativos RQS para atender a todas as suas necessidades nutricionais.

• Iluminação: reposicionei as luzes para ficarem penduradas 35 cm acima da minha planta e mantive-as a funcionar durante 24 horas por dia.

• Nutrientes: preparei 1 l de água e deixei-a ao ar durante 24 horas para permitir a dissipação do cloro. De seguida, ajustei o pH para 6,0 e reguei a minha planta no dia 2 da semana. No dia 7, acrescentei ⅓ de uma Pastilha RQS Easy Grow Booster (1 g) a 1 l de água e alimentei a minha planta.

• Ambiente: a temperatura média permaneceu nos 25 ºC e a humidade relativa desceu ligeiramente para 45%.

• Estado da planta: a minha planta continuou com um ótimo aspeto — um sinal de que tinha acertado no equilíbrio da rega e da alimentação. Não observei quaisquer sinais de pragas, doenças ou deficiências e a minha planta tinha atingido uma altura de 28 cm.

Semana 4

Week 4

A semana 4 assinalou o período final da fase vegetativa. Durante este período, a minha planta continuou a aumentar de tamanho e começou a desenvolver os primeiros sinais de inflorescências nos nós.

• Iluminação: as luzes foram reajustadas para 35 cm acima da ponta da planta e permaneceram ligadas durante 24 horas por dia para maximizar a fotossíntese.

• Nutrientes: uma vez mais, deixei 1 l de água repousar durante 24 horas antes de ajustar o seu pH para 6,0 e reguei a minha planta no dia 2 da semana. Fiz exatamente a mesma coisa no dia 4. Decidi alimentar ligeiramente mais durante a última semana da fase vegetativa para estimular o crescimento e prevenir potenciais deficiências de surgirem. Acrescentei o seguinte a 1 l de água e apliquei-o no dia 6 da semana:

  • 1,5 ml de CaMg+
  • 1 ml de extrato orgânico de beterraba sacarina

• Ambiente: a temperatura e humidade relativa aumentaram ligeiramente para 26 ºC e 50%, respetivamente.

• Estado da planta: tudo parecia bem. A minha planta parecia estar pronta para uma fase de floração bem-sucedida. No final da semana, os primeiros sinais de inflorescências começaram a desenvolver-se em muitos dos nós.

Relatório de Cultivo da Sherbet Queen Automatic: Fase de Floração (Semana 5–9)

O início da fase de floração! As coisas continuaram a correr suavemente. Troquei o meu regime de alimentação para facilitar o desenvolvimento da flor e lavei a minha planta durante duas semanas antes de colher para assegurar brotos com o melhor sabor possível.

Semanas 5 e 6

Week 5

Fiz várias alterações essenciais durante a fase de floração, incluindo alterar o horário de iluminação e o programa de alimentação. Felizmente, os valores da temperatura e da humidade relativa permaneceram dentro de intervalos adequados, ajudando-me a assegurar uma colheita resinosa e de alta qualidade.

• Iluminação: reduzi o ciclo de iluminação para 20 horas ligadas e 4 horas desligadas, tendo-as reposicionado a 35 cm da ponta da minha planta.

• Nutrientes: comecei cada semana a aplicar 1 l de água ajustada para um pH de 6,5 no dia 2 (de ambas as semanas). No dia 4 de ambas as semanas, acrescentei o seguinte a 1 l de água e administrei-o ao meio de cultivo:

• Ambiente: registei uma temperatura média de 29 ºC e uma humidade relativa de 50%.

• Estado da planta: no final da semana 6, a minha planta ainda não tinha desenvolvido muito aroma. No entanto, as flores continuaram a libertar um aroma e a minha planta tinha atingido uma altura de 88 cm. Desfolhei algumas das folhas inferiores durante a semana 5 para melhorar a circulação de ar na cobertura e direcionei os recursos para as flores em desenvolvimento.

Semana 7

Week 7

Alimentei a minha planta mais algumas vezes durante a semana 7 antes da lavagem de duas semanas. Nesta fase, os brotos começaram a dobrar alguns ramos, por conseguinte, suportei-os atando-os ao caule principal utilizando escovilhões.

• Iluminação: reposicionei as minhas lâmpadas para ficarem penduradas 35 cm acima da ponta da cobertura e continuei a mantê-las acesas durante 20 horas por dia.

• Nutrientes: no dia 2 da semana, acrescentei 1 g de Pastilhas RQS Easy Bloom Booster a 1 l de água ajustada para 6,3 e alimentei a minha planta. Acrescentei o seguinte a 1 l de água no dia 4 da semana:

  • 1,25 ml de alga marinha líquida
  • 1,8 ml de extrato orgânico de beterraba sacarina
  • 0,8 ml de fórmula de ácido húmico e fúlvico
  • 1,2 ml de fertilizante líquido de floração completo

No dia 6, acrescentei o seguinte a 1 l de água:

  • 2 ml de fertilizante líquido de floração completo
  • 1 ml de fórmula de ácido húmico e fúlvico
  • 1,5 ml de alga marinha líquida

• Ambiente: registei uma temperatura média de 29 ºC e uma humidade relativa de 45%.

