O Guia de Cultivo da Canábis pela Royal Queen Seeds

By Luke Sumpter

Um guia para ler as folhas da sua canábis e tratar os problemas de saúde da sua planta.


As doenças da planta, as deficiências de nutrientes, as infestações por pragas e muitos outros problemas de cultivo exibem sintomas nítidos nas folhas da planta de canábis. Neste guia, cobrimos os vários problemas da planta que podem manifestar-se nas folhas da canábis. Informá-lo-emos sobre como interpretar os sinais para que possa identificar e resolver rapidamente os problemas mais comuns no cultivo de canábis.

Funções da folha da erva

Tal como com muitas outras plantas, as folhas são componentes essenciais do sistema de suporte de vida de uma planta de canábis. O pigmento verde, a clorofila, permite que as folhas atuem como painéis solares. Este papel de captação da luz do sol, como provavelmente deve saber, é essencial para a fotossíntese.

A parte inferior das folhas encontra-se revestida por pequeníssimos estomas, orifícios microscópicos que se abrem e fecham como uma porta. O dióxido de carbono entra, o oxigénio e a água saem. As folhas também podem absorver nutrientes para alimentarem a planta de canábis num processo conhecido como adubação foliar.

Tipos de folhas de canábis

Há três tipos principais de canábis. Oficialmente, estes são frequentemente agrupados sob o nome Cannabis sativa L.; para fins práticos, contudo, é útil estabelecer distinções entre as plantas sativa, indica e ruderalis.

Dito isso, a maioria da canábis que encontra nos dias de hoje é uma híbrida de dois ou três destes tipos. Assim sendo, aquilo que tipicamente verá na sua divisão de cultivo são folhas de erva que expressam um misto de características. Pode haver folhas de 3, 5, 6, 9 ou 11 pontas, sendo que estas surgem em formas que variam entre fina e delgada a larga e redonda.

Sativa Cannabis LeafSativa

As folhas sativa são compridas com pontas delgadas, com algumas a desenvolverem até 13 pontas. Habitualmente, as plantas sativa têm um tom mais claro de verde lima, indicando uma quantidade relativamente baixa de clorofila. Crê-se que a clorofila reduzida é parcialmente responsável pelo período de floração mais longo das estirpes sativa.

Indica Cannabis LeafÍndica

As folhas indica são curtas e largas, tipicamente com 7 a 9 pontas rechonchudas. Estas folhas são ainda maiores quando pertencem a indicas mais pesadas de origem afegã. As folhas indica saudáveis caracterizam-se pelo seu tom verde mais escuro e mais profundo. Isto é um sinal de que as folhas contêm mais clorofila, o que se crê acelerar o ciclo de floração das variedades indica.

Ruderalis Cannabis LeafRuderalis

As folhas ruderalis são bastante finas e só desenvolvem 3 a 5 pontas delgadas. A maioria dos cultivadores descreve-as como sendo comparáveis às folhas das plantas sativa jovens, tanto na forma quanto na cor. Contudo, estas plantas são especiais dado que evoluíram para florescerem independentemente das horas de luz que recebem.

Folhas lança e açúcar

Além dos tipos de folha que correspondem à canábis sativa, indica ou ruderalis, também podem diferenciar as folhas consoante onde se encontram na planta. As folhas maiores na planta de canábis, com a forma típica em ponta, são designadas folhas lança. O outro tipo de folhas, que são pequenas e abrigadas dentro das flores, designam-se por folhas açúcar.

  • Folhas lança

As folhas lança, conforme mencionámos, são as folhas grandes que se desenvolvem durante a fase de crescimento vegetativo. Elas funcionam como painéis solares, absorvendo a luz e convertendo-a em energia para planta crescer. Estas folhas também podem servir como armazenamento de emergência para determinados nutrientes como o azoto. Caso a planta não os consiga obter do solo, esta pode retirar os nutrientes armazenados das folhas. Quando isto acontece, tal como explicaremos detalhadamente em breve, as folhas começarão a amarelecer.

As folhas lança só contêm quantidades residuais de THC, CBD e de outros canabinoides.

HOJAS DE ABANICO

  • Folhas açúcar

As folhas açúcar podem ser encontradas abrigadas no interior e estendendo-se desde o mesmo dos brotos. A sua superfície está coberta com uma "cobertura" de tricomas brancos, de onde provém a inspiração para o seu nome. Essencialmente, a função das folhas de açúcar é dar estrutura aos brotos para que permaneçam juntos.

As folhas açúcar são ricas em tricomas carregados de canabinoides, mas podem contribuir com um sabor áspero quando fumadas. Fruto disso, habitualmente, os cultivadores cortam-nas dos brotos. Embora menos ideais para fumas, as folhas de açúcar são ideais para fazer haxixe ou manteiga de canábis.

HOJAS DE AZÚCAR

O que pode aprender com o número de pontas?

A sua planta também pode comunicar consigo através do número de pontas que possui nas suas folhas. Sob circunstâncias normais, as folhas de canábis produzem mais do que três pontas.

