O Guia de Cultivo da Canábis pela Royal Queen Seeds

By Luke Sumpter


Os caules quebrados, dobrados ou partidos são problemas de cultivo comuns, particularmente para os cultivadores iniciantes. Eles têm o potencial de colocar gravemente em perigo o seu cultivo e de limitar o seu rendimento final. No entanto, com cuidado e atenção, estes problemas podem ser resolvidos muito facilmente. Até os ramos que se partiram por completo da planta podem ser salvos utilizando alguns métodos simples.

O que faz com que os caules partam ou dobrem?

Os caules podem danificar-se por algo tão simples como deslocar as plantas sem grandes cuidados. Em particular, isto pode ser um problema com plantas que são mais rígidas e verticais. Além disso, danos provocados pelo vento ou pelo excesso de circulação de ar podem, igualmente, danificar os ramos e os caules.

Os caules e os ramos também podem partir-se ou dobrar-se devido à utilização de técnicas de cultivo como métodos de treino de baixo stresse e de alto stresse. As técnicas que dobram ou, de outra forma, stressam os ramos têm, inerentemente, o potencial de levar a complicações no caule. Mesmo se os ramos não partirem ou quebrarem por completo, o dano provocado por dobrá-los em demasia pode prejudicar o vigor e a produção da planta.

É importante tratar os caules quebrados, ou de outra forma danificados, rapidamente. As feridas abertas podem levar a infeções na planta, tal como nos humanos. Estes tipos de fraturas e feridas abertas, além de levar a um rendimento mais baixo, também têm o potencial de matar a planta.

¿Qué provoca los tallos rotos o doblados?

Um caule partido não significa apenas danos num componente estrutura da sua planta. Estes apêndices também alojam o sistema vascular que transporta a água e os nutrientes de um lugar para o outro. Tecidos complexos, designados xilema e floema compõem esta rede e distribuem estas substâncias vitais utilizando uma combinação de pressão radicular e puxão por transpiração.

Um caule partido de uma planta ainda pode curar-se? Sim! Se o caule de uma planta estiver dobrado ou partido, é importante emendá-lo o mais rapidamente possível para permitir que os nutrientes e a água continuem a fluir. Atrasar uma reparação cortará a extremidade partida da alimentação e reduzirá a probabilidade de ocorrer a cura.

Que tipo de danos acontecem tipicamente nos caules?

Os três tipos de danos mais comuns no caule são caules partidos ou divididos, caules dobrados ou vergados e caules separados.

  • Caules quebrados

Quando treina plantas rígidas, ou quando treina durante a fase de floração, as plantas correm um maior risco de apresentarem caules partidos. Caso deixe por tratar, os ramos destes caules deixarão de crescer. Estes caules podem ser facilmente fixados com o método da fita-cola ou com uma estrutura de suporte. As plantas têm um mecanismo de cura natural que também lhes permitirá sararem-se. No entanto, caso atue suficientemente rápido, pode nem sequer observar uma redução na produção da planta nestes ramos.

¿Qué tipo de daños suelen producirse en los tallos?
  • Caules dobrados/vergados

Este é o tipo mais comum de danos que ocorrem no caule. Quando os ramos são dobrados ou stressados em demasia devido a técnicas de treino, poderão ocorrer danos permanentes. Os caules dobrados ou vergados não conseguem suportar-se a si mesmos. As dobras ou vergas podem fazer com que seja mais difícil para os ramos receberem água e nutrientes da planta. Estes caules continuarão a crescer, mas a um ritmo mais lento do que o resto da planta. Isto não se deve apenas ao facto de estarem dobrados, mas também porque a sua dobra faz com que fiquem suspensos mais abaixo, bloqueando potencialmente a sua exposição à luz.

¿Qué tipo de daños suelen producirse en los tallos?
  • Caules separados

Os ramos que estão totalmente separados da planta podem ser um dos problemas mais stressantes com que terá de lidar. Felizmente, estes caules separados podem ser curados e emendados com as mesmas técnicas utilizadas para outros tipos de danos no caule. Eles requerem simplesmente mais cuidado e atenção do que os caules dobrados ou quebrados. No entanto, se o caule separado for pequeno, ou estiver localizado no fundo da planta, pode ser melhor colocá-lo simplesmente de lado e cortar nas suas perdas.

