Menos 20% em toda a loja com o código FLASH20 ⏤

By Steven Voser

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Purple Punch Auto


A Purple Punch é uma popular híbrida moderna que combina a genética da Larry OG e da Granddaddy Purple. A Purple Punch Automatic, da Royal Queen Seeds, promete os mesmos aromas e efeitos fisicamente relaxantes da original, mas numa semente auto simples, rápida e compacta. Está a perguntar-se se a Purple Punch Automatic merece um lugar no seu jardim? Leia abaixo o meu relatório de cultivo na íntegra para ficar a saber.

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic: Lista de Equipamento

Tal como em alguns dos meus outros relatórios de cultivo, decidi utilizar uma configuração relativamente simples para cultivar a Purple Punch Auto. Eis o que utilizei:

  • Recipiente: Secret Jardin DS120W 120 × 60 × 178
  • Iluminação: MIGRO 200+
  • Ventilação: Blauberg Turbo - E 100
  • Filtro: Filtro Prima Klima PK 100/125
  • Ventoinha: Ventoinha Oscilante Koala
  • Humidificador: Beurer LB 45
  • Solo: Biobizz Light Mix
  • Vaso: Vaso Térmico de 11 litros
  • Nutrição: nutrição Biobizz e RQS Organic
  • Solução de pH: Plagron Lemon Kick

Nota: a minha água local é bastante alcalina, por conseguinte, utilizo o Plagron Lemon Kick para diminuir o seu pH para algures entre 6 e 6,5. Também deixo a minha água repousar, serenamente, em recipientes abertos durante, pelo menos, 24 horas antes de utilizá-la para ajudar a remover o cloro (que prejudica as raízes e os organismos naturais do solo).

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic: Fase Plântula (Semana 1)

Optei por germinar as minhas sementes Purple Punch Auto diretamente no seu meio de cultivo. Embora isto não seja, de forma alguma, necessário, constatei que a germinação das sementes auto diretamente no solo (ao invés de fazê-lo em toalhas de papel ou em água) ajuda a minimizar o stresse durante a importantíssima fase plântula.

Para arrancar com as coisas, preparei 2x Vasos Térmicos de 11 l com a seguinte mistura de solo:

Nota: para assegurar que todos os ingredientes do meu solo estavam bem misturados, enchi primeiro metade dos meus vasos com a mistura Biobizz, de seguida, acrescentei as péletes de nutrição, as rizobactérias e a micorriza. Depois, misturei tudo com as mãos e adicionei gradualmente mais solo, tendo o cuidado de misturar tudo uniformemente. Assim que o meu solo ficou pronto, embebi-o literalmente com água sem cloro e com o pH regulado.

Germinação das Sementes Purple Punch Automatic

Após preparar a minha mistura de solo, fiz um pequeno orifício (sensivelmente 2 cm de profundidade) no centro de cada vaso. Para promover uma germinação mais rápida e um crescimento da raiz mais forte, também pulverizei 1 g da Mistura Micorriza Royal Queen Seeds Easy Roots no interior do orifício antes de colocar as sementes e de cobri-las gentilmente com solo. De seguida, acrescentei um pouco mais de água para ajudar a espoletar a germinação, etiquetei os vasos e desloquei-os para o seu novo lar na Butterfly Farm.

Para assegurar a germinação mais rápida e promover o crescimento de plântulas fortes, eis como configurei a minha tenda durante a fase plântula:

  • Iluminação: mantive as minhas luzes 35 cm acima do aro dos meus Vasos Térmicos e deixei-as a funcionar durante 24 horas para maximizar a fotossíntese logo desde o início.
  • Ambiente: durante a semana 1, mantive a temperatura na minha tenda entre os 23 e os 25 ºC e a humidade relativa entre 45 e 60%. Tanto a temperatura como a HR na minha tenda estavam um pouco baixas durante os dois primeiros dias, mas consegui aumentá-las a ambas no dia 4.
  • Nutrientes: nenhum.
  • Água: pulverizei as minhas sementes múltiplas vezes durante os três primeiros dias para assegurar que o seu solo não secava.

A primeira semente Purple Punch Auto brotou no dia 4. Dado que a segunda semente não brotou, germinei uma semente de reserva num bocado de algodão com água. No dia 7, dado que segunda semente ainda não tinha brotado, plantei a agora germinada semente de reserva no seu vaso. Ao dia 9, a nova plântula tinha emergido do solo. Ambas as plântulas tinham um aspeto forte, com apenas ligeiro estiolamento, e exibiam cotilédones verdes brilhantes. Treze dias após a germinação, ambas as plântulas Purple Punch Auto tinham desenvolvido dois conjuntos de folhas verdadeiras e entraram oficialmente na sua fase vegetativa.