O número de pontas pode variar devido a diferenças genéticas e à idade de uma planta. O primeiro conjunto de folhas verdadeiras produz apenas uma ponta e o segundo conjunto, tipicamente, produz três. A partir desse ponto em diante, cada folha contém habitualmente entre sete e nove pontas cada.

Algumas estirpes e plantas individuais variam em relação a esta norma, produzindo algures entre cinco e treze pontas por folha. Esta quantidade de pontas não é um motivo de preocupação, sendo um sinal normal de uma planta saudável.

No entanto, caso a sua planta madura produza folhas com apenas três pontas ou uma ponta, isto poderá ser um sinal de stresse. Consulte as principais causas das folhas com três pontas abaixo e o que pode fazer quanto a isso.

¿Qué puedes descubrir en base al número de hojas?
  • Stresse devido à luz

Por vezes, as plantas de canábis começam a produzir folhas com três dedos quando expostas ao stresse devido à luz. Geralmente, as plantas são muito senhoras de si. Elas habituam-se rapidamente ao seu ambiente e qualquer alteração significativa pode fazer com que se sinta ameaçadas e stressadas.

Caso mude subitamente a sua fonte de luz, por vezes, as plantas de canábis respondem produzindo folhas de três pontas. Uma alteração súbita no tipo de luz, na potência, pode fazer com que uma planta fique confusa.

Quer a sua fonte de iluminação tenha avariado ou esteja à procura de trocá-la por uma nova, tente adquirir um modelo o mais idêntico possível com a sua luz antiga caso vá a meio de um ciclo de cultivo.

  • Fotoperíodos flutuantes

As plantas fotoperiódicas requerem um período prolongado de escuridão para entrarem na fase de floração. Isto imita como elas reagem ao sol disponível na natureza à medida que as estações mudam.

No interior, os cultivadores têm de manter as suas divisões de cultivo totalmente escuras durante 12 horas por dia. Até a mais ligeira exposição à luz — nem que sejam apenas quinze minutos por noite — pode fazer com que as plantas de canábis fiquem stressadas e reajam produzindo folhas com três pontas.

Mantenha a sua tenda de cultivo vedada das fontes de iluminação exteriores. Caso esteja a cultivar numa divisão, pode precisar de colocar cortinas de escurecimento para prevenir que as luzes dos candeeiros de rua prejudiquem a sua cultura.

Fotoperiodos fluctuantes

  • Revegetação

Às vezes, os cultivadores optam por revegetar as suas plantas. Após colherem alguns brotos, eles forçam as suas plantas a regressar a um estado vegetativo durante algumas semanas. Isto proporciona algumas vantagens distintas:

  • Pode saltar a germinação ou a clonagem
  • As plantas crescem muito mais densas
  • Pode guardar a sua planta colhida e utilizá-la para outra colheita de imediato

A revegetação provoca naturalmente alguma quantidade de stresse nas plantas de canábis. Por vezes, elas demonstram-no produzindo folhas com três pontas. Nestas circunstâncias, estas folhas peculiares são inteiramente normais e esperadas.

  • Genética

Caso tenha cultivado várias estirpes de canábis, terá consciência do quão diferente alguns cultivares são uns dos outros. Estas distinções incluem o sabor, o aroma, o efeito, o tamanho e a forma.

Algumas estirpes estão inclusive geneticamente inclinadas para produzir folhas com três pontas. Conhecidas como estirpes "pé-de-pato", estas variedades não são, inerentemente, insalubres, por conseguinte, não se preocupe!

  • Stresse ambiental

Dado que as plantas de erva são sensíveis ao ambiente, praticamente qualquer variável — quando levada a um extremo — pode provocar stresse, levando-as a produzirem folhas com três pontas. As alterações na humidade, na temperatura, bem como outros fatores, podem levar ao surgimento deste fenómeno.

Aponte para manter as condições ambientais abaixo para reduzir as probabilidades de acabar com folhas de três pontas.

  • Temperatura

Mantenha estas temperaturas durante cada fase do ciclo de cultivo:

Fase plântula 20–25 °C
Etapa vegetativa: 22–28 °C
Fase de floração 20–26 °C

  • Humidade

Aponte para estes níveis de humidade durante cada fase:

Fase plântula: 65–70%
Etapa vegetativa: 40–70%
Fase de floração: 40–50%

  • Rega

A rega das suas plantas de canábis é um ato de equilíbrio delicado. Enquanto a rega excessiva pode levar a doenças nas raízes, a rega em escassez pode provocar stresse e a formação de folhas com três pontas. Em termos gerais, regue as suas plantas assim que os centímetros do topo do solo estiverem totalmente secos. Caso aguarde por mais tempo, acabará por stressar as suas plantas.

Interpretar os sinais de problemas com a saúde da planta de canábis

Aquilo que diferencia os cultivadores experientes dos iniciantes é a capacidade dos primeiros "interpretarem" as suas plantas de canábis. As folhas tendem a enviar sinais característicos para o cultivador, informando-o sobre a saúde e o bem-estar da planta. Para resolver rapidamente os problemas de cultivo é importante que o cultivador saiba interpretar os sinais.