¿Qué tipo de daños suelen producirse en los tallos?

Como é que pode reparar caules quebrados ou separados?

O método mais comum para reparar caules quebrados é utilizar o método da fita-cola para ajudar a curar as plantas. O tipo de fita adesiva que utiliza dependerá da extensão do dano e do peso do ramo que tem de ser emendado.

Siga estes passos para reparar os seus caules quebrados:

  1. Prepare um bom pedaço de fita adesiva com cerca de 10 cm de comprimento (pode precisar de mais para caules/ramos maiores).
  2. Envolva a fita adesiva em torno do caule quebrado, certificando-se de que cobre na íntegra a sua base original.
  3. Assegure-se de que o caule e a sua base estão devidamente juntos para permitir a cura.
  4. Deixe ficar a fita adesiva entre 2 a 4 semanas.
  5. Verifique o progresso da cura todos os dias.

Dica: ao invés de utilizar a fita adesiva isoladamente, utilize uma tala para compensar a carga do ramo danificado. Cole um pedaço de madeira ou um lápis paralelo à fratura. Certifique-se de que envolve a fita adesiva em torno do local partido com a firmeza apropriada. Envolvê-la demasiado folgada levará a que as extremidades partidas se separem. Envolvê-lo com demasiada firmeza danificará ainda mais o tecido vegetativo. Quando se trata de remover a fita, faça-o com cuidado para evitar mais danos. Caso o tecido ainda não tenha curado, pode criar facilmente um rasgo caso seja muito forte.

¿Cómo puedes reparar los tallos rotos o desprendidos?

Como reparar caules dobrados

Também pode utilizar suportes externos para proteger o local da lesão da força da gravidade. Após colar a fratura, siga os passos abaixo para compensar o seu ramo partido.

  1. Selecione uma estrutura: há inúmeras estruturas à escolha, incluindo uma pequena treliça de plástico ou de metal ou simples paus de bambu inseridos no solo.
  2. Ate a sua planta: utilize cordas de jardim macias para atar gentilmente o ramo quebrado na estrutura de suporte. Aplique uma corda logo antes da fratura e outra logo após a fratura para suportar a lesão de ambos os lados.
  3. Acrescente um pouco de stresse: remova as cordas alguns dias antes de planear remover a fita. Ao dar à sua planta algum tempo para adaptar-se à força da gravidade irá preparar os tecidos quebrados para o impacto inicial.
Cómo arreglar los tallos doblados

Porque não aproveita esta oportunidade para treinar e voltar a moldar a sua planta enquanto cura? Utilizando os clipes de dobra da Royal Queen Seeds não só reforçará a fratura, como também ajudá-lo-á a alcançar uma melhor forma. Antes de avançar, não recomendamos que dobre os caules nas plantas que estão a florescer. Pode safar-se com isso durante as primeiras duas semanas de floração, mas após este ponto, é melhor não perturbar ainda mais o processo de floração.

  1. Aplique o clipe de treino e dobre a sua planta na direção pretendida.
  2. Reforce o clipe de treino com fita adesiva para mantê-lo seguro e para suportar a fratura.
  3. Remova a fita adesiva decorridas 2 a 4 semanas e deixe ficar o clipe.

Mantenha os nutrientes a fluir

Agora, mais do que nunca, as suas plantas precisam de nutrientes. A maioria dos minerais no fertilizante que escolheu desempenham um papel importante na fotossíntese, nas reações enzimáticas e no desenvolvimento de proteína. Permaneça atento à sua agenda de alimentação normal durante este período. Também recomendamos que trata a sua planta com um fertilizante natural que decomporá lentamente durante o período de cura. Adube a superfície com vermicomposto e guano de morcego ou regue as raízes com chá de composto rico em micróbios.

Como é que pode proteger as suas plantas de danos no caule?

