Relatório de Cultivo
Royal Automatic - Royal Queen Seeds

Por Steve & Sexy Dawn

A Royal Automatic é uma variedade feminizada 'autoflorescente' da RQS, e este relatório cobrirá o seu rápido crescimento e floração.

Foram semeadas quatro sementes Royal Auto em blocos 'Root riot' e colocados numa área de vegetação com 1 metro x 1 metro x 2.1/2 metros de altura, que tinha acabado de ter uma camada Mylar colocada nas paredes. As sementes ficaram sob uma lâmpada de halogeneto de metal de 400W, fixada a um refletor curvado de liga de alumínio, a uma distância de 24 polegadas. Durante os próximos 63 dias, esta será a sua casa (juntamente com vários clones que por ali passarão nos próximos dois meses).

O plano para o cultivo era o seguinte: três das plantas foram cultivadas numa base da B'Cuzz (kilomix), e uma seria cultivada num saco de cultivo de tomate 'barato' misturada com Perlita numa proporção de 70/30. Ao terceiro dia todas as plantinhas estavam germinadas, por isso coloquei-as nos seus substratos em vasos de 3,5 polegadas e reguei-as.

Nos dez dias seguintes tudo correu bem e coloquei as plantas bebé progressivamente mais próximas da lâmpada até que estivessem a 10-12 polegadas de distância. No dia 14 coloquei uma dose de 2ml de Nitrozyme (um acelerador de crescimento orgânico) em duas das plantas no mix B'Cuzz.

No dia 16 cortei o topo de uma das plantas (no mix B'Cuzz) e transplantei todas as quatro plantas para vasos de cinco polegadas. Também coloquei mais uma dose de 2ml de Nitrozyme na planta 'podada'. Não coloquei as plantas diretamente no vaso final de dez polegadas por causa do espaço reduzido da área de vegetação e da quantidade de outros clones presentes naquela área na altura.

Dia 22 e a planta 'podada' mostra as suas primeiras flores. Não tenho a certeza se foi por causa das duas doses de Nitrozyme, mas a outra planta que eu 'dosei' não estava a florescer, estava apenas a crescer em altura! A terceira, que não teve nada, era a mais bonita em termos de estrutura de crescimento, e a última que foi colocada no mix barato estava, honestamente, a evoluir mal.

Dia 25 e a planta mais alta começou a florescer. Dia 27 e a terceira e mais bonita planta começou a florescer. A que estava no mix barato permaneceu com quatro polegadas de altura, mas ainda muito viva.

Ao dia 30, a temperatura na sala ficou bastante alta. Quando chegamos perto dos 30 graus precisei de adicionar um ventilador de 12 polegadas aos dois que já estavam lá, e outro ventilador de 24 polegadas a soprar ar frio de outra sala. Isto resultou numa diminuição de 1 grau! Por isso movi a lâmpada da sala de vegetação seis polegadas acima, criando uma temperatura no topo das plantas de 27-28 graus. Muito melhor!

Por volta do dia 35, todas as quatro plantas estavam a florescer, duas delas (as que receberam Nitrozyme) estavam a florir muito bem, e a terceira estava um pouco mais lenta. A quarta planta no mix barato estava bizarra! Uma planta em miniatura a florescer, muito estranha! É neste período que as plantas começam a produzir um cheiro forte, especialmente com as luzes desligadas.

No dia 36 coloquei três das quatro plantas num mix fresco de B'Cuzz em vasos de 10 polegadas. Por volta do dia 38 o cheiro já estava a ser um problema. Elas fedem! Já tive plantas mal cheirosas antes, mas estas estão demais! Não tenho nenhum filtro na minha sala de vegetação porque nunca precisei antes. Embora algumas plantas possam produzir odor na vegetação, nunca foi um problema. Não é apenas o facto de eu ter 4 plantas bebé a florescer num local não indicado para cheiros de flor, o problema é que estas quatro plantas cheiram como se fossem 40!