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Diário de Cultivo da Purple Punch Automatic: Fase Vegetativa (Semanas 2, 3 e 4)

Ambas as minhas plantas Purple Punch Automatic vegetaram por um total de três semanas. Abaixo, destaquei mais detalhadamente o meu processo de cultivo para cada semana da fase vegetativa.

Semana 2

No final da sua primeira semana vegetativa, as minhas plantas Purple Punch Auto tinham um ar saudável e forte. A Purple Punch n.º 1 (a primeira planta a germinar) cresceu para uma altura total de 11 cm, enquanto a Purple Punch n.º 2 (a semente de reserva) cresceu até aos 7 cm. Eis como processei o meu cultivo durante esta semana:

  • Iluminação: igual à da semana 1 (ciclo de luz de 24 horas, com as luzes 35 cm acima do topo das plantas).
  • Ambiente: a temperatura na minha tenda situava-se nos 23 ºC e utilizei um humidificador para manter a HR entre 50 e 60%.
  • Nutrientes: apliquei o Biobizz Root-Juice no dia 3. Cada planta recebeu 1 ml de Root-Juice dissolvido em 1 l de água.
  • Água: reguei ambas as plantas Purple Punch Auto uma vez no dia 7. Cada planta recebeu 1,5 l de água (pH 6,3).
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 3

A segunda semana de vegetação foi bastante simples; assisti a algum crescimento consistente de ambas as plantas Purple Punch Auto e até algumas pequenas flores começaram a formar-se no final da semana. Ambas as minhas plantas dobraram de tamanho, com a Purple Punch n.º 1 a atingir 23 cm e a Purple Punch n.º 2 a atingir 15 cm. A Purple Punch n.º 1 desenvolveu algumas matizes amarelas-claras nas pontas e extremidades das suas folhas (veja as imagens), sendo que não tenho a certeza sobre qual terá sido a causa.

  • Iluminação: igual à da semana 1.
  • Ambiente: a temperatura na minha tenda durante esta semana situou-se entre os 23,5 e os 25 °C e a HR entre 40 e 49%.
  • Nutrientes: nenhum.
  • Água: reguei ambas as plantas Purple Punch Auto no dia 14.
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 4

As minhas plantas Purple Punch Auto continuaram a crescer vigorosamente durante a sua última semana de vegetação. No final da semana, a Purple Punch n.º 1 media 50 cm, enquanto a Purple Punch n.º 2 media 30 cm (aceitável, considerando que esta semente teve um começo atrasado). Ambas as plantas também tinham desenvolvido os seus primeiros brotos no final desta semana. A Purple Punch n.º 1 continuou com as suas folhas de matizes amarelas, algo que penso ser genético dado que as outras duas plantas na tenda não demonstravam quaisquer sinais similares.

  • Iluminação: igual à da semana 1, mas suavizada para 80%.
  • Ambiente: a temperatura na minha tenda era de sensivelmente 24 ºC. A HR desceu de 40% para 35% durante esta semana, por conseguinte, voltei a utilizar o humidificador.
  • Água/Nutrientes: durante esta semana, alimentei/reguei as minhas plantas em três diferentes ocasiões:

No dia 15, dissolvi 1x pastilha de nutriente RQS Easy Grow em 6 l de água e reguei cada planta com 2 l. No dia 18, reguei as minhas plantas sem quaisquer nutrientes adicionais e, no dia 21, alimentei novamente as minhas plantas, desta vez utilizando General Hydroponics CaMg+ (1,5 ml/l), Biobizz Bio Heaven (2 ml/l), Bio Grow (2 ml/l), Acti Vera (2 ml/l) e Alg-A-Mix (2 ml/l).

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Diário de Cultivo da Purple Punch Automatic: Fase de Floração (Semanas 5–11)

Ambas as minhas plantas Purple Punch começaram a florescer para o final da sua 4ª semana após a germinação. Toda a sua fase de floração durou 7 semanas. Eis um olhar mais atento sobre a fase de floração da Purple Punch Auto.

Semana 5

No final da semana 5, as minhas plantas Purple Punch Auto tinham-se esticado consideravelmente, com a Purple Punch n.º 1 a atingir 66 cm de altura e a Purple Punch n.º 2 a atingir 54 cm. Ambas as plantas também desenvolveram inúmeras folhas saudáveis, e embora saiba que alguns cultivadores gostam de desfolhar as suas autos, optei por ainda não o fazer.

Ambas as minhas plantas Purple Punch também pareciam estar a responder bem aos nutrientes com que as alimentei na semana 4, particularmente quando comparadas com a sua companheira Watermelon, que parecia um pouco stressada após a última alimentação. A Purple Punch n.º 1 continuou a ter as pontas das folhas com matizes amarelas, tendo continuado a achar que era uma característica genética.