• Estado da planta: a minha planta começou a ter um aroma mais forte e tinha mantido a sua altura final de 89 cm. As flores começaram a ficar mais fortes, com uma maior quantidade de tricomas.

Semanas 8 e 9

Week 9

Iniciei uma lavagem de duas semanas no início da semana 8 para forçar a minha planta a utilizar as suas reservas de nutrientes. Esta técnica procura criar flores que são mais suaves de fumar e mais saborosas.

• Iluminação: as minhas lâmpadas continuaram penduradas a 35 cm acima da ponta da cobertura, funcionando durante 20 horas por dia.

• Nutrientes: apliquei 1 l de água ajustada para um pH de 6,4 nos dias 2, 4 e 6 das restantes semanas.

• Ambiente: a temperatura e a humidade relativa permaneceram relativamente consistentes nos 29 ºC e nos 48%.

• Estado da planta: no final da semana 9, a minha planta tinha um aspeto soberbo. Muitas das folhas lança tinham amarelecido devido à planta utilizar os restantes nutrientes e os brotos tinham um aroma extremamente forte. Felizmente, não vi quaisquer sinais de pragas ou de bolor.

Colheita (Semana 10)

Week 10

Hora da colheita! Cortei a minha planta pela base e pendurei-a de pernas para o ar na minha tenda de cultivo para secar no escuro. Certifiquei-me de manter a minha ventoinha a funcionar para reduzir o risco de formação de bolor. 10 dias mais tarde, aparei os meus brotos a seco e pesei uma colheita de 70 g. Coloquei os brotos nos jarros de cura com Packs de Controlo da Humidade RQS e deixei-os a curar durante as 6 semanas que se seguiram.

Características da Sherbet Queen Automatic

🧬 Atributos Genéticos da Sherbet Queen Automatic
Os produtores da RQS criaram a Sherbet Queen Automatic cruzando a Pink Panties com a Cookies Auto. O objetivo? Tirar partido dos altos níveis de THC e de mirceno e infundi-los com genética autoflorescente. Famosa nos Estados Unidos, a Pink Panties descende da Burmese Kush e de um retrocruzamento da Florida Kush. Esta variedade fornece uma moca fisicamente relaxante perfeita para noites tranquilas. O cruzamento deste cultivar com a Cookies Auto fez com que ficasse ainda mais saborosa, mais rápida a florescer e muito mais fácil de cultivar. No geral, a Sherbet Queen Automatic possui 60% de genética indica, 35% sativa e 5% ruderalis.
🌱 Características de Cultivo da Sherbet Queen Automatic
A Sherbet Queen Automatic possui uma altura compacta, tornando-a numa escolha ideal para cultivadores que lidam com espaço limitado ou para aqueles que esperam manter um perfil discreto. As plantas de interior atingem uma altura máxima de 100 cm. Aplique o LST e cultive-a num recipiente pequeno, e esta não excederá os 70 cm. Forneça os nutrientes orgânicos adequados e imensa luz e pode esperar um retorno de até 400 g/m². No exterior, esta estirpe cresce até uma altura máxima de 120 cm e produz até 100–150 g/planta. Conte com inflorescências espessas e compactas com elevada densidade de tricomas. Prepare-se para colher as plantas passadas 8–9 semanas após os rebentos emergirem do solo.
🌈 Efeitos, Aroma e Paladar da Sherbet Queen Automatic
Esta estirpe faz-se sentir durante noites ou dias passados fora. Passados alguns segundos após tirar umas passas de um charro ou bongo, sentirá uma onda de relaxamento a varrer todo o seu corpo. Algumas passas mais tarde e sentirá a sua mente translúcida e as suas pálpebras a ficarem pesadas. Prepare-se para desfrutar de surtos de euforia e de pensamentos criativos. O conteúdo de 20% de THC da Sherbet Queen Automatic faz com que seja uma das autos mais fortes no mercado, contudo, desde que seja sensível, ela não o deixará completamente colocado ao sofá. O seu perfil terpeno decadente e frutado acompanha os seus efeitos relaxantes, tornando-a num cultivar muitíssimo agradável no geral.


Sherbet Queen Automatic
Pink Panties x Cookies Auto
325 - 400 gr/m2
60-120cm
6 - 7 Semanas
THC: 20%
Sativa 35% Indica 60% Ruderalis 5%
100 - 150 gr/plant
80 - 120 cm
8-9 semanas após germinar
Calmante

Compre a Sherbet Queen Automatic

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.