Dia 43 e o cheiro está fora do controlo. As quatro plantas estão a progredir muito bem (embora uma delas seja apenas um broto de quatro polegadas num galho!). As folhas grandes nas plantas estavam a ficar com uma cor levemente amarela/verde, como seria de esperar no final da floração, o que não era o caso.

Como eu não tinha ideia de que regime de nutrição seguir com estas plantas, decidi que apenas as alimentaria quando demonstrassem sinais de deficiência e, como foi o caso, dei-lhes 10ml de Canna Terra Flores. Considero sempre que, se não conhecemos a planta que estamos a cultivar, o melhor é sermos cuidadosos e apenas usarmos doses maiores quando conhecermos melhor a planta/cepa.

Por volta do dia 47 o cheiro estava tão forte que podia ser sentido no jardim lá fora - merda! Todas as repartições da casa fedem, mas o cheiro é muito bom na verdade, um odor pesado de café, temperos, haxixe e skunk. Se vai cultivar esta cepa, não posso deixar de ressalvar a importância de ter um filtro de carvão ativado.

Dia 50 e as plantas florescem como loucas (incluindo a 'bonsai'). A produção de resina não estava muito grande no começo, mas agora parece estar a fluir também. E o cheiro está mais forte do que nunca. Dia 52 e as folhas de todas as plantas sugerem que eu deveria alimentá-las mais, mas neste período eu decidi colocar apenas água e não mais nutrientes.

Dia 54 e todas as plantas estão no estágio de 'engorda'. O 'rush' de flores das últimas semanas diminuiu, as bases individuais de flores estão a inchar e a resina a espalhar-se. O cheiro está no seu máximo. Posso dizer que nunca senti algo tão forte. Pergunto-me se a lâmpada de halogenato de metal pode estar a contribuir para o cheiro. Eu sei que diferentes gamas de cores são responsáveis por, entre outras coisas, produção de resina e também de cheiro. Seria interessante saber se elas teriam o mesmo cheiro sob uma lâmpada de sódio.

Dia 57 e todas as plantas estão a inchar. Os brotos mais baixos nas duas plantas (com Nitrozyme) estão a começar a ficar um pouco castanhos. Como esta é uma cepa nova para mim, ocasionalmente verifico as raízes das plantas. Parece que esta cepa 'auto' não produz grandes massas de raízes, pelo que me parece que os vasos de 10 polegadas são grandes o suficiente para acomodar estes bebés autoflorescentes!

Dia 60 e todas as quatro plantas parecem prontas. As folhas maiores (e algumas das menores) em todas as plantas ficaram com um tom amarelo/verde claro. Tirei a maioria. O cheiro das plantas agora já diminuiu (graças à Deus!)

Dia 63 e todas as plantas estão prontas para a colheita. Estão cobertas de 1/3 a 1/2 com 'cabelo' castanho, mas observando as glândulas de resina através de uma lente de 10x pude ver que muitas já se tinham tornado âmbar/leitosas.

A 'manicura' das plantas foi muito simples porque eu já tinha arrancado a maioria. Pendurei-as num armário escuro com um pequeno ventilador entre elas. Percebi que não demorariam muito para secar, pois estavam pesadas, duras e secas. Após 5 dias no armário coloquei-as num jarro (sem a tampa) e coloquei noutro armário seco, arejado e escuro. Após mais cinco dias estão prontas para serem fumadas.

À medida que a Royal Automatic seca, terá aquele cheiro super pungente, que diminuirá após cinco ou seis dias. Quando o broto está seco não cheira muito, até o abrir. Uau! O cheiro é um skunk com chocolate, especiarias e café. Quando tritura o broto, pode sentir o cheiro pela casa toda em minutos, mesmo antes de acender o charro! Quando finalmente acende a Royal Automatic, será instantaneamente tomado por uma massa de fumo azul e grossa, que cheira a charutos caros, misturados com Afghan Black, com aquele cheiro de café e especiarias.

O efeito é inicialmente pesado, dando lugar depois a um efeito mais sociável. Quanto mais fuma, mais 'socialmente mocado' se sente! Após alguns charros sentirá o 'síndrome do olho seco'. Geralmente, o efeito dura bastante e é euforizante na sua maioria. Não deixa a cabeça pesada de manhã, após uma noite de muito fumo.

