Cannabis Grow guide by Royal Queen Seeds

By Luke Sumpter


Por vezes, as coisas nem sempre correm conforme planeado quando cultiva canábis. Quer esteja a cultivar no interior de uma tenda ou no exterior, no seu jardim, muitos problemas podem e aparecem, de facto.

O rabo de raposa é um desses problemas — frequentemente, esta complicação comprova ser frustrante e irritante. Após cultivar as suas plantas a desde plântulas para espécimes grandes e madures, vê-las a sofrer é algo que realmente chateia.

Felizmente, o rabo de raposa raramente provoca fatalidades na planta. Este serve principalmente apenas como um sinal de que as suas plantas em floração estão a passar por níveis elevados de stresse. Caso o apanhe o suficientemente cedo e identifique a causa, muito provavelmente conseguirá resolvê-lo.

O que é o rabo de raposa na erva?

O rabo de raposa descreve uma condição onde as flores de canábis assumem uma forma estranha e irregular. Tal como o nome sugere, esta aparência franzida e alongada parece-se imenso como a cauda de uma raposa.

Em circunstâncias normais, as flores de canábis aparentam ser densas, redondas e firmes. Algumas crescem altas e estreitas, consoante a sua genética, mas ainda assim apresentam uma aparência compacta e espessa.

Contrastando, as flores de erva com rabo de raposa parecem extremamente delgadas e altas. Elas possuem conjuntos de folhas longas e açucaradas desengonçadas que lhes dão um visual denso — muito ao género do pelo da cauda de uma raposa.

Constatar que os seus brotos em floração começam a produzir flores com rabo de raposa acarreta, frequentemente, desilusão. Afinal de contas, estes brotos são menos densos e, por conseguinte, provavelmente oferecem menos rendimento.

Assim sendo, o que pode fazer para prevenir a erva com rabo de raposa? E será que pode revertê-lo quando assenta?

What Is Foxtailing Weed?

Motivo para o rabo de raposa na canábis

Para prevenir que os seus brotos formem o rabo de raposa, precisa de saber exatamente o que espoleta este processo estranho. O principal fator responsável pelo rabo de raposa passa pelo stresse, tanto acima como abaixo do nível do solo.

Coisas estranhas acontecem quando as plantas de canábis têm de lidar com demasiado stresse. Elas podem, inclusive, começar a expressar genitais incorretos nos cálices! Embora o stresse faça com que as plantas desenvolvam, acidentalmente, o rabo de raposa, algumas estirpes são cultivadas para produzirem intencionalmente estas estruturas. Alguns cultivadores gostam desta característica e compram propositadamente sementes que aumentam a probabilidade de alcançar este fim.

  • Stresse devido à luz

Sem luz, as plantas de canábis nem sequer cresceriam. Elas dependem da luz mais do que praticamente tudo o resto. Esta permite que criem a energia que precisam para sobreviverem. Contudo, a luz pode agir como uma espada de dois gumes. Caso as suas luzes sejam demasiado intensas, se encontrem demasiado perto dos seus brotos ou produzam demasiado calor, elas podem levar ao surgimento do rabo de raposa.

As suas plantas começarão a desenvolver sintomas às mãos desta fonte de stresse ambiental. Reparará que as folhas superiores e que os brotos começam a ficar tingidos de branco devido às luzes.

As folhas amarelecidas também podem servir como um indicativo do stresse devido à luz. Ao contrário das folhas amarelas provocadas pela deficiência d azoto, estas folhas permanecerão relativamente fortes e raramente murcham da mesma forma. Estas alterações de cor exibem os primeiros sinais de stresse devido à luz. Eventualmente, caso a mistura ambiente e genética faça com que seja possível, os seus brotos podem começar a desenvolver o rabo de raposa.