Folhas de canábis amarelas

O amarelecimento das folhas é habitualmente um sinal claro de que há algo de errado com a sua planta de canábis. Isto pode acontecer por vários motivos, variando de doenças e pragas até problemas com nutrientes. Note, contudo, que as folhas amarelas nas semanas finais de floração são normais. Esta é a única altura em que não precisa de preocupar-se com isso.

SUPERFERTILIZAÇÃO

Frequentemente, a introdução de demasiado fertilizante fará com que as folhas de canábis fiquem amarelas. Felizmente, este problema é relativamente fácil de detetar: inicialmente, as folhas ficarão amarelas ou castanhas apenas na ponta, um sinal típico de uma queima de nutrientes. Apenas nas fases mais avançadas da superfertilização é que toda a folha ficará amarela.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Cumpra com os níveis de nutrientes adequados. As plântulas e as plantas jovens requerem muito pouco fertilizante.
  • Tenha cuidado quando utiliza misturas pré-preparadas para vasos.
  • Frequentemente, estas contêm nutrientes para 3 a 4 semanas. Inicie apenas a alimentação quando os nutrientes no solo estão esgotados.
  • Alimente menos do que as quantidades recomendadas pelo fabricante. Comece com ½ ou ¼ e vá aumentando consoante necessário.
Como resolvê-lo
  • Reduza a quantidade e a frequência da alimentação.
  • “Lave” a sua canábis para remover os nutrientes excessivos que podem ter-se acumulado no solo.
  • Após lavar, alimente com os níveis adequados de nutrientes.

REGA EXCESSIVA

Quando a canábis é regada em excesso, isto pode levar a todos os tipos de problemas de crescimento. As raízes sufocam e não conseguem aceder ao oxigénio que a planta precisa e o bolor, os fungos e as pragas têm maior probabilidade de aparecer. Muitas vezes, as folhas ficarão amarelas durante as fases avançadas da rega excessiva contínua.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Regue apenas quando necessário, não regando em demasia.
  • Permita que o solo seque entre regas. 
  • Regue segundo o tamanho das suas plantas. As plantas jovens, com um sistema de raízes pequeno, não bebem tanta água como as plantas grandes.
Como resolvê-lo
  • Deixe de regar e permita que o solo seque.
  • Ajuste o regime de rega, regando menos frequentemente.

DEFICIÊNCIAS DE NUTRIENTES

As deficiências de nutrientes, em particular de azoto, são um dos motivos mais comuns para as folhas amarelecerem. Quando escasseia no substrato, a planta retira os nutrientes das folhas, amarelecendo-as durante o processo.

Fique a saber que uma deficiência de nutrientes não significa necessariamente que não está a fornecer alimentação suficiente às suas plantas. Muitas vezes, uma deficiência de nutrientes está enraizada nos níveis incorretos do pH da água, ou inclusive da alimentação excessiva. Quando a planta não consegue aceder aos nutrientes, ainda que se encontrem presentes, isto é conhecido como bloqueio de nutrientes.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Certifique-se de que fornece os níveis adequados de nutrientes consoante a fase de crescimento.
  • Assegure os níveis de pH corretos na sua solução água/nutrientes (solo: 6,0–7,0, hidro: 5,5–6,5).
Como resolvê-lo
  • Administre os nutrientes necessários caso a deficiência se deva à subalimentação.
  • Forneça nutrientes através da adubação foliar para uma remediação mais rápida.
  • Caso a deficiência se deva ao pH incorreto ou ao bloqueio de nutrientes devido à alimentação excessiva, precisa de abordar estes primeiro. Nessa situação, lave a sua planta com água com pH equilibrado, de seguida, forneça os nutrientes apropriados.

PRAGAS

As pragas comuns, tais como mosquitos dos fungos ou ácaros, podem levar ao amarelecimento das folhas de canábis. Certifique-se de que sabe o que têm as suas plantas, contudo, dado que estes podem provocar diferentes problemas e precisar de diferentes soluções.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Mantenha-se atento à sua canábis para detetar a infestação de uma praga atempadamente. Utilize uma lupa ou um microscópio para verificar as suas folhas.
  • Utilize óleo de neem ou armadilhas para lesmas para reduzir o risco de infestações por pragas.
  • Esterilize o seu solo caso esteja a obtê-lo a partir de fontes desconhecidas.
  • Utilize insetos benéficos (ácaros predadores, joaninhas etc.) para manter as pragas ao largo.
Como resolvê-lo
  • Utilize spray foliar, sabão inseticida e óleo de neem para livrar-se naturalmente de pragas comuns da canábis.
  • Os mosquitos dos fungos são um sinal de humidade elevada e de rega excessiva. Regue menos e permita que o solo seque. De seguida, cubra o solo com areia ou perlite para prevenir que os mosquitos dos fungos surjam novamente.

APODRECIMENTO DA RAIZ

O apodrecimento da raiz, como pode ver pelo nome, é um problema grave que afeta a base da sua planta de canábis. Na maioria das vezes, é provocado por uma escassez de oxigénio na zona da raiz devido à rega excessiva. A humidade e as temperaturas altas na divisão de cultivo também poderão ser motivos para o apodrecimento da raiz, juntamente com a contaminação da área de cultivo (ou reservatório de água) por bactérias ou fungos prejudiciais.

