Relatório de Cultivo da Legendary OG Punch

Video id: MrbnRVeXspo

O relatório de cultivo que se segue documenta a minha experiência com o cultivo da Legendary OG Punch. O meu objetivo foi empregar uma preparação relativamente simples e económica para ver que tipo de rendimento conseguiria produzir. No geral, constatei que o cultivar exibe uma genética robusta, um afável perfil terpeno terroso e frutado e um efeito psicoativo bem equilibrado.

Antes de mergulharmos no meu processo, analisemos o seu perfil genético e o que me tentou a cultivá-la em primeiro lugar.

UM OLHAR SOBRE A GENÉTICA DA LEGENDARY OG PUNCH

Descendente das estirpes progenitoras Legend OG e Purple Punch, a Legendary OG Punch apresenta um equilíbrio genético praticamente perfeito entre indica (60%) e sativa (40%). A Legend OG proporcionou um moca indica pesada e terpenos sedativos, enquanto a Purple Punch a presenteou com uma produção excecional de tricomas e paladares frutados.

Legendary OG Punch

Legendary OG Punch

Genetic background Legend Og x Purple Punch
Yield indoor 350 - 400gr/m2
Height indoor 90 - 160 cm
Flowering time 8 - 9 weeks
THC strength THC: 19% (aprox.) / CBD: Medium
Blend 40% Sativa 60% Indica
Yield outdoor 500 - 550 g/per plant (dried)
Height outdoor 180 - 220 cm
Harvest time Early October
Effect Cerebral and relaxing

Buy Legendary OG Punch

PREPARAÇÃO

Optei por utilizar uma preparação simples e eficaz em termos de custos durante esta operação de cultivo. Os cultivadores podem instalar facilmente este equipamento num armário, pequena divisão extra ou no quarto.

  • Caixa 120 × 60 cm
  • Ventoinha de extração 200 m³/h + tudo
  • 2x lâmpadas LED de espetro branco de 100 W
  • Lâmpada LED de espetro violeta de 200 W
  • Aparelho de névoa
  • Cronómetro
  • Sensor de humidade
  • Termo-higrómetro digital

GERMINAÇÃO

Decidi embeber a semente para iniciar a germinação. Descobri que este método ajuda a acelerar o processo, além de dar um ligeiro avanço à semente quando comparado com semear diretamente num recipiente. Coloquei-a num copo de água de osmose inversa, que fornece um ambiente limpo e suave para a raiz emergir. Também acrescentei algumas gotas de peróxido de hidrogénio para remover quaisquer eventuais bactérias e patógenos fúngicos.

Enquanto aguardava pela germinação, decidi preparar o substrato que iria utilizar durante todo o processo de cultivo. Utilizei um vaso de 3 L e enchi-o até meio com uma mistura orgânica. De seguida, adicionei a Mistura Micorriza Easy Roots. O fungo nesta mistura faz a sinergia com as raízes da canábis e ajuda-as a ingerir os nutrientes a partir do meio de cultivo. Também acrescentei um pouco de pó de dolomite para evitar ter de suplementar com cálcio e magnésio mais adiante. Misturei bem o substrato, enchi o resto do vaso com terra de cultivo e misturei-a minuciosamente uma vez mais.

Decorridas 48 horas, conseguia ver a ponta da raiz a começar a emergir. Reguei o vaso e abri um orifício de sensivelmente 2 cm no centro. Coloquei a semente no interior e cobri-a com uma fina camada de terra. A plântula emergiu dois dias mais tarde.

Legendary OG Punch Grow Report

FASE VEGETATIVA

Utilizei apenas as lâmpadas LED brancas durante toda a fase vegetativa. Coloquei o vaso no centro da caixa de cultivo e posicionei as lâmpadas de forma a ficarem 1 metro por cima do recipiente. Liguei ambas as lâmpadas a um temporizador com uma configuração 18/6.

Tratada que estava a iluminação, comecei a debruçar-me sobre as restantes variáveis ambientais. Queria manter uma temperatura de 22 ºC ao longo de todo o processo de cultivo. Felizmente, a minha divisão de cultivo andava por volta desse valor sem ter de fazer um grande esforço para o preservar. Só precisei de ligar o aquecedor algumas vezes sempre que as temperaturas começavam a ficar demasiado frias.

Também queria manter os níveis de humidade a cerca de 65% durante a vegetação — o suficiente para manter a planta saudável enquanto reduzia o risco de formação de bolor. Montei um aparelho de névoa no interior de uma parede da caixa. Liguei o aparelho a um sensor de humidade que ativaria o aparelho caso o ambiente começasse a ficar demasiado seco. Liguei um simples termómetro-higrómetro digital na parede posterior para monitorizar a humidade e a temperatura num só lugar.

Reguei o substrato com 0,25 L por dia — o suficiente para mantê-la hidratada sem afogar as raízes e sem as expor ao apodrecimento.

Só a alimentei com nutrientes orgânicos, no entanto, o substrato já era bastante rico nos principais nutrientes, portanto, diluí metade da dose recomendada com água de osmose inversa e segui a tabela de alimentação do meu produto de eleição.