  • Calor excessivo

O calor excessivo também pode causar dissabores nas plantas de canábis. A erva prefere uma temperatura quente consistentemente durante o ciclo de cultivo. Se as temperaturas subirem em demasia ou mergulharem em demasia, o crescimento pode sair prejudicado e os rendimentos sofrerão. As plantas de canábis preferem um intervalo de temperatura ligeiramente diferente durante as diferentes fases do ciclo de cultivo. Consulte este resumido guia:

  • Fase plântula: 20-25 °C
  • Fase vegetativa: 22-28 °C
  • Fase de floração: 20-26 °C

Se a temperatura da sua divisão de cultivo, estufa ou jardim exceder estas temperaturas por um período de tempo prolongado, pode começar a constatar a aparição de flores com rabo de raposa.

As luzes não são a única fonte de calor numa divisão de cultivo. As vagas de calor podem provocar grandes picos no interior e aumentar a temperatura do ar, o que também pode ter um efeito prejudicial e stressante nas suas plantas. As estufas também são concebidas para aprisionar o calor. Ficará a saber como dispersar todo este ar quente na secção das soluções abaixo.

changeimage
  • Saúde na zona das raízes

Só podemos observar a saúde das suas plantas acima do solo. Contudo, há muito que se passa logo abaixo da superfície. Fatores como o pH e o bem-estar microbial podem ter um impacto no sistema de raízes.

Se algum destes fatores começar a ficar descontrolado, as plantas de canábis começarão a sentir o stresse a aumentar. Se as coisas atingirem um determinado ponto, pode constatar flores com rabo de raposa, mesmo que tenha tudo controlado acima do solo. Consulte as principais fontes de stresse na zona da raiz abaixo.

- pH

Quando se trata do pH, as plantas de canábis adoram meios de cultivo ligeiramente ácidos. Idealmente, mantenha o seu solo com um pH entre 6,0 e 7,0. As raízes da canábis conseguem ingerir os nutrientes com maior êxito dentro deste intervalo.

As ligeiras flutuações são aceitáveis, mas se os níveis variarem em demasia no sentido errado por demasiado tempo, as raízes deixarão de ingerir nutrientes e ocorrerá o "bloqueio". Isto pode fazer com que as plantas stressem e, possivelmente, comecem a desenvolver o rabo de raposa.

- Maus micróbios

À vista desarmada, o solo parece-se com uma substância inerte castanha. Contudo, quando colocamos um pedaço de solo sob um microscópio, torna-se rapidamente visível que milhões de micróbios apelidam este meio de cultivo de casa.

Algumas destas formas de vida, incluindo espécies de bactérias e de fungos, formam uma relação simbiótica com as raízes de canábis e ajudam-nas a ingerir os nutrientes. No entanto, outras são hostis e podem provocar o caos.

Algumas criaturas, tais como os nematodes parasíticos, adoram mastigar as raízes e devorar o seu conteúdo. A sua alimentação desenfreada por levar as folhas a amarelecer e a apodrecer. Este nível de stresse também pode fazer com que as flores de erva desenvolvam o rabo de raposa. Descobrirá formas chave de manter o seu solo saudável em termos microbiológicos mais adiante neste artigo.

  • Genética

Os produtores de canábis criaram milhares de cultivares. Através do processo de cruzamento seletivo, eles criaram plantas com centenas de sabores, tamanhos, formas, aromas e efeitos diferentes.

Alguns produtores criaram, intencionalmente, estirpes que são propícias ao desenvolvimento do rabo de raposa. Porquê? Porque estão a atender uma procura que existe. Alguns cultivadores adoram esta característica rara e gostam de cultivar flores com um aspeto peculiar e engraçado como se fossem algo diferente.

Caso opte, acidentalmente, por uma estirpe concebida para desenvolver o rabo de raposa, não conseguirá fazer muito quanto à inevitável expressão desta característica. O melhor a fazer? Colher as flores, fumá-las e selecionar uma outra estirpe da próxima vez.

O rabo de raposa é mau?

Sim e não. Estamos conscientes de que esta resposta não satisfaz particularmente, mas isto depende realmente da perspetiva do cultivador. Caso pretenda cultivar flores de erva com rabo de raposa pela sua estética a partir de uma estirpe criada para o fornecer, o rabo de raposa é algo de bom. Caso pretenda cultivar brotos de canábis redondos, densos e normais, isto é algo mau.

