Óleo De CBD: 10 Aspectos Que Você Deve Saber - RQS

O CBD é um canabinóide que está ganhando força, tanto quanto no campo recreacional, como no medicinal. Enquanto o THC é o foco principal de muitos cultivadores e fumantes da cannabis, que desejam sentir os efeitos psicoativos que a planta pode dar, o CBD está se mostrando uma molécula muito eficiente medicinalmente e já é visto como uma escolha de remédio para uma grande variedade de doenças.

Mesmo que o THC tenha efeitos medicinais, o CBD parece ser mais aceito como um remédio prático por não conter as propriedade psicoativas que o THC é tão famoso por ter.

No entanto, o CBD não é só interessante para pacientes medicinais, pois ele também pode ser usado tanto esporadicamente, como todos os dias. Os benefícios para a saúde são tantos que ele foi até posto como um suplemento diário que melhora a saúde em forma de óleo muito potente. O extrato de óleo permite conseguir doses mais altas do que fumando as flores de um tipo de cannabis com CBD alto. Aqui estão alguns dos fatos mais inovadores sobre o óleo de CBD.

1. O CBD COMBATE OS EFEITOS NEGATIVOS DO THC

Mesmo sendo usado como um remédio multifuncional isolado, o CBD também pode ser usado junto com a cannabis com alto nível de THC para afastar os efeitos negativos que algumas pessoas experienciam depois de fumar muita marijuana. Um estudocientífico publicado no jornal Frontiers in Psychiatry explica, “Os poucos estudos que existem sobre os efeitos do CBD mostram que esse canabinoide pode neutralizar alguns efeitos negativos do THC, porém, seus resultados nem sempre consistentes.”

Alguns dos efeitos negativos que são experienciados por quem consome muito THC inclui ansiedade e paranoia. A inexperiência e um lugar desconhecido podem aumentar essas efeitos. No entanto, o CBD tem mostrado em certos casos que reduz o efeito que induz a ansiedade pelo THC por quase metade.

2. O NÍVEL DE CBD DEPENDE DO TIPO DE CANNABIS

Junto com o THC, o CBD é um dos canabinoides mais comuns encontrados na planta de cannabis. Assim como o THC, a presença do CBD pode ser aumentada através de reproduções selecionadas, reproduzindo duas plantas com alto CBD para produzir uma planta com níveis maiores desse canabinoide. Os tipos de cannabis com nível alto de CBD são geralmente vistas como medicinais e podem ser fumadas, ou processadas em óleos e extratos para uma potência maior.

Strains de cannabis com nível alto de CBD incluem Dance World, Royal Highness, Royal Medic, Euphoria, Medical Mass e Painkiller XL.

3. O ÓLEO DE CBD É EFICAZ CONTRA CONVULSÕES

O óleo de CBD está virando o remédio escolhido por algumas pessoas que sofrem de condições que resultam em convulsões, especialmente aqueles que não tiveram uma resposta dos tratamentos convencionais. Existem muitas testemunhas do sucesso do óleo do CBD, assim como crianças que usam o óleo para administrar convulsões, e estudos científicos vêm reforçando essas afirmações.

Um estudo publicado no Journal of Pharmacology documenta um estudo que introduziu o CBD para pessoas que sofriam de convulsões e que ainda estavam tomando os remédios anti-epiléticos que não estavam mais controlando os sintomas da doença. Durante o estudo, 4 de 8 participantes se mantiveram sem convulsões durante o experimento, e outros 3 notaram uma melhora na condição clínica. O autor desse estudo concluiu que o CBD tem potencial para ser usado como uma droga antiepilética.

medical cannabis crop growing

4. CBD NÃO É PSICOATIVO

O CBD não produz efeitos psicoativos quando consumido, diferente do THC, que é responsável pela brisa causada quando a cannabis é carburada e fumada. Por essa razão é que o CBD parece ser mais tolerado em partes do mundo e consegue evitar o estigma que o THC e a cannabis tem recebido há tanto tempo. Adicionalmente, o CBD não é tóxico, não afeta parâmetros fisiológicos tais como o batimento cardíaco, pressão arterial e temperatura corporal. Doses altas e usadas por bastante tempo são bem toleradas e acredita-se que sejam seguras.