Na terceira semana, a planta já tinha alcançado algum crescimento significativo. Estava com 15 cm e exibia vários nódulos bem estabelecidos. Decidi avançar com um treino de baixo stress para expor à luz mais dos futuros locais onde nasceriam brotos. Curvei gentilmente o caule principal para um dos lados, paralelo ao chão. Prendi um cabo macio de jardinagem no centro do caule e fixei a outra extremidade do cabo na borda do vaso para manter a planta na posição pretendida. Ajustei a iluminação para ficar a cerca de 95 cm da ponta da cobertura que acabara de redefinir.

Embora tenha sido bem sucedido, acabei por infligir alguns danos pesados durante este processo. Um dos ramos laterais rompeu-se e ficou suspenso no caule principal por apenas algumas fibras. Coloquei um remendo em redor do nódulo e fiquei à espera que tudo corresse bem. Surpreendentemente, não foi necessário muito tempo para que esta menina robusta se curasse!

Deixei-a em paz para que se ajustasse à sua nova estrutura durante uma semana. De seguida, podei-a um pouco acima do quarto nódulo durante a quarta semana. Continuei a realizar o treino de baixo stress nos novos ramos laterais durante as quatro semanas seguintes para manter a cobertura aberta e todos os locais dos brotos mais ou menos à mesma altura.

Durante a sexta semana, transplantei-a para um vaso maior de 15 L, para permitir que o sistema de raízes expandisse e a planta ganhasse mais altura.

Legendary OG Punch Grow Report

INICIAR A FLORAÇÃO

Na oitava semana, decidi concluir a fase vegetativa e iniciar a floração. Montei a lâmpada LED violeta ao lado das brancas e alterei o temporizador para um ciclo 12/12. Nesta fase, a planta tinha cerca de 40 cm de altura. Continuei a alimentá-la conforme vinha fazendo e confiei na dolomite para lhe fornecer magnésio e cálcio suficientes. Também reposicionei a lâmpada para ficar a cerca de 40 cm acima da ponta da cobertura com o objetivo de reforçar a intensidade.

FASE DE FLORAÇÃO

Durante a fase de floração, ajustei as definições no controlador de humidade para manter uma humidade de 40%. Isto aumentaria a secura do ar e reduziria ainda mais o risco de formação de bolor à medida que os brotos se começavam a formar. Aumentei a rega para 0,7 L por dia para cumprir com as exigências de um vaso maior e da atividade metabólica da fase de floração.

Graças aos meus esforços de treino, as pequenas pré-flores começaram a emergir para uma cobertura uniforme de colas de tamanhos iguais. Para deixar passar ainda mais luz, decidi desfolhar. Retirei inúmeras das folhas lança grandes que bloqueavam a luz, mas deixei as suficientes para apoiar a fotossíntese ideal.

A planta aumentou de altura durante a fase de floração, atingindo os 120 cm na semana 16. Nesta altura, as suas colas estavam cheias, exibindo um revestimento espesso de tricomas acentuados por pistilos de tons laranja escuro. Restringi o seu ciclo de alimentação e lavei-a durante duas semanas antes de proceder à colheita.

Infelizmente, a vida ficou um pouco preenchida pouco antes da colheita. Tive de deixar os brotos na planta durante mais duas semanas, mas ela deu-se extremamente bem. As suas folhas lança murcharam e caíram, mas os brotos permaneceram em ótima condição.

Cortei-a na base do caule e pendurei-a para secar numa divisão escura. Podei as flores a seco e coloquei-as em jarros de cura durante várias semanas. Finalmente, chegava a altura de fumar!

EFEITO, PALADAR E AROMA DA LEGENDARY OG PUNCH

Legendary OG Punch produz um efeito bastante equilibrado. Após umas passas, as coisas começam a ficar muito cerebrais. A moca passa diretamente para a cabeça à medida que os níveis elevados de THC despertam a mente: os pensamentos criativos e o desejo de socializar caracterizam este período da moca.

A moca corporal junta-se à festa cerca de mais ou menos uma hora mais tarde. À medida que a moca cerebral começa a desvanecer, uma suave sensação física começa a apoderar-se de nós. Prepare-se para sentir um desbloqueio muscular e o relaxamento a assomar-se. Oh, e não tardará nada até começar à procura de algo para petiscar. Embora o lado físico da moca relaxe o corpo, não é avassalador. Pode continuar alegremente a fazer o seu dia conforme o normal, apenas um pouco mais relaxado do que o habitual. É igualmente adequada para aquelas manhãs em que desperta e quer tirar logo umas passas ou para tirar umas passas à noite e desanuviar.

As flores da Legendary OG Punch não são apenas visualmente apelativas, elas também têm um ótimo aroma! Os seus tricomas produzem uma quantidade enorme de terpenos saborosos durante a fase de floração. O mirceno e cariofileno destacam-se entre os demais com paladares e aromas de especiarias, pimenta e terroso. O limoneno e o pineno fornecem tons suaves de pinho, cítricos e doçura.

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.