  • Iluminação: reduzi o meu ciclo de iluminação para 20/4. A minha luz continuou a situar-se 35 cm acima da cobertura das minhas plantas.
  • Ambiente: as temperaturas na minha tenda atingiram os 25 ºC durante o ciclo de luz ligada e os 20 ºC durante o ciclo de luz desligada. A humidade relativa permaneceu entre os 40 e os 43%.
  • Água/Nutrientes: reguei as minhas plantas em três diferentes ocasiões, dando-lhes 2 l de água de cada vez. No dia 21, alimentei-as com 1,5 ml/l de General Hydroponics CaMg+. No dia 25, reguei-as novamente, desta vez acrescentando 1 ml/l de CaMg+ e 1 ml/l de Biobizz Bloom. No dia 27, reguei as minhas plantas sem nutrientes.
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 6

Nesta semana, as minhas plantas continuaram a florescer agradavelmente, e a Purple Punch n.º 2 apanhou finalmente a Purple Punch n.º 1 em termos de tamanho, o que significou que tinha finalmente uma cobertura uniforme na minha tenda. O facto de que a Purple Punch n.º 1 não tinha crescido mais durante esta semana é um indicativo concreto de que já se encontrava bem dentro da fase de floração e de que estava a focar toda a sua energia no desenvolvimento de flores. Ambas as plantas tinham uma agradável e espessa cobertura (a qual estou a considerar podar um pouco) e começaram a desenvolver agradáveis flores redondas.

  • Iluminação: igual à da semana 5.
  • Ambiente: as temperaturas permaneceram nos 25 ºC durante o ciclo da luz ligada e nos 20 ºC durante o ciclo da luz desligada. A HR, por seu lado, desceu consideravelmente, dos 42% no dia 29, para os 35% no dia 32, tendo voltado a subir novamente para os 39%, no dia 35.
  • Água/Nutrientes: reguei as minhas plantas Purple Punch Auto três vezes na semana 6. No dia 29, dissolvi 1 pastilha RQS Easy Bloom em 7 l de água, a qual distribuí uniformemente entre todas as três que cultivei. No dia 32, dei a ambas as plantas Purple Punch Auto sensivelmente 2 l de água que continha 1 ml/l de Biobizz Bio Bloom. Finalmente, no dia 35, dei a todas as minhas plantas água sem aditivos e com o pH regulado.
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 7

No final da semana 7, ambas as plantas Purple Punch Auto registaram uma altura de 67 cm (ligeiramente mais altas do que na semana anterior). Elas tinham um aspeto agradável e saudável, com folhagem escura e vibrante. Também exibiam agradáveis flores arredondadas, com alguns pistilos vermelhos e um revestimento açucarado de tricomas translúcidos, no entanto, já aromáticos.

  • Iluminação: igual à da semana 6.
  • Ambiente: a temperatura na mina tenda, durante a semana 7, era de sensivelmente 25 ºC durante o dia e de 21 ºC durante o ciclo da luz desligada. A HR situou-se nos 41% no início da semana e caiu para os 39% no final da mesma.
  • Água/Nutrientes: no dia 37, diluí 1 pastilha RQS Easy Bloom Booster em 7 l de água, a qual dividi uniformemente entre as três plantas que tinha na tenda. No dia 41, reguei cada planta com 2 l de água enriquecida com 1 ml/l de CaMg+ e 2 ml/l de Biobizz Bio Bloom.
  • Treino: desfolhei todas as três plantas na minha tenda no dia 42. Removi a folhagem antiga e grande dos ramos inferiores de ambas as plantas Purple Punch e removi a folhagem doente da Watermelon (que tinha desenvolvido folhas amarelas com manchas castanhas).
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 8

Mais uma semana de floração e devo confessar que estou muito impressionado com o aspeto e aroma da Purple Punch Auto. Ambas as plantas desenvolveram alguma folhagem amarela, sugerindo que estão a aproximar-se das últimas semanas da sua vida. As suas flores continuaram a amadurecer agradavelmente, desenvolvendo cálices grandes e inchados, com uma camada de tricomas com um aspeto gélido e mais pistilos vermelhos.

  • Iluminação: igual à da semana 7.
  • Ambiente: as temperaturas situaram-se nos 25 ºC durante o ciclo de luz ligada e nos 23 ºC durante o ciclo de luz desligada. A HR permaneceu em sensivelmente 40% durante toda a semana, apenas com pequenas flutuações.
  • Água/Nutrientes: no dia 44, dei a ambas as plantas 2 l de água com pH regulado. No dia 46, dei-lhes a sua última fertilização com Biobizz Bio Bloom (2 ml/l). A partir daí, as plantas só receberam água até à colheita.
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 9

Pelo aspeto da Purple Punch Automatic nesta semana, prevejo que estamos sensivelmente a 2 semanas da colheita. Ambas as minhas plantas Purple Punch Auto estão com um ar muito saudável, com mais folhas amarelas à medida que continuam a consumir as suas reservas de nutrientes para alimentarem o desenvolvimento das suas flores. Os brotos de ambas as plantas têm um bom aspeto e são densos, com cálices inchados e um número crescente de pistilos vermelhos. Os brotos têm uma sensação agradável e rígida ao toque e estão a produzir um aroma delicioso. Estou a utilizar um microscópio para acompanhar atentamente o desenvolvimento dos tricomas, que ainda estão principalmente transparentes nesta fase.