Quando as folhas amarelecem devido ao apodrecimento da raiz, habitualmente demorará algum tempo a manifestar-se na íntegra. Pode fazer-se notar como manchas amarelas grandes e irregulares, ou pode afetar apenas as pontas. As folhas também esfarelam e murcham ao mesmo tempo.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Não regue as suas plantas de canábis em demasia.
  • Assegure a drenagem adequada nos seus vasos.
  • Mantenha a temperatura na sua divisão de cultivo fresca e a humidade controlada.
  • Mantenha a sua área de cultivo limpa e estéril.
Como resolvê-lo
  • Quando cultiva no solo, volte a colocar em vasos com solo novo.
  • Forneça oxigénio às raízes. O H₂O₂ (água oxigenada) adicionado à água pode ajudar.
  • Acrescente bactérias benéficas para a raiz à sua água.
  • Se cultiva em hidro, utilize uma bomba mais potente que possa fornecer mais oxigénio.

FLUTUAÇÕES DE PH

Às vezes, conforme mencionámos antes, as folhas amarelas podem ser um resultado de flutuações de pH em torno das raízes da sua planta de canábis. Isto stressará a planta e poderá levar ao aparecimento de manchas. Na maioria das vezes, a parte amarelecida, acastanhada encontrar-se-á no centro das folhas inferiores, mais velhas.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Assegure que a sua solução água/nutrientes tem o pH correto. Para o solo, o pH ideal é 6,0-7,0. Para hidro, assegure que o pH é 5,5-6,5.
Como resolvê-lo
  • Lave a sua planta com água com pH equilibrado.
  • Após lavar, certifique-se de que a sua solução água/nutrientes tem sempre o nível de pH correto quando aduba.

SEPTORIA DA FOLHA

A septoria da folha, também conhecida como mancha de septoria da folha ou mancha amarela da folha, exibe manchas amarelas-castanhas nos lados superior e inferior das folhas. É uma doença fúngica promovida pelos esporos e é particularmente prevalente em condições molhadas e húmidas.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Controle os níveis de humidade e as temperaturas na sua divisão de cultivo.
  • Assegure a boa circulação do ar.
  • Mantenha a sua divisão de cultivo limpa. Remova a folhagem morta e as ervas, dado que estes são locais de reprodução idílicos para os fungos.
  • Pode as suas plantas para melhorar a circulação do ar.
  • Não reutilize substrato usado, dado que este pode conter fungos e outros patógenos.
Como resolvê-lo
  • Remova a folhagem infetada.
  • Se possível, separe as plantas infetadas das saudáveis.
  • Melhore a circulação do ar na sua divisão de cultivo. Faça com que as ventoinhas soprem uma brisa suave sobre as suas plantas.

Folhas enroladas

As folhas da sua canábis podem enrolar-se por uma variedade de motivos. Elas podem dobrar para baixo ou para cima, enrolar nas extremidades ou enrolar e esfarelar-se em formas irregulares. Estas são as causas mais comuns das folhas enroladas:

STRESSE DEVIDO AO CALOR

O calor pode secar as folhas e encaracolá-las. Num cenário típico de cultivo interior, o stresse devido ao calor deve-se ao facto de as plantas se encontrarem demasiado próximo das luzes de cultivo.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Mantenha as suas plantas a uma distância segura das suas luzes de cultivo.
  • Mantenha as plantas afastadas de aquecedores e de outro equipamento elétrico na divisão de cultivo.
  • Se cultiva no exterior num ambiente quente, assegure-se que as suas plantas ficam protegidas do sol durante as alturas mais quentes do dia.
Como resolvê-lo
  • Aumente a distância entre as suas luzes e as plantas.
  • Utilize luzes de cultivo de temperaturas mais baixas, tal como LED ou CFL.

REGA EXCESSIVA

Quando as folhas se encaracolam devido à rega excessiva, a sua planta de erva assumirá uma aparência "pesada", como se algo a estivesse a incomodar. As folhas dobrarão para baixo, num arco, e formarão uma "garra de águia".

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Regue apenas consoante necessário.
  • Permita que o solo seque entre regas.
  • Erga o vaso e verifique o seu peso. Regue apenas quando o vaso está leve.
  • Assegure a boa drenagem no vaso.
Como resolvê-lo
  • Corte o uso de água.
  • Redueix la quantitat d'aigua de reg.

SUPERFERTILIZAÇÃO

O primeiro sinal de superfertilização, ou de queima de nutrientes, é uma pequeníssima ponta crocante nas folhas. Se a superalimentação continuar, toda a folha ficará crocante e, por sua vez, castanha.

What Cannabis Leaves Can Tell You

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Assegure-se de que só alimenta a planta com as quantidades necessárias de nutrientes.
  • Não alimente as plântulas e as plantas muito jovens como se fossem adultas.
  • Dê menos do que a dose recomendada. Frequentemente, menos é melhor! Comece com ½ ou menos do que o declarado pelo fabricante, particularmente quando cultiva estirpes autoflorescentes e outras variedades pequenas.
Como resolvê-lo
  • Lave as suas plantas com água com pH equilibrado. 
  • Após lavar, alimente apenas a planta com a quantidade necessária de nutrientes.