A principal forma de proteger as suas plantas de danos no caule é ser cuidadoso quando as manuseia, particularmente quando desloca as suas plantas ou quanto utiliza técnicas de treino que stressam os caules ou ramos. Quando treina as suas plantas e dobra os seus ramos, tenha cuidado para não exceder-se. As plantas com caules e estruturas rígidas são particularmente suscetíveis a danos. Embora possa ser facilmente resolvido, é melhor ter o cuidado para evitar um problema em primeiro lugar.

É aconselhável tomar as precauções devidas para proteger as suas plantas do vento excessivo e de fluxos de ar prejudiciais. O ar em movimento pode fornecer inúmeros benefícios às plantas de canábis, incluindo tornar os caules mais fortes. No entanto, demasiado pode provocar danos estruturais significativos, afetando a saúde e o rendimento. Com ventos suficientemente fortes, as plantas podem partir-se ou ser totalmente arrancadas.

É simples e barato reforçar e proteger as plantas contra o vento. Habitualmente, não se aconselha a colocar um suporte demasiado rígido na canábis, dado que isto impedirá por completo o movimento. É muito melhor manter as suas plantas junto a alguma forma de para-vento. As filas de sebes ou de árvores podem agir como defesas naturais. Entretanto, as vedações e paredes podem atuar como barreiras feitas pelo homem. As esteiras de bambu, panos de sombra e películas de plástico também podem servir como para-ventos adequados. Alguns cultivadores também preferem utilizar vedações em rede que rodeiam as plantas. Estas vedações podem, posteriormente, ser dispostas com o pano ou plástico para assegurar que atuam como barreiras eficazes.

As treliças protegerão as suas plantas contra o clima adverso e contra os derrubes ocasionais que partem tipicamente os ramos de canábis. As treliças cilíndricas, tais como as jaulas para tomates, funcionam lindamente tanto em recipientes como em canteiros, oferecendo um suporte lateral resistente.

O ScrOG utiliza treliças horizontais. Embora o principal objetivo da técnica seja moldar as plantas, a tela também oferece suporte estrutural. Além de ajudar a prevenir as fraturas, as treliças ainda permitem a adequada circulação do ar, o que ajuda a proteger os patógenos fúngicos.

Treino de alto stresse (HST): danos intencionais no caule

As técnicas de treino de alto stresse (HST), na realidade, exigem danos intencionais nos caules da canábis. Embora este conceito possa deixá-lo chocado, estas técnicas são eficazes e aumentam os rendimentos. Consulte-as abaixo:

Super colheita Esta técnica envolve cortar ligeiramente os caules, quebrando a sua vascularidade interna e tirando partido da sua flexibilidade pós lesão para alterar a sua direção de crescimento. Parece brutal, mas permite que os cultivadores moldem a forma das coberturas conforme considerarem adequado./td>
Divisão dos caules Usar uma faca afiada nos ramos da sua canábis parece-se a uma ideia terrível, mas muitos cultivadores reportam melhores resultados após cortarem verticalmente o caule principal.
Topping/
fimming
Ambas as técnicas envolvem cortar (algumas ou todas) as pontas de crescimento principais para produzir coberturas mais uniformes e aumentar os locais de formação dos brotos.
  • E então o LST?

O treino de baixo stresse pressupõe uma abordagem mais meiga. Ao invés de cortar, de beliscar e de recortar, o LST envolve divergir gentilmente o crescimento dos ramos utilizando cordas macias e clipes para plantas. O resultado final? Mais crescimento lateral, melhor estrutura da cobertura e distribuição mais uniforme da luz.

Caules de canábis: ignorados, mas anatomicamente vitais

Embora bajulemos os brotos grandes e as suculentas folhas lança, quando se trata dos caules, temo-los como adquiridos. Até que estes se partem! Estes apêndices verdes resistentes fornecem estrutura às plantas, mas também albergam os complexos tecidos vasculares que transportam os nutrientes e a água pelas nossas culturas. Ao utilizar uma miríade de técnicas de treino, pode assumir o controlo dos seus caules, moldá-los a seu gosto e desfrutar de rendimentos maiores e mais recompensadores.

Tem 18 anos ou mais?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Localizador de Guias de Cultivo

eKomi silver seal
4.7 de 5
com base em 37804 avaliações