Não há muitas indicas, talvez com a exceção da lendária G-13, que tenham alcançado uma fama e reconhecimento tão difundidos quanto a Northern Lights. Considerada uma estirpe fundamental entre os cultivadores de canábis no interior e tendo deixado a sua marca em muitas das genéticas de canábis dos dias de hoje, a Northern Lights ainda é considerada amplamente popular entre os cultivadores e fumadores de canábis. Se gosta de canábis, o mais provável é já ter experimentado a Northern Lights ou uma das suas variantes.

Desde que a Northern Lights apareceu no cenário em meados dos anos 80, ela ganhou inúmeros prémios relativos à canábis, um pouco por todo o mundo. As suas qualidades fantásticas garantiram-lhe a reputação de ser uma das estirpes de canábis mais aclamadas de sempre. A genética da Northern Lights forneceu a base para muitas das estirpes de predominância indica mais populares dos dias de hoje, tais como a White Widow, Chronic, Haze, Special Kush, entre muitas outras. Analisemos atentamente esta famosa clássica indica e uma estirpe canábis verdadeiramente lendária.

A HISTÓRIA E AS ORIGENS DA NORTHERN LIGHTS

Tal como frequentemente se sucede quando analisamos a história de estirpes lendárias como a Northern Lights, as origens em concreto da estirpe estão envoltas em mistério. Diz-se que a estirpe foi originalmente produzida por alguém conhecido como "O Índio", algures numa ilha perto de Seattle, Washington, nos Estados Unidos. Alguns afirmam que a planta pode ter chegado ao misterioso índio da costa oeste, talvez da Califórnia ou do Oregon.

Diz-se que o “O Índio” cultivou 11 plantas, possivelmente de autóctones afegãs, as quais batizou de Northern Lights N.º 1–11. Ele comparou cuidadosamente as suas plantas quanto aos seus rendimentos, efeitos, entre outras qualidades. Esta comparação deixou-o com duas plantas que se destacaram devido aos seus brotos grandes, bons rendimentos e excelente produção de resina: as Northern Lights N.º 5 e N.º 1.

É possível que nunca ninguém tivesse conhecimento da Northern Lights se não fosse o "Rei da Canábis" e fundador do primeiro banco de sementes nos Países Baixos, Nevil Schoenmakers.

Segundo alguns relatos, foi ele quem descobriu a estirpe numa das suas viagens pelos EUA no início dos anos 80. Segundo reza a história, ele trouxe clones fêmea da planta para os Países Baixos, onde realizava experiência com genéticas de canábis de todo o mundo.

Em 1985, ele apresentou a primeira variedade da estirpe recém descoberta no seu banco de sementes “The Seed Bank of Holland”. A Northern Lights N.º 1, que este assinalou como uma pura indica natural afegã, voou das prateleiras e tornou-se rapidamente num êxito de vendas. Ele cruzou algumas das outras variedades da Northern Lights com uma sativa tailandesa, sendo esse também o motivo pelo qual muitas variedades Northern Lights dos dias de hoje são vendidas como cruzamentos entre indica afegã e sativa tailandesa.

Após inserir a Northern Lights no cenário, não foi preciso esperar muito tempo para que a estirpe começasse a acumular inúmeros prémios, um pouco por todo o mundo.

Northern Light

Northern Light
Northern Light S1
500 - 550 gr/m2
100 - 160 cm
8 - 9 Semanas
THC: 18%
Sativa 0% Indica 100%
575 - 625 gr/plant
180 - 220 cm
Final de Setembro
Equilibrada, Mocado, Translúcida

Compre a Northern Light

CULTIVAR UMA LENDA: PORQUE É QUE OS CULTIVADORES DE CANÁBIS ADORAM A NORTHERN LIGHTS

Northern Lights é considerada como sendo uma planta indica de referência para os cultivadores de canábis de interior, por muitos motivos. Eles adoram a planta porque esta é fácil de cultivar e conclui o seu período de floração em oito semanas. Cultivada num ambiente hidropónico, esta torna-se ainda mais rápida, com a espera a ser reduzida para sensivelmente seis semanas. Desta forma, os cultivadores podem confiar sempre em resultados de produção excelentes com esta estirpe.

A Northern Lights cresce numa planta convenientemente compacta e cerrada, com brotos que são firmes e fáceis de cortar, graças ao amplo espaço entre os nós. Alguns fenótipos da estirpe, tais como o fenótipo original NL #1, podem crescer num único caule, resultando numa planta esguia e pernalta, dando-lhe uma aparência de "erva num pau". Mas é mais comum a a estirpe surgir sob a forma de uma pequena árvore perene com um caule central grande que se encontra rodeado por quatro ou cinco ramos laterais, semelhantes à original Northern Lights #2.