FRIO

Por vezes, as folhas de canábis podem encaracolar-se devido às temperaturas frias.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Assegure as temperaturas adequadas na sua divisão de cultivo (Cerca de 21 ºC é o melhor).
  • Aposte nas estirpes de canábis resistentes ao frio.
Como resolvê-lo
  • Utilize uma luz de cultivo potente para aumentar as temperaturas na sua área de cultivo.
  • Se possível, mova as suas plantas para um local onde estejam mais bem protegidas do vento e do clima.
  • Instale um sistema de aquecimento na sua área de cultivo.

Seco e crocante

Em alguns casos, se a sua planta ficar sem ajuste após as folhas começarem a encaracolar, elas poderão começar a ficar secas e crocantes. Tal como muitos proprietários de plantas domésticas sabem, isto é um sinal de que é necessário o tratamento imediato.

STRESSE DEVIDO AO CALOR

Conforme mencionámos antes, habitualmente, isto significa apenas que as suas plantas estão demasiado perto das suas luzes de cultivo. No entanto, o stresse devido ao calor também pode ocorrer caso esteja a cultivar no exterior, ou numa estufa com temperaturas quentes. As folhas, conforme abordaremos dentro em breve, podem ficar secas e crocantes nas últimas fases do stresse devido ao calor.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Utilize LEDs ou CFLs ao invés de iluminação HID.
  • Caso esteja a cultivar no exterior, utilize sombras para proteger as suas plantas.
  • Assegure a circulação adequada do ar. Caso esteja no interior, instale ventoinhas.
Como resolvê-lo
  • Afaste as suas plantas das suas luzes de cultivo.
  • Diminua as temperaturas na sua área de cultivo. 
  • Se necessário, instale um ar condicionado na sua divisão de cultivo.

QUEIMA DEVIDO À ILUMINAÇÃO

A queima devido à iluminação é, frequentemente, antecedida do branqueamento, durante o qual as folhas ficam brancas. Por vezes, contudo, a queima devido à iluminação já ocorreu na altura em que o branqueamento se inicia. Caso os problemas relativos à iluminação e ao calor não sejam abordados, as folhas ficarão crocantes e morrerão. Este é muito fácil de detetar, dado que a queima devido à iluminação aparece tipicamente nas folhas que estão mais próximas da fonte de iluminação.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Mantenha as plantas a uma distância segura das suas luzes de cultivo. 
  • Consulte o fabricante para avaliar a distância de suspensão recomendada.
Como resolvê-lo
  • Reduza a quantidade de e a frequência da alimentação.
  • Aumente a distância das suas plantas relativamente às suas luzes de cultivo.

SUPERFERTILIZAÇÃO

Iniciando-se nas pontas de folhas secas, a queima de nutrientes prolongada manifestar-se-á sob a forma de folhas inteiras ficarem secas e crocantes. Esta é a última fase da superfertilização. As folhas e, por conseguinte, a sua planta de canábis, estão a morrer. Contudo, isso não significa que não as possa salvar.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Utilize menos nutrientes, particularmente se estiver a cultivar plantas autoflorescentes. Utilize ½ ou ¼ da dose recomendada.
  • Não alimente as plântulas. Inicie a alimentação apenas assim que a sua planta tiver 4 a 5 folhas de canábis verdadeiras, ou quando a sua planta tiver atingido uma altura de 15 a 20 cm.
  • Caso esteja a utilizar solo pré-fertilizado, não alimente nas primeiras 3 a 4 semanas. Após esse período, comece a alimentar com uma dose baixa de nutrientes.
Como resolvê-lo
  • Lave as suas plantas com água com pH equilibrado.
  • Forneça os níveis de nutrientes adequados segundo o tamanho e a idade da sua planta. Continue a adubar por baixo e aumente apenas se necessário.

Folhas murchas

As folhas murchas, tal como as folhas descoloridas e manchadas, podem ser provocadas por muitos fatores. Aqui tem alguns dos problemas mais comuns a que os cultivadores devem prestar atenção:

REGA EM ESCASSEZ

O principal sinal da rega escassa é uma planta abatida com folhas e ramos murchos. Caso a planta não receba água após esse período, as folhas começarão a secar.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Certifique-se que as suas plantas recebem quantidades de água adequadas.
  • Regue assim que constatar o primeiro sinal de plantas a murchar.
Como resolvê-lo
  • Forneça água suficiente de forma que todo o substrato fique saturado. Idealmente, aguarde até constatar que cerca de 20 a 25% já se sumiu.

QUEIMA DEVIDO AO VENTO

Este problema é mais percetível caso esteja a cultivar no exterior, com a sua planta exposta aos elementos. No entanto, também pode acontecer no interior, quando as suas plantas estão demasiado perto de uma ventoinha potente.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Assegure uma distância adequada entre as suas plantas e as ventoinhas na sua área de cultivo.
  • Não deixe as ventoinhas a funcionar no máximo. Uma gentil brisa é o ideal.
  • Quando cultiva no exterior, escolha uma área onde a sua planta não está exposta aos elementos.
  • Plante entre plantas de companhia maiores para proteção natural.
Como resolvê-lo
  • Diminua a velocidade da ventoinha ou desloque as ventoinhas para mais longe das suas plantas. 
  • Quando cultiva no exterior, erga proteções contra o vento para proteger as suas plantas.