A produção foi surpreendente, principalmente considerando que todo o processo demorou apenas 63 dias. A planta que produziu mais foi a mais alta. Não parecia a maior, mas tinha brotos densos com pouco mais de 21 gramas secos. A segunda foi a 'podada', rendendo pouco menos de 19 gramas, depois a planta de tamanho médio, com uma estrutura um pouco diferente, e que também rendeu um pouco mais do que 19 gramas. Quanto ao pequeno bonsai, rendeu umas magníficas 1,5 gramas! Assim, ignorando o bonsai, as três plantas renderam 59 gramas secas, em 63 dias. Não ocupam muito espaço, pelo que poderia colocar muitas plantas.

Resumindo: as automáticas valem a pena? Bem, elas parecem render brotos de qualidade de forma rápida, com boa produtividade (considerando o curto tempo de floração), pode obtê-las feminizadas, e estão sempre a surgir novas variedades. MAS, o cultivo com automáticas é limitado. Se tiver uma planta que seja, por exemplo, boa produtora, poderia regularmente tirar cortes (mesmo na floração), ou, após a colheita, trocar para 18/6 ou 24/0 e fazer a planta voltar ao ciclo vegetativo. Mas com as auto não. Assim que as planta, elas estão no seu ciclo auto.

Além disso, se, por exemplo, quisesse maior produtividade, iria querer deixar as suas plantas no estado vegetativo durante mais tempo. Isto não é possível com as automáticas, pois elas entrarão em floração independentemente do regime de iluminação. Por exemplo, se apenas possui um pequeno espaço para vegetação, com iluminação em 18/6 para depois trocar para 12/12 para floração, pode apenas cultivar variedades auto, pois o seu regime de iluminação deve permanecer num mínimo de 18/6. E qualquer variedade não auto permanecerá em vegetação (bom para plantas-mãe!).

Não estou a dizer que as autos são más. Longe disso! Quer dizer, apenas 60 dias desde a semente até à hora de fumar é incrível. E mesmo que use as lâmpadas no mínimo em 18/6 o tempo todo (ao invés de 12/12) o tamanho da planta nunca é enorme, pelo que podem caber em vários lugares, o que resulta em muitos brotos rapidamente. Tenho a certeza que cabem 16 vasos de 9 polegadas num espaço de 1 metro por 1 metro. Com uma lâmpada de 400 watts, deverão render um mínimo de 300 gramas (com base neste cultivo) a cada 60 dias! No passado eu aguardei mais de 90 dias para uma sala cheia de sativas terminar e render quase a mesma coisa!

Embora tenhamos menos controlo sobre o cultivo e os seus resultados, comparando as auto às variedades não auto, deve ser referido que, por vezes, o resultado com as não automáticas nem sempre é o que esperamos, enquanto que as auto (e especialmente a Royal Automatic) são duráveis, resistentes, cheirosas e fazem exatamente o que prometem.

Em relação ao regime nutricional para autos, parece que a Royal Automatic precisa de ser alimentada com um mix de floração desde o começo da floração (cerca de 21-22 dias no solo; talvez em meia dose para a primeira semana) e podem ser alimentadas semanalmente até ao dia 50.

Não tenho a certeza sobre os P/K Boosters; o cultivo passa tão rápido que não sei quando nem quanto adicionar. Pessoalmente, utilizaria um acelerador de crescimento o mais cedo possível, para maximizar o seu curto espaço vegetativo. Elas também precisam do máximo de luz nas primeiras semanas, para maximizar o curto período vegetativo, novamente. Quanto à eficácia de podar o topo, parece causar pouca diferença.

Portanto, se procura uma experiência de cultivo diferente, com resultado garantido (em menos de 1500 horas), a Royal Automatic (ou qualquer outra Auto da Royal Queen Seeds) é o ideal. A planta estará pronta num piscar de olhos!

Paz a todos!!

Steve & Sexy Dawn

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.