Apesar dos brotos desta estirpe serem consideráveis e firmemente compactos, estes não são demasiado densos de forma que o bolor se transforme num problema. Isto faz com que a Northern Lights seja uma estirpe muito boa para cultivar também em condições húmidas. À medida que a planta amadurece os seus brotos verde-escuros, estes ficarão cobertos com uma camada espessa e cintilante de tricomas.

Quando adquire as sementes Northern Lights, da Royal Queen Seeds, todas as sementes são feminizadas. Desta forma, assegura que só cultiva fêmeas, o que facilita ainda mais o cultivo da estirpe.

Pode contar que a Northern Lights floresça durante sensivelmente 7–8 semanas antes de estar pronta para ser colhida. Dependendo de fatores como a temperatura, luz e nutrientes, isto pode demorar um pouco mais.

Devido à herança afegã da Northern Lights, não deve constituir uma surpresa o facto da planta adorar imenso sol. Ela tem uma boa resistência a climas secos e à seca, e também sai-se excecionalmente bem como uma planta de exterior sob condições mais duras. Plantada em bom solo, com muito pouca alimentação e água, ela pode atingir uma altura respeitável. Comparada com algumas outras estirpes, a Northern Lights é muito resistente e robusta, o que a torna fácil de cultivar em muitos ambientes diferentes.

Embora possa encontrar muitas variantes da Northern Lights nos dias de hoje, a planta atingirá habitualmente uma altura de 100–160 cm num cenário interior típico. Com esta altura conveniente, pode ferir facilmente a planta, ainda assim ela recompensá-lo-á com rendimentos excelentes. Em média, pode contar obter até 550 g/m². Plante as suas sementes no exterior e ela poderá atingir uma altura de 180–220 cm com rendimentos até 625 g/planta, prontas para serem colhidas no final de setembro.

Northern Light Indica

NORTHERN LIGHTS: EFEITO E PALADAR DUMA LENDA DA CANÁBIS

A Northern Lights não teria o seu estatuto de lendária caso não fosse a incrível experiência mental e corporal que proporciona, graças às suas verdadeiras raízes indica afegãs. Com 18% de THC, ela não é avassaladoramente forte, mas permanece suficientemente potente para relaxá-lo, da cabeça aos pés. O seu efeito não é apenas profundamente relaxante, esta também lhe proporciona uma boa onda de euforia, fazendo com que seja uma erva ótima para aliviar o stresse. Não é de admirar que ainda permaneça uma das favoritas entre os amantes indica em todo o mundo!

Além disso, o seu efeito equilibrado também pode fornecer bom potencial terapêutico para os utilizadores medicinais. A Northern Lights pode ajudar a aliviar a dor, a suavizar os músculos doridos e a oferecer alívio da insónia. Com o seu efeito relaxante e feliz, ela também é excelente para ajudar com a ansiedade e com outras perturbações de humor.

Fumar a Northern Lights não é apenas uma ótima experiência graças ao efeito indica soberbo da estirpe. O seu paladar é igualmente superior e não desapontará, inclusive os conhecedores de canábis mais mimados. Ela mistura paladares terrosos com notas de pinho e doçura deliciosa para proporcionar um paladar velha-guarda fantástico, que se tornou muito difícil de encontrar nos dias de hoje.

NORTHERN LIGHTS: UMA VERDADEIRA CLÁSSICA QUE AINDA HOJE É RECOMPENSADORA

Algumas estirpes de canábis são famosas, mas é necessário um pouco mais para tornar uma estirpe numa lenda como a Northern Lights. Aquilo que torna uma estirpe de canábis num verdadeiro clássico é a sua capacidade de ser igualmente impressionante quando aparece pela primeira vez como o é hoje. A Northern Lights já pode olhar para mais de três décadas de sucesso, ainda assim a estirpe continua a ser tão divertida e recompensadora como outrora.

VARIEDADE AUTOFLORESCENTE DA NORTHERN LIGHTS

Os produtores cruzaram com êxito a Northern Lights com uma variedade ruderalis robusta para dar vida à Northern Light Automatic — uma estirpe pequena que é fácil de cultivar. Ela ainda fornece rendimentos fantásticos e apresenta muitas das características impressionantes das suas predecessoras de renome mundial.

Além disso, a NLA apresenta um par de vantagens únicas por si só. A sua genética autoflorescente significa que floresce sem uma alteração do ciclo de luz. Ademais, esta é altamente resistente às temperaturas flutuantes, pragas e patógenos fúngicos — perfeito para iniciantes que procuram um gosto da Northern Lights, ou cultivadores experientes com vontade de usufruírem de uma colheita fácil.

A maioria das estirpes autoflorescentes não compete realmente com as suas homónimas fotoperiódicas quando falamos do rendimento. A Northern Light Automatic rema contra a maré aqui. Para um espécime pequeno, ela produz uma colheita bastante impressionante.

Northern Lights Auto

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.