VERTICÍLIO

A murcha-de-verticílio é um problema grave provocado por fungos que podem residir no solo. Resumidamente, ataca as raízes da sua canábis, deixando-as perto da morte sem cura possível. Faz-se notar como o amarelecimento e encolher das folhas inferiores, seguido por partes da planta a murchar subitamente. O melhor que pode fazer é iniciar medidas preventivas, desta forma, não terá a possibilidade de devastar a sua cultura.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Utilize solo novo e esterilizado.
  • Evite condições quentes e húmidas, dado que estas promovem o desenvolvimento dos fungos.
  • Assegure uma boa drenagem quando cultiva no solo.
  • Pondere cultivar sem solo (coco, hidroponia...)
Como resolvê-lo
  • Remova as plantas e o solo infetados.
  • Separe as plantas saudáveis e espere que o fungo não se tenha alastrado.

Folhas coloridas

Habitualmente, as folhas de canábis apresentam tons de verde, variando entre verde lima-claro até tons florestais mais profundos. Por vezes, contudo, estas também podem assumir outras cores, consoante a estirpe e determinados fatores ambientais. Na maioria dos casos, não precisa preocupar-se! Estas cores complementam as características positivas de uma estirpe e são muitíssimo valorizadas pelos entusiastas da canábis.

No entanto, há alguns casos em que as folhas adquirirem outra cor pode ser um sinal de um problema grave.

TOXICIDADE DEVIDO AO AZOTO

A alimentação excessiva pode provocar várias alterações nas folhas, contudo, a toxicidade devido ao azoto, em específico, fará com que as folhas fiquem com um verde muito escuro. Isto poderá acontecer caso utilize um fertilizante com muito azoto para a fase vegetativa e se esqueça de trocá-lo durante a floração.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Não alimente excessivamente a sua canábis. Particularmente, mantenha-se atento aos níveis de azoto.
  • Utilize os nutrientes corretos consoante a fase de cultivo (desenvolvimento, floração) das suas plantas.
Como resolvê-lo
  • Diminua a quantidade de nutrientes com que alimenta as suas plantas.
  • Utilize um outro fertilizante de canábis com menos azoto.

AS FOLHAS ROXAS NÃO ACARRETAM QUALQUER PROBLEMA

Habitualmente, as folhas avermelhadas e roxas não representam qualquer sinal de preocupação. De facto, algumas estirpes são produzidas para exibirem belas folhas e brotos roxos. Algumas estirpes podem exibir as cores verdes habituais de início, mas podem ficar vermelhas ou roxas com as temperaturas mais frias das noites.

What Cannabis Leaves Can Tell You

FOLHAS BRANCAS

As folhas de algumas estirpes de canábis têm uma aparência branca cintilante devido às camadas de tricomas leitosos que as revestem. Nesses casos, é um sinal de brotos de boa qualidade. No entanto, também há casos em que as folhas brancas se devem a algo grave.

What Cannabis Leaves Can Tell You

OÍDIO PULVOROSO

O oídio pulvoroso é uma camada de bolor pulvoroso branco nas folhas de canábis. Pode aparecer como manchas ou protuberâncias brancas e pode pode parecer-se como pedaços de farinha nas folhas. Se deixado por tratar, o oídio pulvoroso pode provocar danos graves nas suas plantas.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Mantenha temperaturas frescas na divisão de cultivo.
  • Assegure a boa circulação do ar.
  • Monitorize os níveis de humidade para evitar condições molhadas e húmidas.
  • Mantenha a área de cultivo limpa.
Como resolvê-lo
  • Remova as plantas infetadas e o meio de cultivo.
  • Elabore um spray foliar com duas colheres de chá de vinagre de cidra por 1 litro de água. Alternativamente, misture 60% de leite e 40% de água para pulverizar as suas plantas. Use fungicida comercial como um último recurso.

Orifícios e descoloração

Se detetar orifícios nas folhas ou se reparar em manchas irregulares e descoloração das folhas, as pragas podem ser o seu problema. Um olho atento, bem como uma lupa de ourives, ajudá-lo-á a detetá-las antes que provoquem mais danos.

LARVA MINADORA DA FOLHA

A larva minadora da folha faz um "túnel" pelas folhas, deixando amarelecimento característico ou marcas brancas que se assemelham à forma de uma minhoca.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • As coberturas de filas impedem que as mineradoras de folha adultas alcancem as suas plantas.
  • Pedaços de material pegajoso também as apanham.
Como resolvê-lo
  • Aplique spray foliar ou óleo de neem e/ou sabonete inseticida nas áreas afetadas.

LAGARTAS

As lagartas, tal como fazem com outras plantas, alimentar-se-ão, provocando grande orifícios nos seus brotos e nas folhas.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Pulverize as plantas com óleo de neem.
  • Utilize vespas parasitas ou louva-a-deus para manter as lagartas ao largo.
Como resolvê-lo
  • Remova as lagartas manualmente.
  • Utilize Bacillus thuringiensis para livrar-se naturalmente das lagartas.