  • Iluminação: igual à da semana 8.
  • Ambiente: 25 °C durante o ciclo da luz ligada e 22 ºC durante o ciclo da luz desligada. A HR começou nos 38% e caiu para os 34% no final da semana.
  • Água: reguei as minhas plantas três vezes nesta semana, dando a cada planta 2,3 l de cada vez.
Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Semana 10

O dia da colheita aproxima-se rapidamente e continuei a ficar impressionado com o aspeto e o aroma das minhas plantas Purple Punch Auto. Como pode constatar pelas fotos desta semana, os brotos destas meninas estão a engordar muito bem e até estão a adquirir alguns tons roxos que tantos cultivadores adoram. Tanto a Purple Punch n.º 1 quanto a n.º 2 estão a produzir imensa resina, e a sua folhagem amarelecida é um bom sinal de que estão a consumir as suas últimas reservas de nutrientes e de que proporcionarão umas passas suaves e limpas.

  • Iluminação: igual à da semana 9.
  • Ambiente: 25 °C durante o ciclo da luz ligada e 22 ºC durante o ciclo da luz desligada. A HR situou-se nos 32% no início da semana e nos 36% para o final da mesma.
  • Água/Nutrientes: reguei as minhas plantas duas vezes nesta semana. Cada planta recebeu 2,3 l de água de ambas as vezes.

Semana 11

Num total de 80 dias após a germinação, as minhas plantas Purple Punch Automatic estão finalmente prontas para a colheita. Embora me tenha deparado com alguns problemas na germinação de uma das sementes, devo dizer que esta estirpe excedeu as minas expetativas. Embora as autos sejam frequentemente criticadas pelo seu tamanho pequeno e escassez de potência, a Purple Punch Auto, da RQS, parece cumprir com o pretendido em ambas as frentes. Embora admita que não posso garantir a potência desta estirpe, dado que ainda tenho de secar e curar os meus brotos, a grande quantidade de resina nas flores e o seu delicioso aroma deixa-me confiante de que proporcionarão umas passas excelentes.

Após tirar as últimas fotos das plantas, cortei-as pela base dos seus caules e pendurei-as de pernas para o ar no interior da minha tenda para secarem a 25 ºC e com uma HR um pouco abaixo de 40%.

Relatório de Cultivo da Purple Punch Automatic

Avaliação da Pós-Colheita da Purple Punch Automatic

Após sensivelmente duas semanas de secagem, estou agora a colocar as minhas flores Purple Punch Auto nos seus jarros de cura. Até aqui, tenho de dizer que esta foi a minha estirpe favorita que cultivei na Butterfly Farm. Atingindo uma altura de cerca de 70 cm, estas plantas funcionaram perfeitamente numa tenda pequena e recomendá-las-ia a qualquer um que tenha uma configuração com um tamanho semelhante.

As características físicas de ambas as plantas Purple Punch Automatic pareçam ser bastante similares, mas os seus brotos revelaram-se bastante diferentes, com uma planta a produzir flores mais pequenas e mais densas, e com a outra a produzir flores ligeiramente mais alongadas. De qualquer das formas, todos os brotos tinham uma estrutura sólida e imensa resina aromática. Após um rápido teste ao paladar, posso definitivamente dizer que as minhas suposições quanto à potência e sabor da Purple Punch Auto estavam certíssimas; esta auto compacta produz uma forte moca física que é perfeita para relaxar. A Purple Punch Auto possui uma aroma a bagas doces e rendimentos consideráveis de sensivelmente 79 g de brotos secos por planta.

No geral, recomendaria esta estirpe a praticamente qualquer cultivador/fumador. As características de cultivo da Purple Punch Auto são ideais para operações de cultivo interior de pequenas dimensões, e os seus aromas, paladares e potência são de qualidade superior.

Purple Punch Automatic
Purple Punch x Old Skunk Auto
350 - 400 gr/m2
60 - 100 cm
7 - 8 Semanas
THC: 19%
20% Sativa, 75% Indica, 5% Ruderalis
80 - 130 gr/plant
80 - 120 cm
9-10 semanas após da germinação
Fisicamente Relaxante

Compre a Purple Punch Automatic

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.