5. MOSTRA PROMESSAS PARA O CÂNCER DE MAMA

Câncer é uma doença séria, no qual o tratamento convencional é falho na maioria das vezes. Mesmo que as pesquisas estejam nos primeiros estágios, há esperança de que a cannabis e os canabinoides que ela produzem tem potencial para tratar ou pelo menos administrar o câncer, e o CBD é um deles. O governo americano tem um website, cancer.gov, no qual se é discutido o uso da cannabis medicinal desde mil anos atrás. Eles fizeram estudos em animais que mostram que os canabinoides podem proteger contra alguns tipos de tumores.

O website continua “Canabinoides podem causar efeitos anti-tumor de várias maneiras, incluindo morte celular, inibição do crescimento celular, inibição da invasão do tumor angiogênico e metástase”.

Um artigo publicado no jornal Molecular Cancer Therapeutics documenta um estudo no qual o CBD mata células de câncer de mama num laboratório. É importante saber que esse foi um estudo feito em vitro, o que significa que as células usadas estavam fora do organismo vivo. Os autores do estudo explicam, “Há uma necessidade urgente de desenvolver jeitos novos de tratar o câncer de mama que se tornou resistente as terapias tradicionais. Nós procuramos identificar novos agentes através de examinações de produtos naturais com propriedade anti cancerígenas. Nós focamos no estudo da canabinoide CBD que induz a citotoxicidade em células humanas em vitro com glioma, leucemia e câncer de mama, e também inibe a metástase da célula de câncer de mama.”

Os resultados do estudo mostram que o CBD restringe a sobrevivência de dois tipos de células de câncer de mama, o estrogênio receptor-positivo e o estrogênio receptor-negativo. O CBD alcançou esses resultados induzindo o processo de apoptose. Apoptose é um processo definido como a célula programada para morrer que ocorre em organismos multicelulares.

6. LEGALIDADE

A legalidade do CBD varia de região para região em todo o mundo. O fato óbvio de que o CBD é derivado da cannabis, a planta que foi proibida em vários países por décadas, coloca o CBD em uma categoria controversa. No Reino Unido, o CBD é reconhecido como um remédio, e aqueles interessados em incluí-lo na sua assistência médica devem conversar com meus médicos. O governo no Reino Unido está trabalhando em conjunto com empresas para assegurar que os produtos sejam de boa qualidade. Esse exemplo de tolerância ao CBD é um contraste com os Estados Unidos. Lá, o CBD é visto como um droga ilegal do Tipo 1 pelo Drug Enforcement Administration, já que é um extrato da planta de cannabis. Então, mesmo com o CBD e a cannabis sendo tolerados em alguns estados, o governo federal ainda é oposto a isso.

CBD texture oil

7. PODE ACALMAR A MENTE

O CBD pode ser uma ótima ferramenta contra a ansiedade e stress. Em modelos animais, o CBD parece reduzir brigas ou reações de vôos, e diminui as reações de evitar o medo.

8. BOM PARA PELE

O CBD, junto de outros canabinoides, é anti-inflamatório, portanto, tem um potencial no tratamento de doença inflamatória de pele conhecida como psoríase, de acordo com um estudo publicado no Journal of Dermatological Science.

RELATED STORY
Social Anxiety
9. COMBATE A ANSIEDADE SOCIAL

O CBD tem mostrado diminuir a ansiedade social generalizada e isso foi provado em um experimento que envolve falar em público.

10. O CBD É ANTIOXIDANTE

O CBD contém propriedades antioxidantes e tem mostrado ter habilidade em proteger neurônios.

Buy Óleo De CBD

Nosso óleo de CBD da Royal Queen Seeds é um suplemento alimentar feito do melhor cânhamo europeu. Isso garante a pureza de nosso óleo CBD, atingindo os padrões de qualidade e oferecendo 2,5%, 4% e 10% de CBD.

Buy Óleo De CBD
 

Carrinho

Incluindo BRINDES

Sem produtos

Envio € 0.00
Total € 0.00

Confirmar