TRIPES

Os tripes são pequenos insetos escuros ou de tons amarelos. A larva, ou ninfas, pode parecer-se com minhocas pequeníssimas. Eles alimentam-se da clorofila e provocam extensas manchas amarelas/brancas irregulares nas folhas de canábis.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Use spray foliar com óleo de neem.
Como resolvê-lo
  • Use sabonete inseticida.

PULGÕES

Em conjunto com os tripes, os pulgões são as pragas mais comuns na canábis. Estes pequeníssimos insetos sugadores de seiva podem ter várias cores e são algumas das pragas mais destrutivas da canábis. Precisará de utilizar uma lupa de ourives para os ver! Os sinais de uma infestação incluem amarelecimento, manchas e pontos nas folhas.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Use spray foliar com óleo de neem.
  • Utilize joaninhas (elas alimenta-se das larvas).
Como resolvê-lo
  • Pulverize sabonete inseticida. Repita uma vez a cada 2 a 3 dias até a infestação se encontrar sob controlo.

REVEGETAÇÃO

Quando o período de floração da canábis fotoperiódica é interrompido ou pausado, habitualmente devido a problemas de iluminação, esta recua para a fase vegetativa. Esta "revegetação" provoca stresse significativo na planta e leva a padrões de crescimento estranhos com formas incomuns das folhas.

A revegetação pode acontecer por acidente, mas também pode ser intencional. Uma técnica designada por cultura monstruosa, por exemplo, envolve revegetar as plantas para uma segunda colheita.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Assegure um período escuro ininterrupto de 12 horas para a canábis em floração. Certifique-se que previne a luz difusa dos candeeiros de rua etc.
Como resolvê-lo
  • Corrija o horário de iluminação para a sua canábis em floração.
  • Alternativamente, permita que a planta faça a revegetação e faça-a florir novamente, como habitualmente, mais tarde.

Padrões e manchas estranhas

Pode haver vários outros motivos para as folhas canábis exibirem padrões incomuns ao invés de uma cor verde uniforme.

VÍRUS DO MOSAICO DO TABACO

Imperial entre estes motivos, segundo alguns, é o vírus do mosaico do tabaco. É uma doença por vezes vista nos tomates e em culturas de legumes, mas as opiniões diferem quanto à possibilidade de o vírus do mosaico do tabaco conseguir infetar a canábis.

What Cannabis Leaves Can Tell You
Como preveni-lo
  • Mantenha a área de cultivo limpa.
  • Caso esteja a fumar tabaco, lave as mãos antes de entrar na divisão de cultivo. Preferivelmente, mude de calçado e de roupas também.
Como resolvê-lo
  • Descarte as plantas e as sementes infetadas.
  • Desinfete toda a sua área de cultivo, bem como todo o equipamento (incluindo vasos).
  • Inicie uma nova cultura num ambiente limpo e desinfetado.

MUTAÇÕES

A canábis, tal como outras plantas, pode exibir mutações nas folhas. Algumas destas mutações são iniciadas pelos produtores, para camuflarem melhor a planta ou para que seja menos identificável como marijuana, outras vezes, as mutações são um pequeno defeito inerente a algumas estirpes.

Além dos comuns conjuntos de folhas com aspeto retorcido que aparecem nas plantas jovens, as mutações disseminadas nas folhas, como números de pontas pares ou deformidades horrorosas, são muito raras. As mutações excessivas são um indicativo de genética deficiente e de más práticas de cruzamento.

What Cannabis Leaves Can Tell You

ALBINAS

O albinismo é uma mutação extremamente rara na canábis. Com folhas brancas e brotos brancos, estas plantas são maioritariamente uma curiosa novidade. Ao invés das aparências peculiares, habitualmente, os cultivadores preocupam-se mais com a qualidade, o sabor e a potência do broto.

What Cannabis Leaves Can Tell You

BROTOS DE FOLHA

Esta é uma mutação rara em que os brotos não emergem nos nós onde os caules têm origem. Ao invés, eles crescem diretamente no centro das folhas. Dado que estes "brotos de folha" são minúsculos, a maioria dos cultivadores remove-os antes de consumirem demasiados nutrientes.

What Cannabis Leaves Can Tell You

Com evitar-ho
  • Evita genéticas fracas. Obtenha as suas sementes de canábis de uma fonte fiável.
  • Evite stressar as plantas (o calor e a luz em excesso, a revegetação, as pragas, as condições adversas).
  • Cultive num ambiente controlado para limitar o stresse na planta.

PULVERIZAÇÃO FOLIAR

Alguns problemas na canábis, conforme mencionámos aqui e acolá, podem ser resolvidas com a pulverização foliar. O spray estabelece contacto direto com as próprias folhas, tornando-o na forma mais rápida de fornecer nutrientes às plantas de canábis.

O que pode ser feito com as folhas lança e as folhas açúcar da canábis?

Afinal, que uso têm as folhas além de indicarem as doenças?