Mas não se preocupe, elas ainda contêm imensos canabinoides e terpenos. Embora possuam menos peso e fitoquímicos do que as flores normais, ainda pode tirar o máximo partido da sua situação. De seguida, aplique as lições abaixo para alcançar uma colheita normal no futuro.

Como reparar os brotos com rabo de raposa

Então os seus brotos desenvolveram o rabo de raposa? Bem, talvez o consiga resolver. Depende realmente do ponto em que se encontra na fase de floração.

Se estiver no início do processo, com muitas flores mais pequenas ainda por florescer, pode reduzir os níveis de stresse e aumentar as probabilidades de se formarem como deve ser.

Ajustar a iluminação regularmente
Mantenha as suas luzes a deslocarem-se! Após suspender as luzes no seu espaço de cultivo, não se limite a deixá-las penduradas. Precisa de elevar as suas luzes à medida que a sua cobertura continua a crescer. Tente manter um espaço de cerca de 25 cm entre a sua fonte de iluminação e o topo das suas plantas. Esta distância pode variar consoante o calor que as suas luzes imitem. Caso comece a observar quaisquer sinais de branqueamento, eleve as suas luzes até que os sintomas cessem.
Aumente a circulação do ar

As tendas de cultivo, politúneis e estufas podem ficar quentes extremamente rápido aquando das subidas acentuadas na temperatura durante o verão. Precisa de permanecer preparado para lidar com estas alterações.

Em primeiro lugar, coloque um higrómetro no seu espaço de cultivo. Este útil aparelho digital ajudará a acompanhar e a observar a temperatura no seu ambiente de cultivo. Quando constatar a subida de calor acima dos níveis recomendados acima, prepare-se para por as ventoinhas a funcionar, para ajudar a dissipar o ar quente.

As ventoinhas funcionam extremamente bem nas tendas de cultivo e nas estufas. Também é útil adquirir uma estufa com uma porta ou com janelas para evitar que as suas plantas formem o rabo de raposa durante o clima intenso.

Caso esteja a cultivar no exterior, pode proteger as suas plantas do calor extremo utilizando um pano como sombra.

Monitorize o pH
Deve monitorizar rotineiramente o pH do seu solo para prevenir a ocorrência do bloqueio de nutrientes. Utilize um testador de pH cerca de uma vez por semana para certificar-se de que está tudo no caminho certo. Pode utilizar produtos para aumentar e diminuir o pH, para que este se situe entre os valores recomendados de 6,0 a 7,0.
Equilíbrio microbiano
Caso detete os sintomas de uma invasão nematode, pode recrutar bons micróbios para ajudar a combater estas pragas minúsculas. Recomendamos que acrescente fungos micorrizais e rizobactéria às suas misturas para vasos no início do seu ciclo de cultivo. Caso constante sintomas de uma cruzada nematode a ocorrer, pode acrescentar estes suplementos vivos à água e fornecê-los como irrigadores do solo.

Quando colher os brotos com rabo de raposa

Caso as flores da sua erva desenvolvam o rabo de raposa, ainda pode utilizá-las! Caso não reverta o processo ou o apanhe demasiado tarde, ainda pode desfrutar dos seus sabores e efeitos.

Primeiro, reduza a fonte de stresse o máximo possível para ajudá-las a manterem alguma qualidade. Reposicione a sua luz, acompanhe o pH e os micróbios e alcance os valores recomendados.

Não se esqueça de lavar as suas plantas de canábis cerca de duas semanas antes da colheita, bem como de removê-las assim que os seus tricomas passam de translúcidos para nebulosos.

TEM 18 ANOS OU MAIS?

Os conteúdos da RoyalQueenSeeds.com são aconselháveis apenas para adultos e reservados a pessoas com idade legal.

Certifique-se que conhece as leis do seu país.

Ao clicar ENTRAR, confirma
que tem
18 anos ou mais.

Localizador de Guias de Cultivo

eKomi silver seal
4.7 de 5
com base em 36328 avaliações