Bem, embora as folhas lança contenham apenas quantidades residuais de THC ou de CBD, há várias formas de poderem eficazmente reaproveitadas. Para começar, as folhas lança da canábis podem ser espremidas em conjunto com outros ingredientes saudáveis para tirar partido de um conjunto de nutrientes e de ácidos canabinoides. Embora as folha lança não façam com que fique mocado, elas contribuirão para uma dieta saudável. Alternativamente, para uma moca super leve, pode fazer chá de folha lança. Acrescente um pouco de óleo de coco para permitir que os canabinoides se liguem à gordura e terá uma bebida suavizante agradável com que deliciar-se.

As folhas lança também são ideais para fazer pomadas e unguentos de canábis. Caso tenha folhas suficientes, pode extrair com sucesso os canabinoides e filtrar a matéria vegetal para criar a sua própria linha caseira de cuidados com a pele. Finalmente, as folhas lança podem ser simplesmente adicionadas a uma pilha de composto para suportar o seu próximo cultivo. Afinal de contas, haverá algo melhor do que cultivar canábis com composto de folha de canábis?

Além disso, não se esqueça, as folhas açúcar também podem ser bem aproveitadas! Embora sejam, em termos gerais, consideradas demasiado ásperas para fumar, a sua carga pesada de tricomas torna-as perfeitas para produzir haxixe ou manteiga de canábis. Ao contrário da folhas lança, as folhas açúcar contêm mais canabinoides, por isso pode alcançar uma moca considerável a partir de haxixe de folha de açúcar caso tenha matéria-prima suficiente.

Essencialmente, todas as partes da planta de canábis podem ser bem aproveitadas. Não precisa desperdiçar nada!

O que pode a cor da folha dizer-lhe sobre os níveis de THC e de CBD?

Sabemos que a cor e a forma das folhas pode contar uma história. Estas informam-nos sobre a genética, os níveis de açúcar, a hidratação, o estado dos nutrientes e até que tipos de pragas têm andado a mastigar a planta.

Curiosamente, a cor e a forma das folhas de canábis também pode informar-nos sobre os tipos de canabinoides que estão a produzir. Teoricamente, os tons verdes mais claros e as pontas mais finas indicam níveis superiores de CBD, enquanto as pontas mais espessas e os tons verdes mais escuros apontam para maiores níveis de THC.

  • A investigação demonstra que as folhas podem dizer-nos sobre os químicos na canábis

Estas descobertas derivam de um artigo de investigação[1] publicado na revista HortScience. Os autores do artigo começaram por desafiar a ideia das classificações "indica" e "sativa". Embora estas categorias não tenham qualquer base científica, ao que tudo indica pode ser possível julgar a composição química de uma planta de canábis pelo seu aspeto.

Os investigadores estudaram as variações visuais entre um total de vinte e uma estirpes de canábis. Em termos gerais, identificaram e mediram trinta variações durante as fases vegetativa e de floração e durante a colheita.

Após categorizarem as plantas baseadas no seu aspeto, eles realizaram uma análise química para confirmar que canabinoides cada planta estava a produzir. Curiosamente, descobriram uma correlação consistente entre o aspeto de cada planta e se eram ricas em THC, CBD, ou se continham níveis moderados de ambos os canabinoides.

  • Plantas ricas em CBD

As plantas com altos níveis de CBD exibiram tons verde-claros e possuam pontas mais finas e um maior número de serrações (as formas estilo lâminas nas laterais das pontas das folhas) primárias e secundárias. Estas plantas também possuíam tricomas mais densos e resinosos e uma maior resistência ao Botrytis cinerea — um patógeno fúngico das plantas.

Las investigaciones muestran que las hojas pueden informarnos sobre los compuestos químicos del cannabis
Source: HortScience
  • Plantas com níveis moderados de CBD e de THC

As plantas que continham níveis moderados tanto de CBD quanto de THC também exibiram cores e formas únicas. Estas plantas possuíam tons verde-escuros e pontas de folha médias a largas. Elas apresentavam mais serrações primárias e secundárias, tricomas menos densos e resinosos e menos resistência ao Botrytis.

Las investigaciones muestran que las hojas pueden informarnos sobre los compuestos químicos del cannabis
Source: HortScience
  • Plantas ricas em THC

Finalmente, as plantas ricas em THC têm folhas com um tom verde-escuro, pontas de folha largas, tricomas densos e resinosos e suscetibilidade ao Botrytis.

Baseados nas suas descobertas, os autores concluíram que estes marcadores visuais podem servir como um meio preliminar para identificar a diferença entre variedades químicas antes de conduzirem análises químicas.

Research shows leaves can tell us about the chemicals within cannabis
Source: HortScience
External Resources:
  1. Identification of Phenotypic Characteristics in Three Chemotype Categories in the Genus Cannabis in: HortScience Volume 56 Issue 4 (2021) https://journals.ashs.org
Aviso legal:
Este conteúdo destina-se apenas a fins educativos. A informação fornecida é fruto do trabalho de pesquisa e de recolha realizada a partir de fontes externas.

Tem 18 anos ou mais?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Grow Guide Topic Finder

eKomi silver seal
4.7 de 5
com base em 37822 avaliações